Princípios Para um Casamento Bem Sucedido
Texto: Hebreus 13.4

Introdução

- “Digno de honra entre todos seja o matrimônio …” (Hebreus 13.4 a) – enfatizar!
- Deus celebrou o primeiro casamento.
- Jesus realizou o seu primeiro sinal em uma festa de casamento.
- O casamento foi estabelecido por Deus, agrada a Deus, se bem administrado traz honra a Deus
- A Bíblia nos mostra alguns princípios ensinados na Palavra de Deus, que se aplicados ao casamento farão deste um empreendimento muito bem sucedido:

I. Edificar a Casa na Rocha – Mateus 7.24-27

“Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, que não caiu, porque fora edificada sobre a rocha. E todo aquele que ouve estas minhas palavras e não as pratica será comparado a um homem insensato que edificou a sua casa sobre a areia; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, e ela desabou, sendo grande a sua ruína” (Mateus 7.24-27)
  • Vivemos em um tempo onde tudo é questionável, relativismos
  • Precisamos de absolutos, onde nos ancorar, um porto seguro
  • Cristo e Sua Palavra é o de que precisamos

II. Exercitar a Paciência e a Perseverança – Tiago 1.2-4; 5.7,8; Hebreus 12.1c

“Meus irmãos, tende por motivo de toda alegria o passardes por várias provações, sabendo que a provação da vossa fé, uma vez confirmada, produz perseverança. Ora, a perseverança deve ter ação completa, para que sejais perfeitos e íntegros, em nada deficientes” (Tiago 1.2-4).

“Sede, pois, irmãos, pacientes, até à vinda do Senhor. Eis que o lavrador aguarda com paciência o precioso fruto da terra, até receber as primeiras e as últimas chuvas. Sede vós também pacientes” (Tiago 5.7,8 a)

“ … corramos, com perseverança, a carreira que nos está proposta” (Hebreus 12.1c)
  • Ao longo da jornada vão surgir muitas situações de provação
  • Vontade de desistir
  • Será necessário paciência e perseverança!

III. Agir com Sabedoria – Tiago 1.5; Provérbios 3.13,14; 14.1

“Se, porém, algum de vós necessita de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e nada lhes impropera; e ser-lhe-á concedida” (Tiago 1.5).

“Feliz o homem que acha sabedoria, e o homem que adquire conhecimento; porque melhor é o lucro que ela dá do que o da prata, e melhor a sua renda do que o ouro mais fino” (provérbios 3.13,14).

“A mulher sábia edifica a sua casa, mas a insensata, com as próprias mãos, a derriba” (provérbios 14.1).

IV. Priorizar o Amor – 1 Coríntios 13.4-8a

“O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece, não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal; não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor jamais acaba” (1 Coríntios 13.4-8 a).

V. Praticar a Humildade – Provérbios 22.4; 1 Pedro 5.5c

“O galardão da humildade e o temor do SENHOR são riquezas, e honra, e vida” (provérbios 22.4).

“Deus resiste aos soberbos, contudo, aos humildes concede a sua graça” (1 Pedro 5.5c).
  • Alguém precisa romper o ciclo da não graça
  • Pedir perdão
  • “não se ponha o sol sobre a vossa ira” – Efésios 4.26