Texto: I João 4:16

I – Três partes e suas ideias:

1. Esperança - V. 3-8. Os atributos divinos.

2. Promessa. - V. 19-37. Pacto davídico.

3. Tribulação. - V. 38-51. – Aflição presente. Expressão de louvor. - V. 52.

II – Os atributos divinos

Do ponto de vista geral dos seus atributos, Deus Se nos revela:

1. Benigno. – A palavra benignidade se repete seis vezes neste Salmo!

2. Forte (V. 8) - Pensamento desenvolvido e ilustrado nos vs. 9-13.

3. Justo (V. 14). – Seu trono se alicerça na justiça e Ele julga segundo a mesma.

5. Misericordioso e voraz. - V. 14.

6. Imutável. - V. 33-34.

III – Aquele que tem experiência com Deus.

1. Deus é a glória de sua força. – Contraste entre a história verídica de Sansão e o conto mitológico de Hércules. – Só de Deus vem a força e o poder.

2. Deus é sua defesa (V. 18) - Embora empregue os meios naturais.

3. Deus é seu Rei (V. 18). - Tem domínio em suas vidas e corações.

IV – Os devotos e adoradores do Rei.

1. Seu pai (V. 26). – A paternidade de Deus – bendito privilégio!

2. Seu Deus – Relação entre o crente e Deus.

3. A Rocha de sua salvação – Segurança eterna do crente.