Série: Grandes Palavras do Evangelho - Glorificação
Texto: Romanos 8:28-39

Introdução: Em Romanos 8:29-30, lemos sobre o desdobramento do propósito ou intenção de Deus para cada um de Seus filhos nas palavras "antemão", "predestinado", "chamado", "justificado" e "glorificado". No propósito de Deus (2 Timóteo 1:9), todos os remidos já são pré-conhecidos, predestinados, chamados, justificados e glorificados. Aqui está a garantia de nossa segurança eterna - do fato de que, se agora somos verdadeiramente do Senhor, nossa experiência certa e definitiva será de glorificação.

As referências a seguir também se referem diretamente à doutrina bíblica da glorificação - Salmos 73:24; 84:11; 1 Coríntios 15:43; Colossenses 3:4; Hebreus 2:10 e 1 Pedro 5:10. O que se entende por todas essas referências à nossa glorificação? Em que consiste a futura glória e bênçãos dos salvos?

1. A Glória e as Bênçãos de Estar Para Sempre Com o Senhor.

A principal atração da glória futura será que; estaremos com Ele, nosso amado Senhor e Salvador - observe João 14:3 e 1 Tessalonicenses 4:17. Agora o Senhor está conosco (Isaías 43:2; Salmo 23:4; Hebreus 13:5-6), mas então estaremos com Ele! O incrédulo não pode entrar nessa glória, e somente aqueles que O querem com eles agora desejam estar com Ele em Sua glória.

2. A Glória e as Bênçãos de Ser Conforme a Imagem do Senhor.

Não somente estaremos com ele, mas seremos como ele - veja 1 João 3:2. O propósito de Deus para todo crente é a conformidade final com a imagem de Seu Filho - Romanos 8:29; assim diz o salmista - Salmo 17:15.

Todo crente terá um corpo como o Seu corpo - 1 Coríntios 15:20 e 43 - também observe Filipenses 3:21 e compare Efésios 5:27. Não seremos anjos ou espíritos desencarnados, mas viveremos em corpos novos e glorificados, e seremos como Ele!

3. A Glória e as Bênçãos de Viver em um Ambiente Perfeito.

Nossos primeiros pais viveram em um ambiente perfeito no Jardim do Éden, mas através do “primeiro homem”, Adão, o pecado entrou (Romanos 5:12), e, portanto, também a maldição, e o Paraíso se perdeu. Então, na plenitude dos tempos (Gálatas 4:4), "veio um segundo Adão à luta e ao resgate", e através de Sua obra na cruz, e em virtude de tudo o que Ele é em Sua gloriosa Pessoa, o Paraíso foi recuperado e será a morada eterna de todos os crentes. 

Glória para o crente significará viver em um mundo de perfeita ordem e completa harmonia - Mateus 6:10 - e leia Apocalipse capítulos 21 e 22 para uma prévia profética das glórias do Céu.

4. A Glória e as Bênçãos da Libertação Das Limitações da Terra.

Enquanto estamos no corpo, gememos para nos libertarmos dele e desfrutarmos das bênçãos das “extensões ilimitadas da eternidade”. Aqui em baixo o pecado nos limita; somos libertados de sua culpa e penalidade, mas possuímos uma natureza decaída e vivemos em um corpo caído que está sujeito ao poder do pecado e aos ataques de Satanás.

Aqui em baixo, nosso corpo nos causa muitos problemas, e experimentamos fraqueza, doença, dor e enfermidades da idade e, finalmente, a própria morte - Romanos 8:23 nos diz isso. Medite sobre as coisas que não haverá no céu, como lágrimas, morte, tristeza, choro, dor, etc.! (Apocalipse 21 e 22).

5. A Glória e Bênçãos da Comunhão Com Todos os Redimidos.

Muitas vezes, quando nos reunimos para a comunhão aqui na terra, dizemos depois: "Foi um antegozo da Glória!" Isso é verdade, pois quando formos glorificados, encontraremos os santos de todas as épocas (Lucas 13:29) - os santos do Antigo Testamento, os santos do Novo Testamento, os primeiros mártires cristãos, os reformadores, todos os nossos amigos cristãos e amados e multidões de crianças (Mateus 18:10). 

Que reunião gloriosa será essa - e, é claro, nos reconheceremos! Esse reconhecimento está implícito (1 Coríntios 13:12); ilustrado (Lucas 9:30-31); afirmado (1 Tessalonicenses 4:16-18); confirmado (1 Tessalonicenses 2:19); e garantido (1 Coríntios 15:6).

6. A Glória e as Bênçãos de se Envolver no Serviço do Rei.

Apocalipse 22:3 nos diz isso, e Mateus 25:21 nos diz que todo o nosso serviço aqui e agora é uma preparação para o serviço na gloria. Compare também Mateus 19:28; Lucas 19:17 e 1 Coríntios 6:2-3.

É difícil conceber como devemos servi-lo na gloria, mas devemos servi-lo - e quão feliz e quão glorioso será esse serviço! Lembre-se, no entanto, que a fidelidade aqui se qualifica para autoridade e responsabilidade lá.

7. A Glória e as Bênçãos da Adoração Verdadeira e Sem Obstáculos

Este estudo termina onde começou, pois enfatizamos novamente que a suprema alegria e admiração de nossa glorificação serão experimentadas quando nos unirmos às incontáveis multidões no céu que sintonizam seu cântico com o Nome de Jesus, (e) negam todos os seus próprios méritos e somente o valor de Jesus proclamam. Você pertence a ele? Se sim, "aos que justificou, a estes também glorificou". Observe Judas, versículos 24-25.

Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Gostou? Olha a Novidade Que Tenho Para Você!


Eu preparei um E-book Com 365 Esboços de Sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.


Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! CLIQUE AQUI para adquirir seu livro.