1/17/2014

Abraão, o cordeiro Deus proverá!

Abraão, o cordeiro Deus proverá!

Texto: Gênesis 22.3-8  

Introdução: Eu as vezes me pergunto como pode. A pessoas que querem a sua família na igreja mais não vê a sua família, querem uma casa nova e não consegue ver a casa nova, querem um carro novo e não consegue ver o carro novo, querem casar e nem sequer visualizaram o vestido, querem ser pastor e nem sequer começou fazer um seminário, querem um emprego legal, maneiro mais nem conseguiu ver o emprego.  

Deus já havia mostrado o lugar a Abraão. V.3  

Escuta: A prova que você está passando em vez de destruí-lo vai leva-lo a uma vida espiritual e a uma fé inabalável em Deus.  

1. Você precisa ver aonde você quer chegar. V.4

A chave para o seu futuro é você conseguir enxergar.

Pode esta até longe mais você já esta enxergando.

Fique tranquilo o mais importante é que você já viu.

O segredo é ver: Comece a ver o que Deus irá de dar.

Você Já viu o carro, você já viu sua família aqui salva, você já viu o seu casamento, você já viu o emprego.

Lembra de Ezequiel o que você vê?

Um vale de ossos secos – o profeta estava vendo impossibilidades o Senhor estava vendo possibilidade.

O profeta estava vendo o impossível Deus estava vendo o possível.

O profeta estava vendo nada Deus estava vendo tudo. O profeta estava vendo sua família destruída e arrasada Deus estava vendo o futuro, pode até está seco pra você, pode está tudo arruinado para você, mais para mim é um grande exército e tem um futuro promissor pela frente. Você conseguiu ver então vamos para a próxima etapa.  

2. Estabeleça limites para quem está com você. V.6

E Abraão começa a chamar a atenção de Deus.

Como assim Bispo:

Abraão tira a lenha de cima do jumento e coloca nas costas de Isaque.

Mais porque Pai pra chegar onde Deus quer que você chega você precisa carregar lenha as marcas precisam estar em sua vida em seu caráter.

Com o Senhor só recebe benção quem tem marca de lenha nas costas.

Pergunta para o seu irmão tem carregado lenha então fica tranquilo ninguém sobe com lenha e desce sem dar glória.

Quem tem marca de lenha nas costas não precisa pedir para dar glória.

Isaque carregava lenha – Você não vai carregar lenha a vida toda, você não vai ficar encurvado a vida inteira eu sei que carregar a lenha não é fácil.

Abraão carregava fogo – Abraão carregava o fogo e o cutelo e mesmo sem carregar peso eles caminhavam juntos.

Irmão tenha calma com sua esposa com seus filhos e até com o irmão da igreja ande junto mesmo que você não esteja carregando peso ande junto isso mostra que você acredita na pessoa que esta ao lado.  

Mostra pra satanás que o peso da lenha não vai conseguir de parar.

Jesus ensinava na Igreja em Lucas 13.10 -  E ali entrou uma mulher, possessa de um espírito de enfermidade, já havia dezoito anos que ela andava encurvada, não podia endireitar-se, essa mulher trazia dentro de si um demônio de enfermidade, quem nunca passou por um problema desses não pode imaginar a dor e o sofrimento dessa mulher.  

O diabo veio para matar, roubar e destruir, ele quer matar os sonhos das pessoas, roubas as bênçãos e destruir tudo o que puder.

Essa mulher sofria há dezoito anos, isso significa um longo período, imagine se essa mulher começou a enfrentar essa luta quando ela tinha dez anos, ela perdeu o melhor tempo de sua vida, sua adolescência, sua juventude, não pode estudar, nem namorar, nem viajar. Se ela tivesse vinte anos quando isso aconteceu, então ela não se casou, não pode ter filhos, não pode viver o sonho de toda mulher, não fez uma faculdade, não se divertiu.

Mas se foi depois dos quarenta, então ela poderia ter se casado, ter seus filhos, tendo um marido, como era a vida íntima dessa mulher com seu marido? Como ela podia cozinhar, lavar roupas, arrumar a cama, tomar banho, cuidar de seus filhos, pegar um ônibus, dançar, frequentar reuniões? 

Pois ela era encurvada, talvez de dando carregar lenha já pensou na vergonha do marido dela que poderia dela ajudado e não ajudou como assim Bispo a momentos no casamento que o marido é que tem que carregar a lenha.

Essa mulher tinha algo dentro dela que fazia ela ficar doente, ela era uma mulher torta, o trabalho de satanás é entortar as pessoas. Eu quero declarar para sua vida nesta noite 2014 será o Ano para você.  

Hoje eu carrego lenha mais vou subir levando fogo comigo.  

Lembre-se você não esta sozinho: A um do seu lado com o incensário na mão e o cutelo da justiça.

Todo mundo diz que é muito pesado que você não vai conseguir mais ele diz a você nesta noite filho você vai conseguir lembre-se que eu estou contigo.  

3. Onde está o cordeiro. V.7

Abraão estava dizendo Deus proverá. Sabe o que é Deus proverá ele fara aparecer.

Eu carreguei lenha e quem esta do meu lado esta levando fogo e o cordeiro não aparece.  

Deus quer para você muito mais que lenha e fogo ele quer pra você um Cordeiro. Não volte pra casa nesta noite com a lenha de 2013 faz o seguinte deixe a lenha e leve o Cordeiro.  

Eu quero um Cordeiro

Havendo lenha (oração), fogo (presença de Deus), onde está o cordeiro para o sacrifício? O cordeiro; ele nada mais é do que a providência de Deus, os cuidados de Deus para minha e sua vida, imagine agora, Abraão foi adorar o Senhor e o sacrifício era Isaque, seu único filho; ao chegar lá, será que ele não viu o cordeiro preso pelo chifres?  

Ele fará aparecer:

Abraão estava dizendo para Isaque. Isaque continue caminhando, continue remando, continue orando, continue adorando, continue marchando, continue carregando lenha… Fará aparecer seu casamento, sua família, sua casa, seu carro, seu emprego…. O Cordeiro vai aparecer  

Há momentos que não enxergamos o cordeiro passamos por ele e não conseguimos ver.  

4. Para encontrar o cordeiro não é só carregar Lenha.

Tem que passar pelo altar.

A mensagem que devemos guardar, é essa; Deus proverá para si, meu filho, ou melhor; a provisão de Deus está bem perto, erga os seus olhos espirituais e contemple as portas abertas, a cura que você necessita, a paz para o seu coração.  

Ele só de amarrou no altar para dar testemunho de você. Abraão prepara tudo e vai imolar Isaque. E o anjo manda Abraão olhar para frente, não mandou Abraão olhar para trás.  

Porque isso Bispo para mostrar para mim e para você que Deus estava em todo tempo conosco deste a subida do monte. Isaias 30.21 – Se você virar à direita ou à esquerda, teus ouvidos ouvirão uma voz atrás de você, dizendo: “Este é o caminho, andai por ele”.   

5. Vamos descer do monte.

Tem gente no pé do monte esperando você descer frustrado. Fala pro irmão o meu cordeiro apareceu e 2014 será o Ano do cuidado de Deus para minha vida.    

Conclusão: Jesus ensina um princípio em Mateus 6.25-33.

Quando você acha que não tem mais jeito, que não tem mais saída, somos surpreendidos por Deus e por Sua fidelidade. O Cordeiro sempre aparece, parece que tudo está perdido, e aí Ele aparece. Você pode está dizendo: mas Bispo eu não estou vendo nada como Isaque, creia tão somente e você será alvo da provisão de Deus.  

O Cordeiro não chega atrasado, Ele chega na hora certa!

1/15/2014

A maior coragem que o crente deve ter

A maior coragem que o crente deve ter

Introdução: Deus nos chamou para sermos corajosos, desde o Éden Ele nos vê como homens e mulheres corajosos, nos deu funções e tarefas só dadas a valentes (Genesis 1:28; 2Timoteo 1:7; Atos 4:31)

A coragem na vida cristã deve ocorrer em todas as áreas em especial quando somos tentados, com tentações de todos os tipos. O difícil é ter coragem para resistir a tentação. Muitos não conseguem e se declaram incapazes de vencê-las. Mas vamos ver Deus o que Deus nos diz sobre isso em 1Corintios 10:13 e Tiago 1:14:

1. Ter coragem de identificar nossas fraquezas espirituais

Isso é complicado porque temos uma tendência de tentar sepulta-las, no profundo de nossas almas. Se formos perguntados: “qual seu defeito?” ... Pensamos, ficamos sem graça e dizemos: “meu primeiro defeito é ser bom...” Ser bom é qualidade! Na verdade não conseguimos nos expor e dissimulamos.

2. A Bíblia esta cheia de exemplos de homens que tinham fraquezas

Êxodo 2:11, revela uma fraqueza de Moises, a ira que o acompanhou até mesmo quando conduzia o povo pelo deserto. 1Reis 19:1 Elias no verso 5 mostra sua fraqueza a depressão. Após uma grande vitória ele foge por medo. O grande profeta reduzido a um deprimido pela fraqueza.

Genesis 27:30 Jacó com sua fraqueza de ser enganador, desestabilizou toda a sua família, porque tinha um caráter com desvio. No verso 41 encontramos Esaú declarando que passou a ter ódio a Jacó, a ponto de desejar mata-lo.

Mateus 26:34 Pedro também tinha sua fraqueza que era a inconstância... Parecia uma montanha russa, ora avançando para o alto com força, ora despencando com uma velocidade absurda.

3. Que áreas de nossas vidas devem ser confrontadas?

As vezes achamos que só as grandes falhas precisam ser tratadas, estas são logo que nos tornamos crentes, estas quase sempre não nos fazem pecar. O problema são as pequenas, quase imperceptíveis, com essas, sejamos francos, não gostamos de lidar, mas precisamos! Quando Jesus disse a Pedro que o trairia, ele não reconheceu sua fraqueza disse: Não!

Terminou por negar a Jesus... Mesmo antes tendo declarado que nunca o abandonaria. O que Pedro deveria ter feito era cair aos pés do Senhor e reconhecer sua fraqueza, sua inconstância.

Quantas vezes Espírito Santo nos dá esta oportunidade! Ele mostra a verdade de quem somos, mas nós preferimos fazer de conta que não ouvimos, olhamos para o outro lado, nem parece que é com a gente! Mas a Palavra de Deus diz que a tentação “depois de haver concebido, dá à luz o pecado; e o pecado uma vez consumado gera morte.” (Tiago 1:15)

4. Identifique sua fraqueza, veja qual é.

Quando você não tem coragem para identificar suas fraquezas dificilmente conseguirá lidar com elas. Corra para Jesus. Ele é o único capaz de restaurar você e livrá-lo delas. Está noite Deus quer ter dar a coragem para identificar e vencer suas fraquezas. Ele te deu o espirito de intrepidez, de ousadia.

Seja ousado hoje e saia daqui vitorioso sobre suas fraquezas.

Um caminho novo

Um caminho novo

Texto: “Haja, contudo, entre vós e ela, uma distância de dois mil côvados; e não vos chegueis a ela, para que saibais o caminho pelo qual haveis de ir; porquanto por este caminho nunca passastes antes” (Josué 3.4).

Introdução: A Bíblia fala de várias coisas novas: nova aliança, novo nome, nova Jerusalém, novo homem, novo céu, nova terra, nova criatura, novo coração. Vivemos um tempo novo, Deus tem um vinho novo, ele está fazendo novas todas as coisas. Para que caminhemos neste novo caminho, segundo a proposta de Josué 3.1-17, algumas coisas precisam acontecer:

1. Santidade.

“Disse Josué também ao povo: Santificai-vos, porque amanhã fará o SENHOR maravilhas no meio de vós” (v.5).

Sempre que Deus vai fazer algo, ele leva o seu povo à santificação.

2. Presença de Deus.

“E falou Josué aos sacerdotes, dizendo: Levantai a arca da aliança, e passai adiante deste povo. Levantaram, pois, a arca da aliança, e foram andando adiante do povo” (v.6).

A arca era o símbolo da presença de Deus, e a ordem era no sentido de que ela fosse levada à frente do povo. Deus está à frente, não temos, portanto, o que temer.

3. Vitória sobre os inimigos.

“Disse mais Josué: Nisto conhecereis que o Deus vivo está no meio de vós; e que certamente lançará de diante de vós aos cananeus, e aos heteus, e aos heveus, e aos perizeus, e aos girgaseus, e aos amorreus, e aos jebuseus” (v.10).

Deus está limpando o caminho, o inimigo estão sendo abatido. Todos os que se levantam contra os propósitos de Deus serão por ele afastados. Veja: “Não os temais, porque o SENHOR vosso Deus é o que peleja por vós” (Deuteronômio 3.22); “Moisés, porém, disse ao povo: Não temais; estai quietos, e vede o livramento do SENHOR, que hoje vos fará; porque aos egípcios, que hoje vistes, nunca mais os tornareis a ver. O SENHOR pelejará por vós, e vós vos calareis” (Êxodo 14.13, 14).

4. Fé.

“Porque há de acontecer que, assim que as plantas dos pés dos sacerdotes, que levam a arca do SENHOR, o Senhor de toda a terra, repousem nas águas do Jordão, se separarão as águas do Jordão, e as águas, que vêm de cima, pararão amontoadas” (v.13).

Foi preciso que os sacerdotes molhassem os seus pés para que o Senhor abrisse as águas.

5. Maravilhas.

“E aconteceu que, partindo o povo das suas tendas, para passar o Jordão, levavam os sacerdotes a arca da aliança adiante do povo. E quando os que levavam a arca, chegaram ao Jordão, e os seus pés se molharam na beira das águas (porque o Jordão transbordava sobre todas as suas ribanceiras, todos os dias da ceifa), Pararam-se as águas, que vinham de cima; levantaram-se num montão, mui longe da cidade de Adão, que está ao lado de Zaretã; e as que desciam ao mar das campinas, que é o Mar Salgado, foram de todo separadas; então passou o povo em frente de Jericó. Porém os sacerdotes, que levavam a arca da aliança do SENHOR, pararam firmes, em seco, no meio do Jordão, e todo o Israel passou a seco, até que todo o povo acabou de passar o Jordão” (vs.14, 17).

Quando o povo obedeceu, o resultado foi lindíssimo: Deus separou as águas e Israel passou o Jordão.

Conclusão: Deus, nestes dias, quer que andemos por caminhos novos. Vivemos um tempo novo de Deus.

O impacto da libertação

O impacto da libertação

Texto: Salmo 126

Introdução: Este Salmo foi escrito após o exílio de Israel. O povo estava experimentando a tão sonhada libertação, depois do cativeiro na Babilônia.

1. O impacto da libertação (v. 1-3)

- Saímos da realidade ( v. 1 ). Muitas pessoas, ao se converterem, ficam tão impactadas com o Reino de Deus, que ficam como quem sonha.

- Louvor automático (v. 2) : Quando experimentamos a libertação, um sentimento forte de louvor e gratidão nos invade.

- Espanto entre os vizinhos (v. 2b ): Muita gente não entende, não acredita que, por exemplo, o vizinho rabugento, violento, possa de uma noite para o dia tornar-se uma pessoa amável e feliz.

2. Restauração da sorte.

Quando eles chegaram do cativeiro, tiveram também o impacto da terra abandonada há 70 anos, em ruínas. Por isso disseram "Restaura a nossa sorte".

Quando éramos cativos do diabo, abandonamos áreas da nossa vida e agora temos o impacto de vê-las em ruínas. Apenas quando nos convertemos é que vemos os danos que o pecado causou em nossas vidas:

- Família - Falta de relacionamento, de confiança, de diálogo, amizade...

- Trabalho - Desajustes, falta de realização, demissões com justa causa, irresponsabilidades.

- Comportamento moral - Má fama, prisões...

- Pode ser no corpo - Prostituição, vícios, doenças provenientes desses comportamentos...

3. Trabalho árduo (v. 5)

O trabalho era penoso, pois a terra estava desolada, trabalhar em nossas áreas em ruínas também é duro e muitas vezes custam lágrimas, é duro reconquistar a confiança da pessoa amada depois de tê-la traído.

4. Recompensa (v. 6).

Ainda que pareça difícil, e até loucura, a restauração de áreas de nossa vida, nós devemos trabalhar, pois a recompensa é certa.

Assim como o trabalhador semeia com lágrimas, mas com júbilo vai colher os frutos.

Conclusão: Fomos libertos para restaurar e não para vivermos em ruínas morais, psicológicas, físicas e materiais. Sua vida pode ser uma terra em ruínas, mas Jesus a restaura e o incentiva a plantar nela o bom fruto do Espírito.

Faça hoje uma aliança com Ele e receba a salvação.

Quanto é o suficiente

Quanto é o suficiente

O dinheiro domina a nossa vida. Consumimos grande parte de nosso tempo ganhando, gastando, poupando, investindo, doando e pensando em dinheiro. Uma pesquisa revelou que tensões e conflitos financeiros são fatores principais em mais de 50% de divórcios.

A Bíblia oferece excelentes conselhos sobre gestão de dinheiro. Boa parte das parábolas de Jesus aborda sobre o trato de bens materiais. Na verdade, Ele falou mais sobre dinheiro do que sobre  céu ou inferno. Isso porque a maior parte das pessoas parece mais interessada no dinheiro.

Há dois mitos muito comuns em relação ao dinheiro:

Mito nº 1: O dinheiro é maligno. O dinheiro em si não é nem bom nem mau. O que a Bíblia ensina é que: “O amor ao dinheiro é a raiz de todos os males”- I Timóteo 6.10 A Bíblia nos ensina que devemos usar coisas e amar pessoas. Inverter esse princípio gera problemas: amar coisas leva a usar pessoas. Deus nos diz que pessoas são mais importantes do que bens.

Mito nº 2: O dinheiro é chave da felicidade. Obviamente isso também não é verdade. Se dinheiro garantisse felicidade, os que mais o possuem seriam os mais felizes. Entretanto, todos os dias vemos e ouvimos reportagens que anulam essa ideia. Jesus disse que “a vida de um homem não consiste na quantidade dos seus bens”- Lucas 12.15.  Então, quanto dinheiro podemos juntar sem nos sentirmos culpados? Deus diz que podemos ter tanto quanto quisermos, contanto que observemos algumas limitações importantes ao nosso desejo de acumular:

. Que não sacrifique a saúde.  Pessoas tolas trabalham até à morte. Nossa saúde deve ter prioridade sobre a riqueza. “Não esgote suas forças tentando ficar rico; tenha bom senso!” – Provérbios  23.4

. Que não sacrifique a família. Famílias desmoronam quando os pais estão ocupados demais ganhando mais dinheiro. Crianças não precisam de mais coisas; precisam, sim, de mais tempo com seus pais. Podemos ficar tão ocupados tentando ganhar a vida, que acabamos esquecendo de ter uma! “O avarento põe sua família em apuros” – Provérbios 15.27

. Que não sacrifique pessoas. Deus insiste para que ganhemos dinheiro honesta e justamente. Ele afirma que dinheiro ganho desonestamente traz infelicidade. “A herança que se obtém com ganância no princípio, no final não será abençoada”- Provérbios 20.21 “É melhor ter pouco com retidão do que muito com injustiça” – Provérbios  16.8

. Que demos atenção ao ganho espiritual. É louvável ter metas financeiras, contanto que também se tenha metas de desenvolvimento espiritual. Precisamos de equilíbrio. O objetivo da vida vai além da aquisição de coisas.

“Oro para que você tenha boa saúde e tudo lhe corra bem, assim como vai bem a sua alma” - III João 2.

1/07/2014

Não deixe para amanhã

Não deixe para amanhã

Que ditado melhor se aplica a sua vida: “Não deixe para amanhã o que você pode fazer hoje”; “quem tem pressa come frio e quente”?

Texto: Hebreus 3:13-15

Introdução: A maioria das pessoas vive a sua vida como uma mescla dos dois ditados. Normalmente quando é algo que queremos, gostamos ou nos beneficia não gostamos de deixar para amanhã ou ter que esperar; mas quando é algo que não gostamos ou que não nos traz benefício temos a tendência de adiar o quanto pudermos mesmo que seja algo importante ou essencial.

Nossa atitude em relação a Deus devia ser diferente, mas normalmente não é. Na vida cristã tomamos com rapidez as atitudes que nos agradam ou beneficiam, mas adiamos aquilo que não é agradável, mesmo que seja uma ordem de Deus.

Esse tipo de atitude só atrasa a nossa vida. Lembre-se:

1) Dê atenção ao que Deus tem falado.
Você tem ouvido a Palavra de Deus? Então Deus tem falado com você. E o que você tem feito, tem dado atenção ao que Deus tem falado? Tem ouvido a Deus? Se não quer atrasar mais sua vida dê atenção ao que Deus tem falado.

2) Obedeça hoje, não deixe para amanhã.
Nos iludimos achando que temos muito tempo para fazer determinadas coisas. Na verdade todo tempo que temos é o hoje, o amanhã não nos pertence por mais que tentemos antecipá-lo.

Lembre-se: amanhã é um dia que nunca chega, o tempo que eu tenho para tomar uma atitude é o hoje, por isso decida hoje obedecer a Deus.

3) Quanto mais tempo passar mais difícil será obedecer.
Se adiamos fazer o que Deus tem nos pedido, o engano do pecado vai nos fazendo endurecer, e isso torna cada vez mais difícil obedecer a Deus (endurecer é resistir a Deus e a Sua Palavra).

Conclusão: Você tem adiado obedecer a Deus em algumas coisas? Tem deixado para amanhã e atrasado sua vida? Quer mudar isso? Quer hoje tomar a atitude que precisa e obedecer a Deus?

Por quem devemos orar?

Por quem devemos orar?

Texto: Lucas 18.1-8

Introdução: A oração não é um monólogo egoísta e sim um diálogo com Deus, em nome de Jesus, em prol de causas verdadeiramente importantes. Com certeza devemos orar por nós, porém não pode ser a causa principal de nossa oração. Vejamos o que diz a Palavra de Deus acerca do assunto, por quem devemos orar?

1. Pela prosperidade da igreja
“com toda oração e súplica, orando em todo tempo no Espírito e para isto vigiando com toda perseverança e súplica por todos os santos” (Efésios 6.18)
“fazendo sempre, com alegria, súplicas por todos vós, em todas as minhas orações” (Filipenses 1.4).

2. Pelas autoridades
“em favor dos reis e de todos os que se acham investidos de autoridade, para que vivamos vida tranquila e mansa, com toda piedade e respeito”  (1 Timóteo 2.2).

3. Pelos nossos familiares
“E eis que uma mulher cananéia, que viera daquelas regiões, clamava: Senhor, Filho de Davi, tem compaixão de mim! Minha filha está horrivelmente endemoninhada” (Mateus 15.22).

4. Pelos doentes
“Está alguém entre vós doente? Chame os presbíteros da igreja, e estes façam oração sobre ele, ungindo-o com óleo, em nome do Senhor” (Tiago 5.14).

5. Pelos pastores
“ajudando-nos também vós, com as vossas orações a nosso favor, para que, por muitos, sejam dadas graças a nosso respeito, pelo benefício que nos foi concedido por meio de muitos” (2 Coríntios 1.11)

“e também por mim; para que me seja dada, no abrir da minha boca, a palavra, para, com intrepidez, fazer conhecido o mistério do evangelho, 20pelo qual sou embaixador em cadeias, para que, em Cristo, eu seja ousado para falar, como me cumpre fazê-lo” (Efésios 6.19, 20).

6. Por nossos inimigos
“Ouvistes que foi dito: Amarás o teu próximo e odiarás o teu inimigo. 44 Eu, porém, vos digo: amai os vossos inimigos e orai pelos que vos perseguem; 45 para que vos torneis filhos do vosso Pai celeste, porque ele faz nascer o seu sol sobre maus e bons e vir chuvas sobre justos e injustos. 46 Porque, se amardes os que vos amam, que recompensa tendes? Não fazem os publicanos também o mesmo? 47 E, se saudardes somente os vossos irmãos, que fazeis de mais? Não fazem os gentios também o mesmo?” (Mateus 5.43-47).

7. Por todos os homens:
“Antes de tudo, pois, exorto que se use a prática de súplicas, orações, intercessões, ações de graças, em favor de todos os homens” (1 Timóteo 2.1).

Conclusão: Jesus nos instruiu a orar em todo tempo sem nunca desfalecer.

Pensando em desistir?

Pensando em desistir?

Você já desistiu de algo em sua vida?

Texto: I Samuel 30:1-6

Introdução: Muitas pessoas, ao longo da vida, desistem de várias coisas que começam; algumas são coisas sem importância, que não afetam em nada a vida dessas pessoas, outras são coisas de suma importância, e a decisão de desistir prejudica profundamente essas vidas.

O texto de I Samuel que lemos mostra Davi num dos momentos mais difíceis de sua vida. Davi nunca havia perdido uma batalha, mas enquanto estava fora com seu exército, o inimigo (os amalequitas) invadiu e saqueou a cidade onde Davi morava, levando as mulheres e filhos deles como prisioneiros. Davi enfrenta a mesma sensação de quem perdeu uma luta sem nem ter lutado. Nessa hora o medo, a tristeza e a dor poderiam dominá-lo e levá-lo a pensar em desistir, mas não é isso que Davi faz.

Muitas vezes enfrentamos lutas e passamos por sofrimentos tão grandes que nos fazem pensar em desistir. Quando isso acontecer:

1. Olhe para Deus.
A Bíblia diz que na situação que Davi se encontrava ele encontrou forças em Deus, ele se fortaleceu no Senhor seu Deus. Olhar para o problema não irá te ajudar, olhar para o grande desafio pode te desanimar, olhe para Deus.

Olhando para Deus Davi encontrou forças, você também encontrará.

2. Dê um passo de cada vez.
Muitas vezes a vitória completa demorará um bom tempo, mantenha-se firme e persevere. Desanimamos porque queremos que as coisas se resolvam rapidamente e de uma vez. A maioria das coisas não é resolvida assim, demora. Vá passo a passo obedecendo a Deus e confie. Nada é impossível para Ele.

3. Não pare de lutar.
Se você desistir, por mais que Deus possa todas as coisas, você já perdeu a luta. Se não quer perder não desista, não pare de lutar, mesmo que pareça demorada a resposta de Deus virá.

Conclusão: As lutas da vida têm te feito desanimar? Tem gerado cansaço e desgaste? Você pensou em desistir? Precisa como Davi se fortalecer no Senhor Deus? Quer olhar para Ele, perseverar e esperar confiante mente que a resposta de Deus virá?

Oração como estilo de vida

Oração como estilo de vida

Você já pensou em qual é o seu estilo (informal, conservador, esporte, clássico, etc.)?

Textos: Lucas 18:1 e Mateus 6:6-7

Introdução: Todos nós temos uma maneira de ser, uma maneira pela qual nos expressamos, um modo de vestir. Essas e outras características determinam o estilo de uma pessoa.

Em Lucas 18:1 Jesus ensina que se deve orar sempre, isso quer dizer que Jesus gostaria que a oração fosse parte integrante do nosso estilo de vida. Orar é falar com Deus, e para que essa conversa flua Deus nos dá algumas orientações. Se quisermos ver a vontade de Deus se tornando realidade em nossa vida devemos estar atentos às orientações que Deus nos dá para a oração.
São elas:

1. Não ore preocupado com que as pessoas vão pensar. Não ore para que as pessoas vejam.

Quando oramos o nosso objetivo é estar com Deus. Ore para Deus. Não faça da oração uma forma de se mostrar, mas use a oração como um meio de estar com Deus.

2. Não use vãs repetições.

Usar vãs repetições é falar por falar, falar a toa, sem que o que falamos esteja na nossa mente e coração. Não seja superficial na conversa com Deus.

3. Tenha propósitos na oração.

Tenha objetivo na conversa com Deus. Se não sabemos o que queremos que Deus nos faça, como saberemos se Ele tem nos respondido? Lembre-se: quem não sabe aonde quer chegar, nunca chega a lugar nenhum. Tenha propósitos na sua conversa com Deus.

4. Ore com fé.

Esteja certo de que Deus ouve e responde orações quando for orar.

5. Estabeleça um tempo diário para orar (estar com Deus).

Conclusão: Não podemos ser discípulos de Jesus e nem andar com Deus se não aprendermos a orar. Para aprendermos precisamos começar a praticar.

A prática nos ajudará a orarmos cada vez melhor. Precisamos tomar a decisão de ter uma vida de oração e ter atitude. Você quer isso? Quer que Deus lhe ajude a fazer da oração parte do seu estilo de vida?