Texto
:  :“O Senhor os ajuda e os livra; livra-os dos ímpios e os salva, porque nele buscam refúgio” (Salmo 37.40).

Introdução:

Confiança: considerar que uma expectativa sobre algo ou alguém será concretizada no futuro. É também o resultado do conhecimento sobre alguém. Quanto mais informações sobre quem necessitamos confiar, melhor para que possamos formar um conceito positivo da pessoa. Por isto a necessidade de observarmos o que Paulo escreveu em Colossenses 3.1 e 2: “Portanto, se fostes ressuscitados juntamente com Cristo, buscai as coisas lá do alto, onde Cristo vive, assentado à direita de Deus. Pensai nas coisas lá do alto, não nas que são aqui da terra”.

Vejamos as recompensas da confiança:

1. Libertação
“O Senhor os ajuda e os livra; livra-os dos ímpios e os salva, porque nele buscam refúgio”(Sl 37.40).
A verdadeira confiança em Deus traz, além da ajuda, livramento, salvação e refúgio.

2. Vence o medo e tem emoções estáveis
“Os que confiam no Senhor são como o monte Sião, que não se abala, firme para sempre. Como em redor de Jerusalém estão os montes, assim o Senhor, em derredor do seu povo, desde agora e para sempre”(Sl 125.1, 2).
A confiança em Deus traz emoções estáveis, firmeza e proteção –“Não se atemoriza de más notícias; o seu coração é firme, confiante no Senhor. O seu coração, bem firmado, não teme, até ver cumprido, nos seus adversários, o seu desejo” (Sl 112.7, 8).

3. Paz verdadeira
“Tu, Senhor, conservarás em perfeita paz aquele cujo propósito é firme; porque ele confia em ti” (Is 26.3).
Aqui vemos que a confiança em Deus traz paz para a nossa mente e vida interior de qualidade:“Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus” (Fl 4.7).

4. Uma vida frutífera
“Bendito o homem que confia no Senhor e cuja esperança é o Senhor. Porque ele é como a árvore plantada junto às águas, que estende as suas raízes para o ribeiro e não receia quando vem o calor, mas a sua folha fica verde; e, no ano de sequidão, não se perturba, nem deixa de dar fruto”(Jr 17.7, 8).
A esperança em Deus que advém de uma confiança inabalável, nos faz frutíferos em tudo.

5. Alegria verdadeira
“Exultai, ó justos, no Senhor! Aos retos fica bem louva-lo”(Sl 33.1).
Só se alegra aquele que tem confiança no futuro, e sabemos que o nosso futuro está nas mãos daquele que tudo pode que é o nosso Pai. A nossa alegria não é em decorrência de circunstâncias exteriores, porém, através de uma vida emocional estável que vem da confiança em Deus – “Alegrai-vos sempre no Senhor; outra vez digo: alegrai-vos” (Fl 4.4).

6. Recompensada
“Não abandoneis, portanto, a vossa confiança; ela tem grande galardão. Com efeito, tendes necessidade de perseverança, para que, havendo feito a vontade de Deus, alcanceis a promessa”(Hb 10.35).
A confiança em Deus traz grande galardão, isto é, grande recompensa, porém é necessário perseverança.

Conclusão:Só existem dois tipos de pessoas: as que confiam e tem qualidade de vida, e as que não cofiam e vivem em angústias.