Texto: Judas 1-3

Introdução: O nome de Judas nos tempos Bíblicos sempre foi considerado como um nome muito importante e era até motivo de orgulho ter o nome de Judas. Este nome provém de Judá o nome da tribo mais importante de Israel. Mas depois da traição de Judas Iscariotes que o nome de Judas deixou de ser um nome muito usado.

O nome de Judas era muito comum, como hoje é o nome de Maria, José, Joaquim...etc. Existiam muitos Judas importantes na época:

  • Judas Iscariotes. João 6:71
  • Judas Tadeu. João 14:22
  • Judas Galileu. Atos 5:37
  • Judas de Damasco. Atos 9:11
  • Judas Barsabás. Atos 15: 22
  • Judas, o irmão de Jesus do qual recebemos conselhos muito importantes hoje.

Sua carta foi escrita entre os anos 65-80 D.C. Judas nunca começou nenhuma igreja, e nunca foi considerado como um extraordinário pregador, mas os irmãos das igrejas estabelecidas na época, tinham muito respeito e levavam em conta o que ele escrevia, não por ser irmão de Jesus, mas pela autoridade que tinha.

A carta foi escrita e dirigida a um grupo de crentes dispersos, radicados provavelmente na Síria. Estes irmãos foram vitimas de comentários denigrentes de irmãos e vitimas de irmãos que se separaram ou apostataram da fé e começaram a inventar teorias totalmente contra ao que se havia sido ensinado anteriormente pelos apóstolos.

Pois bem, vejamos quais são os conselhos do outro Judas...

I. CONSELHO A BATALHAR PELA FÉ, E PERMANECER. V.1-3.

1. A não afastar, porque outros se afastam.

2. A não deixarmos seduzir, pelos que querem nos afastar da doutrina.

3. A considerar o que Cristo fez por nós

4. Que façamos conta do que Cristo nos dá e o que o mundo nos oferece.

II. CONSELHO A MANTER O PASSO FIRME NO CRESCIMENTO. V. 20

1. Buscar tudo aquilo que representa crescimento.

2. Não descuidar da nossa vida de oração

3. Qualquer coisa que quisermos conquistar é através da oração

4. Não deixar de amar a Deus sobre todas as coisas

5. Não descrer de Cristo e sua promessa de vida eterna.

III. CONSELHO A CONTINUAR GANHANDO ALMAS. V. 22-23

1. Ganhar almas é nosso dever. II Timóteo 4:2

2. Ganhar almas é privilegio que Cristo conferiu a igreja, I Coríntios 2:1-4

3. Ganhar almas é nossa obrigação. I Coríntios 9:16

4. Ganhar almas é a principal missão da igreja. Marcos 16:15

5. Ganhar almas é um desafio

6. Ganhar almas é um trabalho urgente. I Tessalonicenses 2:9

7. Ganhar almas é o fruto natural de nossa vida cristã. João 15:16

IV. PROMESSAS AOS QUE SEGUEM ESTES CONSELHOS.

1. Cristo é poderoso para nos guardar de tropeçar

2. Cristo nos apresentará, sem mancha

3. Estaremos diante daquele que merece toda glória, majestade

CONCLUSÃO: Estes são os conselhos do outro Judas. Conselhos bons vale a pena serem observados.

Porque não aplicarmos os conselhos do outro Judas a nossa vida?

Pr. Aldenir Araújo