Semente Boa, Terra Ruim

Texto Chave: Marcos 4:5,6,16,17 - "E outra caiu sobre pedregais, onde não havia muita terra, e nasceu logo, porque não tinha terra profunda. Mas, saindo o sol, queimou-se e, porque não tinha raiz, secou-se. E da mesma sorte os que recebem a semente sobre pedregais, que, ouvindo a palavra, logo com prazer a recebem; mas não têm raiz em si mesmos; antes, são temporãos; depois, sobrevindo tribulação ou perseguição por causa da palavra, logo se escandalizam"

Introdução: Deus está sempre investindo em nós, semeando para que sejamos pessoas abençoadas. Ele faz isso diretamente, pelo Espírito Santo, mas também através de nossas famílias, líderes e igreja, especialmente pela ministração da sua palavra em nós. O problema é que, embora as sementes de Deus sejam boas, muitas vezes não temos o coração adequado para recebê-las e preservá-las até que frutifiquem.

Jesus contou uma parábola sobre um semeador e suas sementes. Ela pode nos ajudar a entender que atitudes em nossas vidas impedem que o investimento de Deus frutifique...

1) Incapacidade de suportar tribulações: “... mas, saindo o sol, queimou-se e secou-se (vs. 6a)... sobrevindo a tribulação ou a perseguição por causa da palavra, imediatamente se escandalizaram (vs. 17b)...”

– Muitos perdem a semeadura de Deus porque não suportam tribulações. Só permanecem na presença do Senhor quando tudo está às “mil maravilhas”. Entretanto, ao decidirmos seguir a Cristo, teremos satanás como inimigo a nos resistir. O que é melhor? Enfrentá-lo e vencê-lo ou ser “amigo” dele? Quem quer servir a Deus tem que aprender a perseverar, mesmo no calor das provas.

2) Falta de profundidade: “... outra caiu onde não havia muita terra. Logo nasceu porque não tinha terra profunda. Mas saindo o sol, queimou-se... (vs. 5B e 6a)”

- O problema de muitos é a falta de profundidade com Deus. Recebem a palavra apenas ao nível das emoções, mas não se aprofundam e, devido a essa superficialidade, estão sempre vulneráveis. Se quisermos ver os frutos de Deus em nossa vida, temos que cultivar a vida cristã, cavar mais fundo através da oração, da leitura da palavra, da obediência no discipulado, da frequência à célula e as reuniões gerais da igreja.

3) Falta de aliança: “... Mas, saindo o sol, queimou-se e secou-se porque não tinha raiz (vs. 6)... Mas, não tendo raiz em si mesmos, são de pouca duração...”

– A raiz é o que fixa uma planta no solo, lhe dá estabilidade e lhe possibilita receber os nutrientes e a água que precisa. Isso fala de aliança com Deus e com a igreja (célula). Muitas pessoas não assumem compromisso, não criam raízes na casa do Senhor. Por qualquer motivo vão para o mundo ou para outra igreja porque não desenvolvem uma vida de aliança e assim, são como “fogo de palha” ou, como diz a palavra, “de pouca duração”.

4) Dureza de coração: “... outra caiu em solo pedregoso, onde não havia muita terra (vs. 5a)...”

– Outro grande empecilho para que a palavra de Deus produza benção em nossas vidas é a dureza de coração. Quanto somos inflexíveis, não nos quebrantamos, não abrimos mão dos nossos pensamentos e gostos diante da Palavra de Deus, e a semente não tem como penetrar em nossas vidas e nos mudar. Enquanto tivermos corações orgulhosos e empedernidos, não veremos a prosperidade do Senhor nos alcançando.

Conclusão: O Pai quer te abençoar, semeando em sua vida, porém, é necessário ter uma atitude de receber a semente, aprofundar sua busca ao Senhor, assumir uma aliança com Ele, sua igreja, a célula e permitir que a Palavra mude seus conceitos. Tome, hoje uma decisão ao lado de Jesus.


Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!
Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Semente Boa, Terra Ruim Reviewed by Aldenir Araujo on 2/28/2013 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!

All Rights Reserved by Esboços de sermões © 2014 - 2016
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.