4/30/2019

Capacitados Para os Últimos Dias

Capacitados Para os Últimos Dias
O Sermão em uma Sentença: Nós precisamos ser capacitados pelo Espírito Santo para cumprir nossa missão para os últimos dias.

O Propósito do Sermão: Ver crentes batizados no Espírito Santo para que eles possam participar na seara de Deus dos últimos dias.

O Texto: Atos 2.17

Introdução

1. Os últimos dias de uma preparação para qualquer evento sempre são um tempo de atividade aumentada e urgente (Um casamento).

2. Nosso texto fala dos “últimos dias”, um tempo de atividade aumentada e urgente no reino espiritual.

3. Baseado no nosso texto, nós vamos fazer e responder três perguntas sobre os Últimos Dias:

I. O Que Significa a Frase “Os Últimos Dias”?

A. Os Judeus antigos viram os Últimos Dias como um tempo de bênção Messiânica.
1. Um tempo quando Deus trará julgamento sobre os ímpios.
2. E vindicação ao Seu povo.

B. No Novo Testamento nós temos uma revelação mais ampla dos Últimos Dias.
1. Pedro identificou os Últimos Dias como um tempo do derramamento do Espírito de Deus sobre toda a humanidade (veja o texto).
2. Engloba toda a era da igreja.
a. Começou com a vinda de Jesus no poder do Espírito e o derramamento do Espírito no Dia do Pentecostes.
b. Estenderá até a segunda vinda de Cristo.
3. Nós estamos nos Últimos Dias.
a. Nós somos um “Povo dos Últimos Dias”.
b. Nós estamos vivendo “entre os tempos” (O tempo entre a primeira e a segunda vinda de Jesus).
c. Nós precisamos, então, viver com um senso de urgência (Atos 1.10-11).

II. Quais São Algumas Das Características Dominantes Dos Últimos Dias?

(Existem muitas. Nós vamos falar de quatro:)

A. Um tempo de “término” do plano de Deus para as nações (Atos 3.19-21).

B. Um tempo de derramamento mundial do Espírito (“sobre toda a humanidade”).

C. Um tempo quando o evangelho será pregado com poder para todas as nações (Atos 1.8; Mateus 24.14; Atos 2.21).

D. Um tempo de grande atividade profética e uma demonstração poderosa do poder de Deus contra o reino de satanás (Atos 2.14-18).

III. Quais São Algumas Das Implicações Destas Verdades Sobre Nós Hoje Como o Povo Pentecostal?

A. Cada um de nós precisa reconhecer que temos sido chamados e capacitados para participar do plano de Deus para as nações.

B. Como o “Povo dos Últimos Dias” de Deus nós precisamos ter um senso de urgência da nossa tarefa (João 9.4).

C. Cada um de nós precisa ser capacitado pessoalmente pelo Espírito para realizar nossos ministérios (Lucas 24.49; Atos 1.4-5).

Conclusão e Apelo

1. Você pergunta, “Como posso participar da missão de Deus nos últimos dias?
a. Entender que você é uma das “pessoas dos últimos dias” de Deus.
b. Ser cheio do Espírito hoje.

2. O que alguém precisa fazer para ser cheio do Espírito?
a. Pedir com fé (Lucas 11.9-13).
b. Receber pela fé (Marcos 11.24).

Gostou Desse Esboço? Conheça 365 Esboços de Sermões Selecionados:

Dunamis – Martus

Dunamis – Martus
O Sermão em uma Sentença: Todos nós precisamos ser cheios com o dunamis (poder) de Deus a fim de sermos suas martus (testemunhas) às nações.

O Propósito do Sermão: Que crentes compreendam seu papel como testemunhas de Cristo e então receber o poder do Espírito para realizar esse papel.

O Texto: Atos 1.8

Introdução

1. Nosso texto contém as palavras finais de Jesus antes da Sua ascensão ao céu (Atos 1.8).
a. Estas palavras claramente definem a missão da igreja.
b. Elas também revelam o padrão evangelístico da igreja: “Receber poder (então) ser Suas testemunhas”.
c. O verso, então, contém duas palavras chaves: “poder” e “testemunhas”.
d. O Grego para estas duas palavras é dunamis e martus.

2. Nesta mensagem nós vamos observar de perto estas duas palavras Gregas, e nós vamos chegar a umas implicações do que nós descobrirmos.

I. Dunamis (Poder)

A. Nota que nós estamos falando aqui sobre o dunamis de Deus.
1. É muito significante que nós enfatizemos que este dunamis é possessão somente de Deus para dar.
2. Pertence a Ele, então, somente Ele pode dar.

B. A palavra dunamis é usada 120 vezes no NT em Grego. 1. 77 vezes é traduzido “poder”.
2. Também é traduzida como “obras poderosas”, “força”, “milagres”, e “virtude”.

C. Amplamente definida, a palavra dunamis significa força, poder ou habilidade. É um poder inerente ou “poder por dentro”.
1. É poder residindo dentro por virtude da sua natureza.
2. Inclui poder para operar milagres, poder moral, poder financeira, e poder militar.

D. Este poder não é limitado pelo que nós sentimos ou não sentimos, pelo que fazemos ou não fazemos.
1. É o dunamis de Deus que inclui tudo.
2. É manifesto em testemunha poderosa, incluindo sinais, maravilhas, poder moral, e excelência de alma.
3. É o poder que Ele deseja nos dar!

E. É o dunamis de Deus operando entre as nações do mundo, operando no continente da África, operando através de barreiras étnicas e de línguas, operando em nossas famílias, operando aqui neste salão, operando na sua vida hoje.

II. Martus (Testemunha)

A. A palavra martus é usada 34 vezes no NT em Grego.
1. 29 vezes é traduzida “testemunha”.
2. Também é traduzida “mártir” e “arquivo”.
3. Uma testemunha dá testemunho através de palavras, através de ações, e através de sacrifício.

B. Existem várias maneiras de entender esta palavra:
1. Por exemplo, uma testemunha na sala do tribunal.
2. Ou, alguém que participa de um evento (um espectador).
3. Ou, alguém que dá sua vida para uma causa (um mártir).
4. Martus certamente inclui pregar e testemunhar verbalmente; porém, é muito mais.

C. Vamos observar dois usos de martus no livro de Atos:
1. Estêvão era uma testemunha em maneiras múltiplas.
a. Ele era um homem cheio de fé e do Espírito Santo (6.5).
b. Ele fez grandes maravilhas entre o povo (6.8).
c. Ele falou com poder (6.10).
d. Ele mostrou coragem moral na morte (7.56-60).
2. Paulo (Saulo de Tarso) apresenta uma diferente, mas também significante paradigma de testemunha.
a. Ele consentiu na morte de Estêvão (Atos 8.1).
b. O testemunho de Estêvão contribuiu na sua conversão.
c. Em todo seu ministério, Paulo testemunhou através de pregação poderosa, sinais e maravilhas, caráter moral, etc.
d. Como Estêvão, Saulo deu sua vida, através de uma vida vivida “morta para a carne” e “viva para Cristo”.

Conclusão e Apelo

1. Então, a igreja primitiva foi capacitada pelo dunamis de Deus e comprometida a martus de Cristo. Como resultado, o evangelho espalhou por toda Jerusalém, Judéia e Samaria, e aos “confins” daquela era.

2. Agora, vem e se compromete a Cristo como Seu martus, e recebe Seu dunamis para proclamar Sua mensagem a todo o povo até que Ele retorne do céu.

Gostou Desse Esboço? Conheça 365 Esboços de Sermões Selecionados:

4/23/2019

Os Resultados Das Provações da Vida

Os Resultados Das Provações da Vida
Texto: Jó 2:7-13

Introdução: As provações de Jó. Estamos familiarizados com as coisas que Jó teve que suportar. Ele sofreu muito para a glória do Senhor e, por milhares de anos, sua vida tem sido um testemunho da fidelidade do Senhor e de sua capacidade de sustentar o Seu povo através de qualquer provação. A história de Jó é de um grande encorajamento, pelo menos para mim.

Nesta passagem, veremos o que as provações da vida nos trazem. Vamos observar cuidadosamente quatro dos Resultados Das Provações da Vida.

I. As Provações Desafiarão Sua Fé. V. 9

A. O Contexto. A esposa de Jó vem até ele e tenta levá-lo a amaldiçoar Deus e ir logo morrer com alguma dignidade. Eu sempre fui incomodado pela atitude dessa mulher. No entanto, enquanto pensava em tudo o que ela tinha sofrido, eu comecei a imaginar como ela deve ter se sentido. Afinal, ela acabara de perder seus dez filhos, ela não era mais a "primeira dama do leste". Seu marido, outrora o maior homem do oriente, v. 1, 3, agora ele está sentado em um monte de cinza, raspando seu corpo cheio de tumores com um caco de barro. Não é de admirar que ela esteja um pouco chateada.

B. Jó foi atacado pela primeira vez na área de sua fé. Este é sempre o caminho com as provações. Se ouvirmos o diabo, ele nos dirá que Deus não sabe, não se importa, não entende; e não é capaz de fazer nada sobre a nossa situação.

- Não se surpreenda quando a sua fé for a primeira coisa a ser atacada no meio de uma provação. Apenas lembre-se dos discípulos na tempestade no Mar da Galileia. Jesus estava no barco com eles e ainda assim se desesperaram pela vida. As vezes, até mesmo aquelas coisas que sabemos serem absolutamente verdadeiras parecerão apenas poeira diante de nossas provações.

- Jesus está absolutamente interessado em tudo o que enfrentamos na vida. Ele é rápido em nos dizer isso em 1 Pedro 5:7; Mateus 10:29-31.

C. Quando as provações da vida vierem em sua direção, em vez de ouvir as mentiras do diabo destruidoras de fé, aprenda a repousar nas imutáveis ​​promessas do Senhor Deus. A Palavra de Deus é certa! Portanto, você pode contar com o Senhor para fazer o que Ele prometeu fazer por você em sua vida. Sua fé em Deus nunca é em vão!

II. As Provações Irão Mudar Seu Rosto. V. 12

A. Quando os três amigos de Jó chegaram, eles não reconheceram o velho Jó. Ele parecia tão mal para eles que parecia uma outra pessoa. Parece que as provações da vida de Jó foram suficientes para mudar seu rosto.

B. Suas provações farão o mesmo com você se você permitir. Elas vão roubar sua alegria. Elas vão roubar seu sorriso. Elas vão substituir o olhar de esperança pelas linhas de preocupação. É evidente quando as pessoas estão preocupadas. Muitas vezes, você pode ver a preocupação e a tensão em seus rostos. Esta é apenas a natureza humana, mas acredito que o Senhor tenha uma cura.

C. A razão pela qual as provações podem nosso rosto é simplesmente porque permitimos que elas o façam! Deus deseja que aprendamos a lidar com nossas provações por meio de um modelo bíblico, em vez de permitir que elas nos tratem. Observe o que o Senhor quer que façamos.
  1. Aprender a não se preocupar - Filipenses 4:6-7; Mateus 6:25-33.
  2. Aprender a descansar - Mateus 11:28-30.
  3. Aprender a confiar nos planos do Senhor - Romanos 8:28
  4. Aprender a lembrar Suas promessas - 2 Coríntios 4:17; Romanos 8:18; Filipenses 4:19
  5. Aprender a orar regularmente sobre nossas provações - Colossenses 4:2; 1 Tessalonicenses 5:17 (Salmo 55:22; Salmo 62:8).
  6. Aprender a se alegrar no meio das provações - 1 Tessalonicenses 5:18; Efésios 5:20.
D. Quando as provações da vida te pegar e te espremer, o diabo anseia que você produza suco de limão. Ele quer que você se torne amargo e murmure contra Deus sobre suas provações. Quando a vida lhe espremer, continue servindo fielmente ao Senhor e louvando Seu maravilhoso nome. Se você quer deixar o diabo envergonhado, não há maneira melhor!

III. As Provações Revelarão o Caráter de Seus Amigos

A. Quando os amigos de Jó chegaram, eles não chegaram com nenhuma palavra de encorajamento para o santo sofredor. Na verdade, eles tentaram empurrá-lo mais para baixo em sua miséria. Apenas uma pequena amostra do que eles disseram para ele é a seguinte.

1. Elifaz - Este é o homem da experiência testemunhal. Ele já esteve lá e passou por isso. Não importa o que você passe, esse tipo de pessoa já passou por coisas piores. Conhece alguém assim? (O homem falhará com você, Jesus não - Provérbios 18:24)

A. Ele lisonjeia Jó. 4:3-4 - Diz a ele que bênção ele tem sido, ele realmente lisonjeia o velho Jó.
B. Ele castiga Jó. 4:5-11 - Ele o acusa de Hipocrisia, v. 5,8; Fraqueza, 5-6; 10-11; Maldade, 7-9.
C. Ele pisa em Jó. 4:12 - 5:27 - Diz que ele é hipócrita, 17; Não aceito por Deus, 5:1; Simplesmente recebendo o que ele merecia, 5:13; Tem uma atitude ruim, 5:17. Em 15.2, Elifaz chega ao ponto de chamar Jó de saco de vento! Quem precisa de um amigo assim?

2. Bildade - Este é o homem da explicação tradicional.

A. Seu ataque. 8:2 - Ele chama Jó de velho saco de vento
B. Seu Apelo. 8:3-22 - Bildade diz que todas essas coisas aconteceram a Jó porque ele era um sujeito mau.

3. Zofar - O homem da estimativa total - Ele olha para a situação e simplesmente diz a Jó que ele precisa se arrepender de seus pecados e se acertar com Deus, então essas coisas não aconteceriam.

4. Eliú - O homem de expressão verdadeira - São necessários 6 grandes capítulos para esse grande falador nos dizer que Deus é grande e justo. Ele nunca faz bem a Jó.

B. Você tem algum amigo como esses homens? De tempos em tempos, todos nós temos aqueles ao nosso redor que parecem fazer tudo para nos manter no lugar onde estamos. Eles sentem que trabalho deles apontar nossos fracassos e nossas deficiências. Deus nos livre de amigos como estes! (A atitude de Jó para com seus amigos - Jó 12:2; 13:4)

C. Meu objetivo em dizer essas coisas tem sido mostrar que os homens falharão com você. Nossos amigos neste mundo não são nada além de pecadores como somos e são propensos ao fracasso, Salmo 146:3. No entanto, Jesus Cristo nunca falhará com aqueles que colocam sua fé nEle - Deuteronômio 31:6-8; Hebreus 13:5; Provérbios 3:5-6. Há um amigo que nunca falhará - Provérbios 18:24

IV. As Provações confirmarão Suas Fundações. 1:20-21; 42:10-17

A. No final, Jó foi restaurado a posição que ocupava anteriormente - Jó 42:10-17. Deus deu tudo de volta.
(Deus restaurou tudo!
  1. Saúde
  2. Finanças
  3. Família
  4. Relacionamento com o cônjuge
B. A vida nunca sai como planejamos, mas nunca surpreende Deus! Ele sabe o caminho que tomamos e quando somos provados, sairemos como ouro, Jó 23:10. Deus sabe como tirar o pior dessa situação e transformá-lo em grande vitória em nossas vidas. Ele pode não devolver tudo como estava, mas você pode contar com o Senhor para se mostrar fiel em seu tempo de provação.

C. Eu acredito que a grande vitória de Jó depende do fato de que ele nunca perdeu Deus de vista, mesmo na provação. Observe suas ações em 1:20-21. Ele era um homem abatido e humilde, mas ainda assim era capaz de exaltar o nome do Senhor e louvar ao Deus do céu. Enquanto você ainda pode adorar, você ainda tem a vitória! (Quer vivamos ou não, a vitória é nossa de qualquer maneira - 1 Coríntios 15:17; Romanos 8:37).

Conclusão: À medida que enfrentou as provações da vida, tenho certeza de que você já viu as coisas serem verdadeiras e repetidas vezes. Eu não sei em que vale você pode estar andando nesta noite, mas eu conheço um Deus que quer ajudá-lo a passar com segurança através dele. Você vai trazer sua necessidade para Jesus esta noite? Você virá diante dEle e entregará tudo? Seja qual for a situação, seja qual for a provação, seja qual for o fardo da necessidade, traga-os ao Senhor agora mesmo.

Gostou Desse Esboço? Conheça 365 Esboços de Sermões Selecionados:

4/16/2019

As Marcas de Um Cristão Amadurecendo

As Marcas de Um Cristão Amadurecendo
Texto: Efésios 4:11-32

Introdução: De acordo com os versículos 11-13, Deus deu à igreja seus líderes espirituais com o único propósito de promover o crescimento espiritual dentro do corpo de Cristo. A razão pela qual o crescimento é necessário é óbvio. A Bíblia é clara quando nos diz que todo cristão é um bebê quando é salvo. Por isso, o processo é chamado "O Novo Nascimento", João 3:3, 7; 1 Pedro 1:23.

Assim como todos os pais no mundo ficam encantados quando veem seus filhos crescendo e amadurecendo, Deus se alegra quando vê Seus filhos fazendo a transição da infância para a idade adulta em um sentido espiritual. Deus quer que nos movamos do berçário espiritual para o campo de batalha espiritual. Ele quer que deixemos o reino do leite, babadores e fraldas e Ele quer que entremos no reino do alimento sólido, das batalhas e da devoção, v. 13; 1 Coríntios 3:1-3; 2 Pedro 3:18; 1 João 2:12-14. O plano de Deus para cada um dos Seus filhos é vê-los todos atingirem a maturidade espiritual! Ele só quer que a gente cresça!

Os versos que lemos contêm informações que precisamos para tornar nosso desejo de crescer uma realidade. Estes versos indicam muito claramente as marcas de um cristão amadurecendo. Tudo o que peço que você faça hoje é colocar sua vida ao lado da Bíblia. Esta passagem lhe dirá se você está crescendo ou não. Se você está interessado em crescer, observe comigo as marcas de um cristão em amadurecimento.

I. Eles São Marcados Pela Firmeza. V. 14-16

(Esses versículos apontam três áreas em que o crente em crescimento é considerado firme e estável)

A. Eles são firmes na doutrina. V. 14 - Eles não estão sendo constantemente enganados pelos falsos ensinamentos do mundo ao seu redor. O crente em amadurecimento é aquele que sabe no que acredita e por que acredita. Eles gastam tempo na Palavra de Deus e não são enganados pelas mentiras, truques e armadilhas do inimigo! (2 Timóteo 2:15; 2 Timóteo 3:16-17)

B. Eles são firmes no desenvolvimento. V. 15 - O crente em crescimento tem uma profunda atração pela verdade de Deus. Eles estão constantemente adaptando suas vidas aos ensinamentos da Bíblia. Eles tomam tempo para descobrir o que Deus quer de suas vidas e eles mudam o que for necessário para se alinhar com a vontade de Deus. (1 João 2:3-4; 5:3) eles fazem isso porque a obediência à palavra de Deus produz a genuína semelhança com Cristo em suas vidas!

(Nota: Assim como muitas crianças querem crescer para ser como sua mãe ou pai, o crente em crescimento quer crescer para ser como Jesus). O crente em crescimento está progredindo firmemente em seu relacionamento de crescimento!

C. Eles são firmes na devoção V. 16 - Assim como nossos corpos humanos são unidos maravilhosamente, assim o corpo de Cristo foi cuidadosamente "compactado". Cada membro no lugar que agradou ao Senhor, 1 Coríntios 12:12-27. O crente em crescimento quer encontrar seu lugar no corpo e preencher esse lugar com o melhor de sua capacidade. É um sinal de maturidade espiritual quando um crente faz o seu melhor para realizar as tarefas que foram dadas pelo Pai.

(Nota: Quando uma parte desses corpos físicos não cumpre sua tarefa, causa problemas para todo o corpo. Quando uma parte falha, todo o corpo sofre! O mesmo é verdadeiro na igreja. Quando toda pessoa participa e faz o que eles foram designados para fazer, as coisas funcionam suavemente quando eles não fazem o que devem fazer, toda a igreja sofre como resultado!) Em suma, você pode contar com um crente amadurecendo!

II. Eles São Marcados Por Uma Clara Separação. V. 17-24

(Um crente amadurecido é facilmente identificado porque ele é muito diferente do mundo ao seu redor. Esses versículos falam sobre esse assunto)

A. Eles são separados das obras das trevas. V. 17-19 - Paulo faz uma distinção entre como o homem perdido vive e como o homem salvo vive. Quando uma pessoa recebe a Jesus como seu Salvador pessoal e nasce de novo, ela literalmente recebe uma nova vida. Ela não pode mais andar como ele andava anteriormente. Ela não pode mais viver como antes vivia. O homem perdido vive como ele quer, porque ele é cego para as causas e consequências de suas ações. Ele não sabe para onde está indo e ele não vê a necessidade de ser diferente do que ele é. O crente em amadurecimento, por outro lado, não está mais na escuridão. As luzes foram acesas em sua alma! A velha maneira de viver já não é boa o suficiente. Há um novo desejo de andar no caminho que o Senhor estabelece. A vida deixou de ser sobre a "vontade própria" (Nota: "avidez" - v. 19) e tornou-se tudo sobre a "vontade de Deus". É por isso que a Bíblia identifica o crente como "uma nova criatura", 2 Coríntios 5:17.

B. Eles são separados de uma caminhada das trevas. V. 20-24 - O crente recebeu uma mudança de vida que resulta em uma mudança em sua caminhada. Somos chamados a "despojar", de uma vez por todas, os caminhos do velho homem que está piorando a cada dia. (Nota: As palavras "que se corrompe" estão no tempo presente e falam de um cadáver que está apodrecendo ao sol. Cada dia traz consigo mais evidências de que o cadáver está morto!) Somos chamados a "revestir", uma vez para todos, o novo homem, que foi criado em retidão e santidade. Quando o novo crente chega à fé em Jesus, ele aprende um novo modo de vida, v. 19-20! Ele experimenta uma mudança de coração que resulta em uma profunda mudança de mente, v 23! Deus coloca um novo desejo dentro de seus filhos que os faz querer viver de forma diferente do que eles costumavam viver! O resultado é o seguinte: o crente em maturidade é diferente, age de maneira diferente, anda diferente e pensa diferente do que antes!

III. Eles São Marcados Por Padrões Cristãos. V. 25-32

(À medida que entramos nesta seção da passagem, Paulo começa a falar sobre o dia a dia do crente em amadurecimento. Ele se concentra principalmente em como ele age, reage e interage com o próximo e com o próximo crente. O que eu quero que você note é isto: para o crente em amadurecimento, a ênfase na vida é removida do "eu" e é focada em "outros", V. 19!

A palavra "ganância" vem de uma palavra que sempre traduziu "cobiça". Em outras palavras, o homem perdido vive como ele quer, porque é egoísta! O bebê cristão também vive esse tipo de existência egocêntrica e egocêntrica, mas o cristão amadurecido passou a entender que o mundo é maior do que ele. Ele se preocupa com a vida dos outros e isso é mostrado em suas relações com outros crentes! Lembre-se do que Jesus disse sobre Seu povo. A única característica definidora pela qual Jesus disse que Seu povo poderia ser identificado era que eles amariam uns aos outros, João 13:35. O crente em amadurecimento descobriu isso!)

A. Eles são cristãos em como eles agem. V. 28 - Ao invés de pegar o que pertence a outro para satisfazer desejos pessoais, o crente é desafiado a trabalhar para que ele possa ganhar dinheiro para ajudar os outros. O ponto principal aqui é que o eu deixa de ser um grande motivador na vida! Os outros crescem em sua importância para nós. O cristão em crescimento é aquele que começou a olhar além de si mesmo, Filipenses 2:4, para ver as necessidades dos outros.

B. Eles são cristãos em como reagem V. 26-27, 31-32 - Esses quatro versículos falam sobre a mesma coisa. Eles falam de aprender a controlar sua ira quando você está ofendido e de aprender a oferecer perdão quando você está ferido! O crente em amadurecimento não permite que as mágoas que eles sofrem nas mãos dos outros lhes causem problemas espirituais!

O verso 27 nos diz para irar sem pecar. Como isso é possível? Isso só pode acontecer quando você está com ira apenas das coisas que enfurecem a Deus! Ele está falando de justa indignação! Qualquer outro tipo de ira abre uma brecha em sua vida da qual o diabo pode atacá-lo, v. 28. E, se você der brecha, ele se tornará seu governante! Os versículos 31-32 nos dizem que devemos nos abster de ficar irados e atacar os outros. Devemos perdoá-los da mesma forma que nós mesmos fomos perdoados! Nós devemos fazê-lo mesmo que eles não consigam ser bons conosco!

C. Eles são cristãos em como eles interagem. V. 25, 29-30 - Estes versos falam sobre como nos relacionamos uns com os outros. Devemos sempre falar a verdade, v. 25. Quando mentimos para um companheiro de fé, estamos mentindo para o corpo de Cristo e para nós mesmos! Nós devemos observar o discurso maligno que tenta derramar de nossas bocas. Quando falamos, deve ser para edificar ou construir outra pessoa! Qualquer outra coisa entristece o Espírito de Deus e impede a igreja! O crente maduro sabe disso e procura controlar sua língua, Tiago 1:26; 3:1-12. Enquanto os tolos falam e demonstram sua ignorância, Eclesiastes 5:3. É melhor ficar quieto e deixar que as pessoas pensem que você é um tolo do que abrir a boca e remover todas as dúvidas.

Conclusão: Quando você estava crescendo, seus pais sempre diziam a você: "Eu gostaria que você crescesse!" Você sabe o que significa, não sabe? Eles queriam que você agisse mais maduro do que você estava agindo. Eu me pergunto se Deus olha para a Sua igreja e diz: "Eu gostaria que eles crescessem!" Bem, algumas pessoas nunca amadurecem!

Eu tenho um amigo em seus trinta e tantos anos e ele age como ele agia quando tinha 15 anos. Bom rapaz, ele nunca amadurecerá. O mesmo nunca deve ser dito sobre um cristão. Cada um nesta igreja que é salvo deve estar se movendo firmemente em direção à maturidade no Senhor a cada dia que passa. Você está amadurecendo? Você possui as marcas de um cristão maduro? Há ajuda para sua necessidade neste altar!

Gostou Desse Esboço? Conheça 365 Esboços de Sermões Selecionados:

Como o Cristão Deve Amar, Viver e Trabalhar?

Como o Cristão Deve Amar, Viver e Trabalhar?
Texto: Romanos 12:9-18

Introdução: Paulo começa o capítulo 12 com um apelo aos crentes em Roma para que sejam um sacrifício vivo! Jesus quer que sejamos sacrifícios vivos! Ele quer que nos deitemos sobre o altar e tenhamos uma vida santa e agradável a Deus.

Paulo continua dizendo que os crentes não devem ser conformados (moldados) ao mundo, mas devemos ser transformados (mudados). Como? Nossas mentes precisam ser renovadas! A palavra renovada é definida como "restaurada". Nosso entendimento tem que ser mudado! Somente a palavra de Deus pode fazer isso!

Paulo continua falando sobre a unidade do corpo de Cristo e os dons que são dados aos membros do corpo e como eles devem ser usados! Paulo conclui o capítulo 12 com alguns princípios que, creio, precisam ser postos em prática na vida de todo crente, para que o corpo de Cristo possa funcionar como o Senhor quer.

I. Nosso Amor Deve Ser Sincero! 12:9

Paulo diz .... "O amor seja não fingido....". O que é fingido! É dissimulação? É hipocrisia! Não seja hipócrita na maneira de amar as pessoas! Você está sendo hipócrita em seus relacionamentos? Agir como se você amasse a pessoa em seu rosto, e falando delas, apunhalando-as pelas costas! Você coloca uma carinha sorridente e aperta sua mão, ainda que em seu coração você esteja com um rancor do tamanho da Ibituruna, isso é hipocrisia, e Paulo diz que devemos amar as pessoas sinceramente ... sem hipocrisia!

Se há uma coisa que falta muito na casa de Deus, é o amor um pelo outro. Vamos ser lembrados das palavras do apóstolo João em

1 João 3:10 “Nisto são manifestos os filhos de Deus, e os filhos do Diabo: quem não pratica a justiça não é de Deus, nem o que não ama a seu irmão”.

Observe também o verso 14, “Nós sabemos que já passamos da morte para a vida, porque amamos os irmãos. Quem não ama permanece na morte”.

O que essas palavras dizem sobre nosso relacionamento com o Senhor? Podemos realmente ter o relacionamento correto com Deus e ter ódio em nossos corações pelos crentes? É melhor fazermos um check-up em nós mesmos!

a. Observe como devemos nos amar uns aos outros! V. 10a
"Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, ......"

b. Observe como devemos nos considerar um ao outro! V. 10b
"... preferindo-vos em honra uns aos outros;”

c. Observe como devemos contribuir um para com o outro! 12:13

Devemos considerar nossos irmãos e irmãs no Senhor antes de nós mesmos! Nós devemos considerá-los mais dignos do que nós!

Se nosso amor não for sincero, será óbvio para os incrédulos! Nunca seremos capazes de alcançá-los com o evangelho de Cristo, a menos que primeiro nos alcancemos uns aos outros em amor!

II. Nossas Vidas Devem Ser Separadas! 12:9

a. Devemos abandonar o que é mal.
A palavra "aborrecer" é uma palavra que não usamos muito hoje em dia ..... também é um princípio que também não praticamos muito! Significa "desprezar ou detestar". O pecado, o mal deve ser detestável para o crente! Não deve ser tolerado em nossas vidas. Paulo escreveu em 1 Tessalonicenses 5:22 "Abstende-vos de toda espécie de mal".

Estou convencido de que uma das razões pelas quais nossa sociedade está da maneira em que está moralmente, é por causa da maneira em que a igreja está! A igreja não aborrece o pecado do jeito que costumava fazer! Alguns pastores não pregam contra o pecado como antes, porque temem ofender as pessoas e temem perder o salário!

Se um pregador quiser pregar contra o pecado e quiser pregar contra a necessidade de os crentes serem separados do mundo ... ele não é um pregador de verdade. Um verdadeiro pastor ama seu rebanho o suficiente para protegê-lo e avisá-lo dos perigos e armadilhas do pecado! O crente está no mundo, mas não é para SER DO mundo ...... "saia do meio deles, e seja separado". A própria palavra "igreja" fala desse fato. A igreja é uma “reunião dos que foram chamados”, ou "chamados para fora”.

b. Devemos nos apegar ao que é bom.
Nós devemos desprezar o mal, mas nos apegar ao que é bom! A palavra "apegar" neste verso significa "colar, aderir, unir ou manter companhia! O filho de Deus deve se apegar a essas coisas que são boas! Devemos nos apegar a elas, e devemos acompanhar aqueles que seguem após coisas boas!

c. Devemos nos abster de palavras profanas. 12:14
Como você reage quando as pessoas dizem coisas negativas em relação a você ou sobre você? O que sai da sua boca quando você é amaldiçoado ou quando você é perseguido! Isto pode parecer ridículo para alguns ... mas o crente deve recompensar o mal com o bem! Não devemos amaldiçoar, mas devemos abençoar! Nós devemos orar por eles! Muitas vezes são as nossas reações que as pessoas percebem mais do que nossas ações!

O que a nossa boca realmente diz sobre nós?

III. Nosso Trabalho Deve Ser Com Entusiasmo! 12:11

“Trabalhem com entusiasmo e não sejam preguiçosos. Sirvam o Senhor com o coração cheio de fervor”. (NTLH)

a. Com confiança. V. 12
Podemos ter confiança em nossas vidas e trabalho por causa de nosso relacionamento com Cristo! Podemos manter uma atitude positiva em nosso trabalho por causa da esperança que temos em Cristo Jesus!

b. Com consistência.
O que fazemos quando tempos difíceis chegam? Nós cruzamos as mãos, jogamos a toalha, jogamos as mãos para o ar e desistimos! O filho de Deus não é para ser um desistente! Nós devemos ser pacientes na tribulação! Podemos perseverar porque o Senhor está conosco para nos conduzir e nos sustentar!

É quando as coisas parecem piores que você não deve desistir.
Gálatas 5:1 - Gálatas 6:9 - 2 Tessalonicenses 3:13 - 2 Timóteo 2:1 - 2 Timóteo 3:14
Todo cristão deveria cortar a palavra "desistir" do dicionário!

c. Com continuidade.
Nós devemos trabalhar com oração! Pode haver algumas vezes em nosso trabalho e serviço que não sabemos exatamente o caminho que devemos seguir ou o que devemos fazer! Uma coisa em que o filho de Deus deve ser constante é na oração!

A diferença no sucesso e fracasso de nossos trabalhos pode muito bem depender da nossa continuidade na oração. Pouco é realizado para o Senhor sem oração!

Esta noite compartilhei com vocês três princípios que, acredito, podem transformar nossa vida e nossa igreja.

Você se comprometerá esta noite com um amor que seja sincero ........ uma vida que seja separada ...... e a trabalhar com entusiasmo?

Gostou Desse Esboço? Conheça 365 Esboços de Sermões Selecionados:

4/11/2019

Os Dois Enchimentos de Pentecostes

Os Dois Enchimentos de Pentecostes
O Sermão em uma Sentença: Nós podemos experimentar a presença do Espírito em nossos cultos e o poder do Espírito em nossas vidas.

O Propósito do Sermão: Encorajar os crentes a abrir seus corações para a presença do Espírito e para serem batizados pessoalmente no Espírito Santo.

O Texto: Atos 2.1-4

Introdução

1. A história do derramamento do Espírito no Pentecostes.
2. No Dia do Pentecostes, houve dois enchimentos com o Espírito Santo.
a. Verso 2 "toda a casa".
b. Verso 4 "todos ficaram cheios".
3. Deus quer fazer a mesma coisa para nós hoje.

I. Deus Quer Encher Este Lugar (v. 2).

A. Na Bíblia, o Espírito frequentemente encheu certos lugares.
1. No Velho Testamento, a presença de Deus encheu o templo (2 Crônicas 5.13).
2. No livro de Atos, o Espírito frequentemente encheu um lugar e manifestou Sua poderosa presença.
a. No Pentecostes (Atos 2.1-4).
b. De novo em Jerusalém (Atos 4.31).
3. Deus quer encher este lugar hoje.

B. O Espírito vem para encher um lugar para certos propósitos.
1. Para tornar Sua presença conhecida.
2. Para dar ao pecador convicção dos seus pecados.
3. Para derrotar os poderes de satanás.
4. Para suprir as necessidades do Seu povo.
5. Para capacitar Sua igreja a pregar o evangelho.

C. Como podemos experimentar a presença de Deus?
1. Nós precisamos orar.
2. Nós precisamos abrir nossas vidas ao Espírito.
3. Nós precisamos Lhe acolher quando Ele vem.
D. Deus quer encher este lugar hoje!

II. Deus Quer Encher Seu Povo (v. 4).

A. O interesse principal de Deus é as pessoas em vez de lugares.
1. O enchimento principal no Pentecostes era o povo.
2. A vontade de Deus é encher cada crente com o Espírito Santo.
a. Verso 4 "todos ficaram cheios".
b. "A promessa é para... todos" (Atos 2.38-39).

B. O Espírito enche o povo de Deus para certos propósitos:
1. Para capacitá-los para testemunhar.
2. Para capacitá-los para luta espiritual
3. Para capacitá-los para viver vidas santas.

C. Quando Deus enche Seu povo, então...
1. Ele se torna forte.
2. Ele se torna ousado.

III. Deus Quer te Encher e Reencher Hoje.

A. Ele tem um plano para sua vida.
B. Deus tem lhe prometido cumprir este plano (Atos 1.8).
C. Seja cheio do Espírito Santo hoje!
1. Pede em fé (Lucas 11.9, 13).
2. Recebe pela fé (Lucas 11.10; Marcos 11.24).
3. Confessa em fé (Atos 2.4; João 7.37-38).

Conclusão e Apelo

Vem agora para ser cheio do Espírito Santo.

Gostou Desse Esboço? Conheça 365 Esboços de Sermões Selecionados: