O Zelo de Deus para com seus Filhos

Texto: “Rogo igualmente aos jovens: sede submissos aos que são mais velhos; outrossim, no trato de uns com os outros, cingi-vos todos de humildade, porque Deus resiste aos soberbos, contudo, aos humildes concede a sua graça. 6 Humilhai-vos, portanto, sob a poderosa mão de Deus, para que ele, em tempo oportuno, vos exalte, 7 lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós” (1 Pedro 5.5-7).

Introdução: O nosso Pai, sempre cuidou e cuidará de seus filhos, que somos nós que um dia recebemos Jesus como nosso Senhor e Salvador. Receber a Jesus implica a verdadeira salvação.Mas o que significa salvação? Veja descrição abaixo:

1) Ato pelo qual Deus livra a pessoa de situações de perigo (Isaias 26.1), opressão (Lamentações 3.26; Malaquias 4.2), sofrimento (2Corintios 1.6), etc.

2) Ato e processo pelo qual Deus livra a pessoa da culpa e do poder do pecado e a introduz numa vida nova, cheia de bênçãos espirituais, por meio de Cristo Jesus (Lucas 19.9-10; Efésios 1.3,13).

A salvação deve ser desenvolvida pelo crente (Fp 2.12), até que seja completada no fim dos tempos (Rm 13.11; 1Pe 1.5; 2.2).

Vejamos como o Pai age a nosso favor:

1. Ele conhece todas as nossas necessidades.

“Não andeis, pois, a indagar o que haveis de comer ou beber e não vos entregueis a inquietações. 30 Porque os gentios de todo o mundo é que procuram estas coisas; mas vosso Pai sabe que necessitais delas. 31 Buscai, antes de tudo, o seu reino, e estas coisas vos serão acrescentadas. 32 Não temais, ó pequenino rebanho; porque vosso Pai se agradou em dar-vos o seu reino” (Lc 12.29-32).

Somente uma coisa o Senhor quer de nós, que o busquemos o seu Reino em primeiro lugar (Rm 14.17).

2. Ele sente todas as nossas dores.

“Disse ainda o Senhor: Certamente, vi a aflição do meu povo, que está no Egito, e ouvi o seu clamor por causa dos seus exatores. Conheço-lhe o sofrimento; 8 por isso, desci a fim de livrá-lo da mão dos egípcios e para fazê-lo subir daquela terra a uma terra boa e ampla, terra que mana leite e mel; o lugar do cananeu, do heteu, do amorreu, do ferezeu, do heveu e do jebuseu. 9 Pois o clamor dos filhos de Israel chegou até mim, e também vejo a opressão com que os egípcios os estão oprimindo”(Êxodo 3.7-9).

O Pai conhece as nossas dores, sofrimentos e aflições, pois o nosso clamor sobe até a sua presença.Ele sempre se levanta com solução a favor de seus filhos.

3. Ele está atendo a todas as nossas necessidades.

“Eu sou pobre e necessitado, porém o Senhor cuida de mim; tu és o meu amparo e o meu libertador”(Salmo 40.17).

Quando precisamos de cuidado, amparo e libertação de todo tipo de jugo, o Pai está com a sua mão estendida para nos ajudar.

4. Ele carrega todos os nossos fardos.

“lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós” (1 Pedro 5.7).

A ansiedade é um subproduto do medo que corrói a alma do ser humano, porém o Senhor diz em sua Palavra 365 vezes: “Não temas”. Lembre-se: Ele cuida de nós.

5. Ele vela pelo nosso sucesso.

“Como velei sobre eles, para arrancar, para derribar, para subverter, para destruir e para afligir, assim velarei sobre eles para edificar e para plantar, diz o Senhor”(Jr 31.28).

O Pai é quem viabiliza o labor do homem, isto é, construir e plantar, pois é Ele que confirma a obra de nossas mãos (Salmo 90.17).

6. Ele aplaina e endireita os nossos caminhos.

“Eu, na minha justiça, suscitei a Ciro e todos os seus caminhos endireitarei; ele edificará a minha cidade e libertará os meus exilados, não por preço nem por presentes, diz o Senhor dos Exércitos”(Is 45.13).

O Senhor levantou um rei que não o conhecia e o fez instrumento em suas mãos para libertar o seu povo da escravidão na Babilônia, e Ele continua libertando o seu povo de todo tipo de escravidão.

7. Ele anseia por nós.

“Pai, a minha vontade é que onde eu estou, estejam também comigo os que me deste, para que vejam a minha glória que me conferiste, porque me amaste antes da fundação do mundo”(Jo 17.24).

A oração e o desejo de Jesus, é que onde ele está, isto é, junto ao Pai, nós estejamos também com Ele. Será que conseguimos compreender tanto amor assim?

Conclusão: Podemos confiar irrestritamente no nosso Deus e Pai. Veja o que Ele diz acerca dos seus filhos em Jeremias 29.11: “Eu é que sei que pensamentos tenho a vosso respeito, diz o Senhor; pensamentos de paz e não de mal, para vos dar o fim que desejais”.

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá á  disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Nenhum comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!