Um Discipulado Genuíno

Texto Chave: João 8.31-36

Introdução: O discipulado genuíno é o caminho preparado por Jesus para todos os seus discípulos. Este processo tem resultados aqui e agora, trazendo uma vida vitoriosa, como também, nos leva a vida eterna para morar com o Pai.

Vamos entender este processo:

1- O que é - submissão obediente à Palavra de Cristo (v.31) - "Jesus dizia, pois, aos judeus que criam nele: Se vós permanecerdes na minha palavra, verdadeiramente, sereis meus discípulos".
- O verdadeiro discípulo de Jesus tem normas a serem cumpridas e estas estão contidas na Palavra de Deus.
- A Palavra de Deus tem princípios imutáveis, que regem a vida de um discípulo, como rege todo o universo.
- A Palavra foi deixada por Deus, para ser vivida integralmente e não questionada.
- O discípulo precisa tomar uma decisão: Se está escrito na Bíblia, crer sem questionamentos.

2- O resultado - conhecimento progressivo da verdade (v.32) - "e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará".
- A submissão obediente à Palavra de Cristo, traz conhecimento progressivo da verdade.
- Jesus é o caminho, a verdade e a vida (João 14.6).
- O caminhar de um discípulo precisa ser de crescimento contínuo.
- Precisamos hoje, ser melhores do que ontem e amanhã sermos melhores do que hoje.
- A medida que a verdade for sendo revelada, a libertação acontecerá. É um processo progressivo.

3- Seu benefício - libertação do jugo do pecado (v.36) - "Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente, sereis livres".
- Pecado é errar o alvo, pés tortos, escravidão, maldição, cadeias, domínio de satanás na vida de uma pessoa.
- Pecado é quebra de princípios estabelecidos na Palavra de Deus.
- A submissão obediente à Palavra de Cristo, traz conhecimento progressivo da verdade e a libertação do jugo do pecado.
- Um filho, debaixo do jugo do pecado, não é ouvido pelo Pai - "Ora, nós sabemos que Deus não ouve a pecadores; mas, se alguém é temente a Deus e faz a sua vontade, a esse ouve" (João 9.31).
"Mas as vossas iniquidades fazem divisão entre vós e o vosso Deus, e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que vos não ouça" (Isaias 59.2).
- O verdadeiro discipulado é caracterizado pelo combate contínuo ao pecado, confrontando-o - "Ainda não resististes até ao sangue, combatendo contra o pecado" (Hebreus 12.4).
- A verdadeira liberdade só é conquistada quando somos livres do pecado.

4- Direitos de filhos no lar de Deus (v.35) - "Ora, o servo não fica para sempre em casa; o Filho fica para sempre".
- O verdadeiro discipulado anula a orfandade na vida de um discípulo - "Vejam como é grande o amor do Pai por nós! O seu amor é tão grande, que somos chamados de filhos de Deus e somos, de fato, seus filhos. É por isso que o mundo não nos conhece, pois não conheceu a Deus" (1 João 3.1).
- O Salmo 23 diz que habitaremos na casa do Pai, por toda a eternidade

Conclusão: A submissão obediente à Palavra de Cristo, traz conhecimento progressivo da verdade, libertação do jugo do pecado, e direitos de filhos no lar de Deus. Após este caminho percorrido, temos uma responsabilidade dada por Jesus em João 15.16 - "Não foram vocês que me escolheram; pelo contrário, fui eu que os escolhi para que vão e dêem fruto e que esse fruto não se perca. Isso a fim de que o Pai lhes dê tudo o que pedirem em meu nome."

Roberto Pires Gonçalves e Maria de Lourdes Effgen Gonçalves

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá á  disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Nenhum comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!