Aproximados Pelo Sangue de Cristo
Texto: Efésios 2:13-22

Introdução: Em Efésios 2:1-3 e no versículo 12, recebemos a descrição terrível, mas verdadeira, de Deus da humanidade caída. À parte de Cristo, estamos: mortos em pecado (versículo 1); Iludidos pelo mundo (versículo 2); Dominado por Satanás (versículo 2); Degenerado em nossa vida (versículo 3) e condenado à punição (versículo 3).

Sem Deus, estamos totalmente perdidos, desamparados e sem esperança. O mundo não aceita essa descrição, mas Deus a declara - observe Romanos 3:10-18. Qual é a atitude de Deus em relação à humanidade caída? Certamente não temos direito a Deus e nosso estado completamente caído, desamparado e desobediente o justificaria por não ter mais nada a ver conosco. Qual é a atitude dele em relação a nós? Observe no segundo capítulo de Efésios que existem dois maravilhosos "mas" que nos revelam o incrível amor de Deus em Cristo Jesus: o primeiro deles está no versículo 4 e o segundo no verso 13. O Senhor Jesus, por Sua morte na cruz do Calvário, trouxe-nos de volta à plena comunhão com Deus. Tudo o que foi perdido pelo pecado e a Queda foi recuperado e totalmente restaurado, e nós (que cremos) fomos "trazidos para perto ..." O que exatamente isso significa? Significa pelo menos sete coisas maravilhosas.

1. Nascemos de novo e recebemos a vida eterna (Versículos 1 e 5).

Nós, que estávamos espiritualmente mortos por causa do pecado, fomos revividos pelo milagre do novo nascimento (João 3:3 e 5). No momento em que cremos em Cristo e O recebemos como nosso Salvador (João 1:12), nascemos de Deus (João 1:13). Tendo recebido o Senhor Jesus Cristo, nos tornamos possuidores da vida eterna (1 João 5:11-12) e participantes da natureza divina (2 Pedro 1:4).

2. Fomos ressuscitados para sentar nos lugares celestiais em Cristo (Versículo 6).

E o que isso significa? Isso não significa que estamos sentados com Cristo em lugares celestiais; o verso não diz isso. Estamos sentados em lugares celestiais "em Cristo Jesus"; e isso significa que, pela fé, estamos unidos a Cristo, que foi ressuscitado e exaltado nas mais altas alturas da glória. Nós, que estávamos nas profundezas mais baixas, fomos elevados às mais altas alturas em Cristo! Essa é a nossa nova posição através da graça. Agora somos “cidadãos do céu” (Filipenses 3:20).

3. Fomos salvos por Sua graça (versículos 8 a 10).

Que grande palavra é essa palavra "salvo"! Inclui todas as bênçãos que se tornam nossas pela fé em Cristo. Observe nos versículos 8 a 10 que: (1) a salvação é uma possessão atual; (2) É totalmente pela graça; (3) é um presente recebido somente pela fé; (4) É "praticar boas obras".

4. Fomos reconciliados e agora estamos em paz com Deus (Versículos 14 - 17).

Nós, inimigos, fomos reconciliados com Deus pelo derramamento de sangue de nosso Senhor Jesus Cristo. É abençoadamente verdade que através de Cristo todas as barreiras raciais e sociais foram derrubadas, mas a maior barreira de todas é a que existia entre nós e Deus, que foi completamente varrida na Pessoa e através da obra consumada do Senhor Jesus. Medite nas palavras do versículo 14: “Ele é a nossa paz” e compare Romanos 5:1.

5. Fomos levados a um novo relacionamento com Deus (Versículo 18).

Cada palavra neste versículo vale a pena ponderar. "... por ele" refere-se a nosso Senhor Jesus Cristo; "ambos ..." significa judeu e gentio; "acesso ..." significa uma entrada e uma recepção; "Um mesmo Espírito ..." refere-se ao Espírito Santo; e agora observe o importante final do versículo, "ao Pai". No momento em que somos "aproximados", conhecemos Deus não apenas como o santo e justo Deus e o poderoso Criador, mas como nosso gracioso e amoroso Pai celestial.

6. Nos tornamos membros da família de Deus (versículo 19).

A "família de Deus" é a Igreja. Como nos tornamos membros da Igreja? Através da salvação pela graça e o batismo - procure 1 Coríntios 12:13. O Senhor Jesus é o fundamento da Igreja (1 Coríntios 3:11), mas Paulo nos diz aqui que os apóstolos e os profetas do Novo Testamento são membros fundadores, pois foi através de seu ministério que a Igreja foi “unida” e começou a crescer em “um templo santo ao Senhor” (versículo 21).

7. Fomos edificados para moradas de Deus (versículo 22).

A Igreja é o templo santo de Deus, construído pelo Espírito Santo, e os crentes são pedras vivas pelas quais o templo foi construído ao longo dos anos. Em breve o templo de Deus estará completo. Então terminará o dia da graça e seremos arrebatados em sua presença para ficar para sempre com o Senhor (1 Tessalonicenses 4:15-17). Mas observe que a Igreja é "uma morada em que Deus vive pelo seu Espírito"; e isso é verdade para cada membro individualmente - veja 1 Coríntios 6:19.

Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Gostou? Olha a Novidade Que Tenho Para Você!


Eu preparei um E-book Com 365 Esboços de Sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.


Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! CLIQUE AQUI para adquirir seu livro.