Jó, Satanás e Deus

Jó, Satanás e Deus

Texto: Jó 1:6-12, Jó 2:1-7

I. Introdução

A. Jó é um dos livros mais pesados ​​da Bíblia, comparável a Lamentações e Apocalipse. E esta pode ser a série de sermões mais pesada que eu já preguei.

1. Não estamos lidando com ninharias aqui, meus queridos amigos em Cristo.

2. Mas hoje em dia, quando muitas pregações parecem mais uma canção de ninar, nunca houve um momento melhor para parar e ouvir a palavra de Deus no livro de Jó.

B. Jó: Justo e Rico

C. Jó 1:6-12 “Havia um homem na terra de Uz, cujo nome era Jó. Era homem íntegro e reto, que temia a Deus e se desviava do mal. Nasceram-lhe sete filhos e três filhas. Possuía ele sete mil ovelhas, três mil camelos, quinhentas juntas de bois e quinhentas jumentas, tendo também muitíssima gente ao seu serviço; de modo que este homem era o maior de todos os do Oriente. Iam seus filhos à casa uns dos outros e faziam banquetes cada um por sua vez; e mandavam convidar as suas três irmãs para comerem e beberem com eles. E sucedia que, tendo decorrido o turno de dias de seus banquetes, enviava Jó e os santificava; e, levantando-se de madrugada, oferecia holocaustos segundo o número de todos eles; pois dizia Jó: Talvez meus filhos tenham pecado, e blasfemado de Deus no seu coração. Assim o fazia Jó continuamente. Ora, chegado o dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o Senhor, veio também Satanás entre eles. O Senhor perguntou a Satanás: Donde vens? E Satanás respondeu ao Senhor, dizendo: De rodear a terra, e de passear por ela. Disse o Senhor a Satanás: Notaste porventura o meu servo Jó, que ninguém há na terra semelhante a ele, homem íntegro e reto, que teme a Deus e se desvia do mal? Então respondeu Satanás ao Senhor, e disse: Porventura Jó teme a Deus debalde? Não o tens protegido de todo lado a ele, a sua casa e a tudo quanto tem? Tens abençoado a obra de suas mãos, e os seus bens se multiplicam na terra. Mas estende agora a tua mão, e toca-lhe em tudo quanto tem, e ele blasfemará de ti na tua face! Ao que disse o Senhor a Satanás: Eis que tudo o que ele tem está no teu poder; somente contra ele não estendas a tua mão. E Satanás saiu da presença do Senhor”

1. A catástrofe cai sobre Jó de um dia para o outro. Em incidentes separados, seus animais são todos mortos ou roubados, e a casa desaba, matando todos os seus filhos. Jó 1:13-19

2. Jó caiu no chão e adorou: “Nu saí do ventre de minha mãe, e nu tornarei para lá. O Senhor deu, e o Senhor tirou; bendito seja o nome do Senhor”. (1:20-21)

D. Jó 2:1-7 “Chegou outra vez o dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o Senhor; e veio também Satanás entre eles apresentar-se perante o Senhor. Então o Senhor perguntou a Satanás: Donde vens? Respondeu Satanás ao Senhor, dizendo: De rodear a terra, e de passear por ela. Disse o Senhor a Satanás: Notaste porventura o meu servo Jó, que ninguém há na terra semelhante a ele, homem íntegro e reto, que teme a Deus e se desvia do mal? Ele ainda retém a sua integridade, embora me incitasses contra ele, para o consumir sem causa. Então Satanás respondeu ao Senhor: Pele por pele! Tudo quanto o homem tem dará pela sua vida. Estende agora a mão, e toca-lhe nos ossos e na carne, e ele blasfemará de ti na tua face! Disse, pois, o Senhor a Satanás: Eis que ele está no teu poder; somente poupa-lhe a vida. Saiu, pois, Satanás da presença do Senhor, e feriu Jó de úlceras malignas, desde a planta do pé até o alto da cabeça”

II. Então, hoje nos concentramos no papel de Satanás na história e no papel de Deus. E há muitas lições importantes para aprendermos neste aspecto da história de Jó:

A. Vemos que os acordos estão sendo realizados no céu. Deus tem propósitos, coisas que Ele está fazendo. E inclui tempestades, algumas das quais até envolvem Satanás. E as pessoas na terra não sabem nada disso.

1. Jó estava à beira de uma catástrofe pior do que se poderia imaginar. Muitos outros também estão.

2. Como é fácil ser enganado pela aparência das coisas, ser embalado por uma falsa sensação de segurança.

3. Vemos na história de Jó que Deus ainda dá permissão a Satanás para causar estragos nas pessoas. E isso é preocupante, não é? Às vezes, Deus pode dar permissão a Satanás para nos afligir.

4. E você e eu podemos não ter um momento de antecipação ou explicação.

5. Deus não é o único que não podemos ver. Mesmo antes da destruição que ele causa, é significativo que Satanás esteja rondando como um leão, procurando a quem possa devorar (1 Pedro 5:8).

6. Então, o que devemos fazer? Há uma série de passagens na Bíblia que nos dão instruções específicas sobre estar nesta situação: 1 Pedro 5:6-11; Efésios 6:10-18.

7. E Jesus nos diz o que fazer em Mateus 7:24-27. O sábio edificará sua casa sobre a rocha antes que venha a tempestade, assim sua casa resistirá à tempestade, porque se construirmos nossas casas sobre a areia, quando a chuva cair, e as enchentes virem, e os ventos soprarem e baterem aquela casa, ela cairá, e grande será a sua queda.

8. De vez em quando ouvimos relatos de quem não levou o perigo a sério e acabou se arrependendo da falta de preparo, mas era tarde demais.

B. Mas e se você estiver sendo atacado agora mesmo? E se a tempestade já estiver aqui?

1. Bem, Jó não tinha o livro de Jó, mas nós temos! E que grande ajuda e esperança dá!

2. Ensina-nos que nossos problemas estão todos nas mãos de Deus.

3. Ensina-nos que Deus sabe o que podemos suportar e exatamente o que precisamos.

4. Ela nos ensina que Deus pode estalar os dedos e acabar com nossos problemas em um segundo.

5. Ensina-nos que estaremos melhor por causa das dificuldades.

6. Ensina-nos que o Senhor disciplina aqueles a quem Ele ama – mesmo que não pareça ou não faça sentido. Ele só nos dá o que é bom para nós, de acordo com Sua perfeita sabedoria/conhecimento.

7. Nos ensina que não vai durar um minuto a mais do que Ele sabe que é melhor.

8. Não se desespere! Corra para Cristo, e apegue-se a Ele! E seja paciente na esperança.

9. É a graça de Deus que o sustenta.

C. Seríamos sábios em pensar sobre a afirmação de Satanás: “Jó tem vivido o sonho – é por isso que Ele te adora. Deixe-o viver um pesadelo e ele te amaldiçoará”

1. Não era verdade para Jó, mas é verdade para muitos outros.

2. E, portanto, é uma boa pergunta para cada um de nós se perguntar: Adoramos o Senhor porque estamos vivendo o sonho? Se tudo for tirado, ficaremos firmes na Rocha?

3. Tantas pessoas – quando elas contam suas histórias, você descobre que elas costumavam ser cristãs, mas então algo muito difícil aconteceu com elas (uma experiência na igreja, a morte de um ente querido, etc.) isto. Infelizmente, até mesmo algumas pessoas de nossa igreja têm isso em sua história.

4. Só porque você está aqui não significa que você sempre estará entre o povo de Deus. Davi sabia que habitaria na casa do Senhor todos os dias de sua vida (Salmo 23:6) porque ele realmente conhecia o Senhor. Mas há outros que habitam na casa do Senhor apenas temporariamente.

5. 1 João 2:19 “Saíram dentre nós, mas não eram dos nossos; porque, se fossem dos nossos, teriam permanecido conosco; mas todos eles saíram para que se manifestasse que não são dos nossos”

6. Eventualmente, como Judas, eles vão embora. Eventualmente, eles voltam a ser quem realmente são.

7. 2 Pedro 2:22 O que diz o verdadeiro provérbio aconteceu com eles: “O cão volta ao seu próprio vômito, e a porca, depois de se lavar, volta a chafurdar na lama”.

8. Não importa o quanto um porco seja lavado, ainda é um porco. Não é uma ovelha. Que Deus faça de todos nós ovelhas.

D. Mas há uma desvantagem em ser uma ovelha. A ira de Satanás é despertada contra aqueles que são ovelhas.

1. Satanás quer ter um monopólio. E ele fica muito bravo quando um de seus porcos se transforma em ovelha. O homem forte odeia quando o homem muito mais forte o amarra e saqueia sua casa (Mateus 12:29), que é exatamente o que Cristo fez e está fazendo.

2. Você pode dizer que Satanás estava realmente incomodado com Jó. Satanás é astuto, e acho que era mais do que apenas Jó.

3. Satanás sabia que ao derrubar Jó, ele estaria derrubando muitos outros também.

4. Vimos na semana passada que as pessoas admiravam Jó, derivavam força de Jó. Sua vida os apontou para Deus.

5. Não é por acaso que esta é uma história sobre a tentativa de Satanás de derrubar um homem tão justo como Jó. Ele adora derrubar aqueles que são vistos como exemplos espirituais.

6. Vemos isso o tempo todo. Toda vez que isso acontece, tem um efeito cascata.

E. Mas que grande impacto ocorre quando uma pessoa sofre, mas se apega a Deus e não se afasta!

1. Nosso sofrimento pode ter um efeito enorme sobre os outros se continuarmos a olhar para Deus e confiar nele.

2. Enquanto Jesus estava sendo crucificado, Ele não ficou amargurado, Ele não revidou. Ele aceitou a aflição com amor, com graça. E qual foi o resultado?

a. O centurião que estava supervisionando a crucificação – e outros com ele – passaram a crer: Marcos 15:39, Mateus 27:54, Lucas 23:48.

b. Eles não testemunharam uma intervenção milagrosa. Eles acabaram de testemunhar um homem morrendo em agonia. Mas a maneira como aquele homem enfrentou Sua agonia os convenceu da verdade.

3. No final da história de Jó, em Jó 42:11, nos é dito que “todos os seus irmãos e irmãs e todos os que o conheceram antes, e comeram pão com ele em sua casa, vieram e mostraram-lhe simpatia e consolaram ele por todo o mal que o Senhor lhe trouxera. E cada um deles lhe deu uma moeda e um anel de ouro”.

a. É difícil imaginar que a coisa toda não teve um impacto profundo em muitos outros, para não falar daqueles que leram o livro de Jó ao longo dos tempos.

III. Mas há uma dificuldade teológica aqui também. Para alguns, há um aspecto preocupante dessa cena.

A. Em primeiro lugar, pode parecer estranho encontrar Satanás convidado para esta reunião de seres celestiais ao redor do Senhor: “Chegou outra vez o dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o Senhor; e veio também Satanás entre eles apresentar-se perante o Senhor”.

1. Como Deus poderia tolerar Satanás em Sua presença? Por que Ele simplesmente não o matou?

B. Em segundo lugar, parece que Deus está negociando com Satanás, até mesmo dando a ele os privilégios que ele pede.

1. Quase faz parecer que Deus e Satanás estão no mesmo time.

C. Como podemos explicar essas coisas para nós mesmos e para aqueles que procuram munição para usar contra a Bíblia e seu Deus? Como sempre, a maneira de entender a Bíblia é pela Bíblia. Deus nos deu um livro inteiro, não apenas pedaços individuais dele. Quando uma parte dela não faz sentido para nós, procuramos ajuda de outros lugares para nos guiar na interpretação/compreensão adequada.

D. Então, a primeira coisa a dizer é que Jó não é o único lugar na Bíblia onde encontramos o tribunal/sala do trono de Deus, onde Deus está em Seu trono, cercado por seres celestiais. Além de Jó, encontramos em Isaías 6; Ezequiel 1-3; Daniel 7; Zacarias 3; e praticamente todo o livro do Apocalipse.

1. É o conceito da corte de um rei, onde ele se cerca de seus conselheiros e oficiais.

2. No Brasil, nosso governo é conscientemente não monárquico. Não temos um rei e não queremos um rei. Nosso presidente é o primeiro entre iguais, não aquele que faz as leis ou aquele que julga os casos. Portanto, entender o conceito de uma corte real não é tão fácil para nós quanto para outros.

3. Mas mesmo que nossa política não seja monárquica, nossa teologia é monárquica. Deus é nosso rei. Ele é sublime e exaltado, sentado em Seu trono. Ele é Aquele que governa sobre tudo; Ele é quem dá as ordens; Ele é Aquele que faz julgamentos.

4. O tribunal sagrado de Deus é a sala de controle do universo. É onde as ordens e os julgamentos são proferidos.

E. Agora, em várias dessas cenas, encontramos personagens malignos bem ali na presença de Deus:

1. O Apocalipse está cheio deles.

2. Daniel 7 tem quatro bestas malignas.

3. Zacarias 3 na verdade tem o próprio Satanás na corte de Deus com os dois interagindo um com o outro.

F. Mas a visão do tribunal que tem mais semelhanças com a que vemos aqui em Jó é a visão do profeta Micaías em 1 Reis 22:19-23.

1. Aqui, como no livro de Jó, temos um espírito maligno não apenas no círculo da presença de Deus, não apenas interagindo com Deus, mas fazendo planos e arranjos juntos, quase como se estivessem no mesmo time.

2. As pessoas podem estar mais familiarizadas com a história de Jó, mas o fato é que o que encontramos aqui em Jó não é único nas Escrituras. Agora vamos tentar descobrir e explicar para nós mesmos.

G. Então, isso é algo que a Bíblia não tem vergonha. Ele coloca lá de novo e de novo. Esta parte de Jó não diz algo para se envergonhar. Diz algo para comemorar; diz algo glorioso; diz algo reconfortante; em última análise, diz algo triunfante.

1. Sim, temos um inimigo; sim, ele é poderoso, muito mais poderoso do que nós, muito mais inteligente, muito mais esperto; sim, ele é vicioso, o epítome do mal, que quer nos consumir.

2. Mas este diabo ainda é contido pelo Senhor.

3. Satanás não pode simplesmente fazer o que quiser. Ele tem que pedir a permissão de Deus.

a. Satanás quer fazer o mal, mas há uma restrição diante da qual ele deve se curvar.

b. Mais tarde em Jó, Deus disse a Jó que no início, quando Ele estava criando o mar, Ele prescreveu limites para ele dizendo: “Até aqui você virá, e não mais adiante”. (Jó 38:8-11). E é assim que Deus prescreveu limites também para Satanás, dizendo: “Até aqui você virá, e não mais adiante”.

c. Ele é uma fera cruel, mas Deus o tem na coleira!

4. Agora, por que Deus daria permissão a Satanás para fazer algo?

a. Bem, há coisas que Deus quer que aconteçam que Ele mesmo nunca fará, como Seu Filho sendo tentado a pecar para que Sua justiça perfeita possa ser provada, ou como Seu Filho sendo crucificado para a salvação do mundo, ou como Jó sendo testado para provar que sua fidelidade ao Senhor não era apenas resultado de sua vida rica e próspera.

b. Os demônios desejam fazer o mal e, portanto, são eles que Deus tem para fazer o trabalho sujo que às vezes precisa ser feito.

5. Você vê, assim como José disse a seus irmãos: “Vocês fizeram isso para o mal, mas Deus o fez para o bem”. (Gênesis 50:20) Os irmãos estavam tentando fazer algo mal, mas Deus permitiu que eles o fizessem porque Ele tinha um bom propósito para sua ação maligna. Da mesma forma, há coisas que Satanás significa para o mal que Deus significa para o bem.

6. Isso significa que, embora não o desejem ou pretendam, os demônios, em última instância, estão servindo a Deus. O diabo, disse Martinho Lutero, é o diabo de Deus.

H. Então, a obra do diabo na vida de Jó foi do Senhor.

1. O próprio Jó sabia disso. Depois que Satanás devastou sua vida, Jó disse à esposa: “Receberemos o bem de Deus e não receberemos o mal?” Trabalho 2:10

I. Se Deus não quisesse Satanás por perto, Satanás não estaria por perto. Satanás existe porque Deus o mantém em existência, assim como você e eu. Não é como se Ele tivesse problemas para vencer Satanás se quisesse destruí-lo. E um dia Ele vai destruí-lo. Mas agora mesmo Ele está mantendo Satanás por perto para fazer algumas coisas que Ele quer que sejam feitas, e para mostrar Sua glória no final, lançando-o no lago de fogo.

J. Isso é tão encorajador!

1. Mesmo que nosso antigo inimigo procure nos causar dor, mesmo que seu ofício e poder sejam grandes, mesmo que ele esteja armado com ódio cruel, mesmo que na terra não seja igual a ele, mas uma fortaleza poderosa é nosso Deus, um baluarte que nunca falha; nosso ajudador em meio ao dilúvio de males mortais que prevalecem.

2. Se confiássemos em nossa própria força, nosso esforço seria em vão, se não fosse o homem certo do nosso lado, o homem escolhido por Deus. Você pergunta quem pode ser? Cristo Jesus é Ele! Senhor Sabaoth Seu nome, de era em era o mesmo, e Ele deve vencer a batalha.

3. E embora este mundo, cheio de demônios, ameace nos destruir, não temeremos, pois Deus desejou que Sua verdade triunfasse através de nós. O príncipe das trevas sombrio: não trememos por ele! Sua ira podemos suportar, pois eis! Seu destino é certo. Uma pequena palavra o derrubará.

4. Essa Palavra acima de todos os poderes terrenos, não graças a eles permanece... Seu reino é para sempre! (Martinho Lutero)

5. Esta é a maravilha de fracos como eu e você, protegidos e preservados, embora não sejamos páreos para nosso adversário.

a. Foi o que aconteceu com Pedro, a quem Satanás queria peneirar como o trigo.

b. Foi o que aconteceu com Jerusalém nos dias dos ataques de Senaqueribe.

c. Aconteceu em Apocalipse 12 quando Satanás foi atrás da descendência da mulher.

d. Aconteceu com o profeta Eliseu quando os sírios cercaram a cidade onde ele estava.

6. Assim como Pedro, Satanás quer nos peneirar como trigo (Lucas 22:31). Mas, se amamos a Deus e somos chamados de acordo com Seus propósitos, Deus não permitirá que isso aconteça.

a. Sempre podemos saber que Ele só deixará Satanás ir tão longe, apenas até onde sua obra nos fará bem, como vemos na história de Jó.

K. Isso não significa, é claro, que não precisamos estar alertas e em guarda contra seus ataques!

1. Isso não significa que não precisamos orar: “Livra-nos do maligno!” – Mateus 6:13

2. Isso não significa que não precisamos fugir para Deus em busca de refúgio.

3. Como você pode viver uma vida cristã se você vive como se não houvesse diabo?

4. Esta história é um bom lembrete de que “não é contra carne e sangue que temos que lutar, mas sim contra os principados, contra as potestades, conta os príncipes do mundo destas trevas, contra as hostes espirituais da iniquidade nas regiões celestes”. Efésios 6:12

5. Precisamos viver pelo que sabemos, não pelo que vemos.

6. Vemos na história de Jó que Deus às vezes permite que Satanás traga tragédia e sofrimento para nossas vidas.

7. E esse conhecimento pode ser uma tremenda bênção para nós – não para nos preocupar (pois se Deus é por nós, quem será contra nós?), mas para nos conduzir ao Senhor.

Postar um comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.
6. Anônimos

Para outros assuntos use a página de contato do blog

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Postagem Anterior Próxima Postagem
Gostou Desse Esboço? Olha a Novidade Que Tenho Para Você!

Eu preparei um E-book Com 365 Esboços de Sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! CLIQUE AQUI para adquirir seu livro.