Texto: Salmo 19  

Introdução: Deus é glorioso; Ele é o Criador; deve ser glorificado por tudo e por todas as Suas criaturas. – Deus é poderoso, e manifesta o Seu poder constantemente e por toda parte. Deus é maravilhoso e as Suas obras são maravilhas...  

I – "Os Céus Declaram a Glória de Deus".

1. A ordem no universo prova a existência de Deus.

Tudo existe, tudo se move, tudo anda, tudo marcha, obediente: os mundos, as estrelas, os astros, cada um na sua órbita, na sua esfera de ação.

Ilustração: – Dois astrônomos, um com seu relógio na mão e outro com um lápis, anotavam hora, minuto e segundo em que apareceria a estrela. – Puseram-se em observação, olhando pelo telescópio possante, e nenhum ouviu o outro, pois os dois, ao verem o astro, falaram ao mesmo tempo.

Um grande cientista declarou: "A verdadeira ciência anda humildemente com Deus."

Um outro astrônomo falou comovido: "É impossível ser astrônomo e ateu ao mesmo tempo!"

2. As estrelas pelejaram contra Sísera". - Juízes 5:20.  

II – O Que Declara o Homem?

O homem é o único que anda fora da sua órbita e é o que devia ser e mais obediente. – "Criemos o homem à nossa imagem." – Gênesis 1:26: "Pouco abaixo dos anjos." – Hebreus 2:7, 8, 9.

1. O que declara o ébrio? A supremacia do copo, do álcool, a garrafa. Ele pensa que o mundo está andando; pensa que está coroado de honras, riquezas, quando está vestido em trapos...

Apetite sem Deus.

2. Que declara o assassino? Força brutal! "De que está cheio o coração fala a boca."

3. Glória da carne: Carnaval, orgia.  

Conclusão: - Que declara a minha vida?

"Templo do Espírito Santo." - I Coríntios 3:1-6.

a) Na cidade, nos negócios.

b) Em casa, com a família.

c) Na igreja, com os irmãos.  

"Que a nossa vida seja constantemente uma proclamação da glória de Deus."