Nosso Inimigo e Nossa Guerra
Texto: Efésios 6:10-19
Introdução: Em suas Cartas, o apóstolo Paulo fala da vida cristã sob várias metáforas sugestivas. Por exemplo, nesta carta aos efésios, sua designação favorita do cristão é como ele deveria VIVER - compare 2:2; 4:1 e 17; 5:2, 8 e 15. Nos capítulos 5 e 6, esposas (5:22-24), maridos (5:25-3l), filhos (6:1-3), pais (6: 4), servos ( 6:5-8) e senhores (6:9), são ensinados a viver e a se comportar. Mas de repente o apóstolo muda a metáfora e, no capítulo 6, versículo 10, ele nos apresenta algo do lado mais severo da vida cristã; ele nos diz que há uma luta a ser travada, que temos um inimigo poderoso a enfrentar e que só podemos ser “mais que vencedores” (Romanos 8:37) quando “vestimos toda a armadura de Deus”.

Como cristãos, somos santos (Efésios 1:1), filhos (1:5), crentes (1:13), servos (6:5) - mas também somos soldados (6:11) e comparamos 2 Timóteo 2:3-4, e como soldados, estamos em um grande conflito e temos que lutar (1 Timóteo 6:12; 2 Timóteo 4:7). Nós, como crentes, estamos envolvidos em uma GUERRA. Para que possamos apreciar a necessidade de vestir toda a armadura de Deus, se quisermos ser soldados vitoriosos no exército de Deus, vamos primeiro considerar a natureza do conflito, depois o caráter do inimigo e, finalmente, o segredo do vitória.

1. A Natureza do Conflito

A. É uma verdadeira guerra. É uma luta literal contra um inimigo literal. Observe que a palavra “contra” ocorre seis vezes nos versículos 11 e 12.
B. É um conflito entre antagonistas reais. Quem são eles? "O Senhor" (6:10) e "o Diabo" (6:11). Os soldados, ou aliados, do Senhor são os crentes em Cristo. Observe a palavra 'nosso' no versículo 12, que se refere aos santos. Os aliados de Satanás também são mencionados no versículo 12.
C. É um conflito feroz. Pondere no versículo 12 e veja como é uma luta mortal!
D. É um conflito corpo a corpo. É tão literal quanto qualquer batalha contra "carne e sangue", mas é dez mil vezes mais mortal (versículo 12), pois é um conflito não com o humano e o visível, mas com o sobre-humano e o invisível (Lucas 12:4 -5)
Isso não é exagerado ou fantasioso, mas é a verdade revelada de Deus. Vamos aceitá-la, pois somente assim seremos fortalecidos para a guerra e estimulados a “vestir toda a armadura de Deus” (versículo 11).

2. O Caráter do Inimigo

A. Ele é uma pessoa real. Os nomes dados a Satanás indicam personalidade, e as ações atribuídas a ele implicam personalidade: enganador, mentiroso, assassino, acusador, tentador, príncipe, etc. Observe os seguintes textos: Jó 1:6; Isaías 14:12; Mateus 4:10; 6:13; 9:34; 10:25; 25:41; Lucas 4:12; João 8:44 e 12:31; 2 Coríntios 2:11; 1 Tessalonicenses 2:18 e 3:5; e 2 Tessalonicenses 2:9-11.
B. Ele ocupa uma posição exaltada. Ele é "o príncipe das potestades do ar" (Efésios 2:2), indicando seu controle sobre os maus espíritos; e ele é "o príncipe deste mundo" (João 12:31; 14:30; 16:11), mostrando seu domínio na vida dos "desobedientes" (Efésios 2:2). Ele tem um "reino" (Mateus 12:26); ele é "o deus deste século" (2 Coríntios 4:4); e ele falsifica o verdadeiro cristianismo (1 Coríntios 10:20-21; 2 Coríntios 11:14; 1 Timóteo 4:1 e Apocalipse 2:9).
C. Ele é muito poderoso. Seu poder é sutil (2 Coríntios 11:14); sinistro (Colossenses 1:13); sobrenatural (2 Tessalonicenses 2:9) e destrutivo (Hebreus 2:14) - e compare Atos 26:18.

3. O Segredo da Vitória

A. Nós devemos reconhecer nossa posição em Cristo. Estude o versículo 10 e observe que somos fortes apenas "no Senhor". Não há força ou habilidade para travar esta guerra à parte da força que é nossa nele. Devemos permanecer e resistir, não em nossa própria força, mas na Sua (versículos 11, 13 e 14).
B. Nós devemos aceitar nossa proteção de Cristo. Essa proteção, fornecida por Ele para nosso uso, é “a armadura completa de Deus” (versículos 11 e 13), sendo cinco peças para guerra defensiva e uma apenas para guerra ofensiva. Não há proteção para as costas porque: Lucas 9:62! Nossa parte é “colocar” essas peças - versículo 11.
a. O cinto da verdade (14). Como o cinto envolvia a cintura do soldado, a verdade deve abranger toda a nossa vida (Salmo 51:6; João 8:32; 3 João 4). Não deve haver hipocrisia, irrealidade, falta de sinceridade ou compromisso.
b. A couraça da justiça (14). Isso cobre órgãos muito vitais. Devemos permanecer firmes em Cristo, que é nossa justiça, e devemos ser justos em nossa vida (isto é, corretos).
c. Os sapatos da preparação (15). Quando tentados e provados, somos apoiados pela experiência de Filipenses 4:7 e Isaías 26:3.
d. O escudo da fé (16). Assim como um escudo pode proteger cada parte do corpo, a fé deve operar em relação a cada parte da nossa vida.
e. O capacete da salvação (17). Uma mente desprotegida é uma presa pronta para os enganos, ilusões e contaminações de Satanás.
f. A espada do Espírito (17). Compare Mateus 4:4, 7 e 10 - “Está escrito ...” - e Hebreus 4:12.
C. Nós devemos manter nossa comunhão com Cristo (versículo 18). Isso é essencial para a vitória - "com toda a oração e súplica orando em todo tempo no Espírito e, para o mesmo fim, vigiando com toda a perseverança e súplica, por todos os santos".
Conclusão: Quanto mais eficaz um crente é para o Senhor, mais ele experimentará os ataques selvagens do inimigo: o diabo não gasta sua munição em cristãos nominais.
Postagem Anterior Próxima Postagem

Gostou? Olha a Novidade Que Tenho Para Você!


Eu preparei um E-book Com 365 Esboços de Sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.


Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! CLIQUE AQUI para adquirir seu livro.