As Virtudes

“12 Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de ternos afetos de misericórdia, de bondade, de humildade, de mansidão, de longanimidade.

13  Suportai-vos uns aos outros, perdoai-vos mutuamente, caso alguém tenha motivo de queixa contra outrem. Assim como o Senhor vos perdoou, assim também perdoai vós;

14  acima de tudo isto, porém, esteja o amor, que é o vínculo da perfeição.

15  Seja a paz de Cristo o árbitro em vosso coração, à qual, também, fostes chamados em um só corpo; e sede agradecidos.

16  Habite, ricamente, em vós a palavra de Cristo; instruí-vos e aconselhai-vos mutuamente em toda a sabedoria, louvando a Deus, com salmos, e hinos, e cânticos espirituais, com gratidão, em vosso coração.

17 E tudo o que fizerdes, seja em palavra, seja em ação, fazei-o em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai.” Cl 12-17

Deus quer realizar belas obras através da sua vida.

Que virtudes você precisa cultivar?

I - É preciso desenvolver virtudes PESSOAIS como (v.12, 15)

a) Misericórdia (ter compaixão)

  • é a compaixão pela aflição alheia, para com os necessitados.
  • “Porque o SENHOR é bom, a sua misericórdia dura para sempre, e, de geração em geração, a sua fidelidade.” (Sl 100:5)

b) Bondade

  • é o zelo pela verdade e pela retidão, e repulsa ao mal. Não praticar a maldade representa atos de bondade. É fruto do Espírito Santo.
  • “Bondade e misericórdia certamente me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na Casa do SENHOR para todo o sempre” (Sl 23:6)
c) Humildade
  • Sentimento que leva a pessoa a reconhecer suas próprias limitações e depositar sua confiança em Deus.
  • “O galardão da humildade e o temor do SENHOR são riquezas, e honra, e vida” (Pv 22:4)
d) Mansidão
  • Modo de agir pacífico e com moderação, associado à força e à coragem.
  • “Quem entre vós é sábio e inteligente? Mostre em mansidão de sabedoria, mediante condigno proceder, as suas obras.”  (Tg 3:13)
e) Longanimidade
  • é o mesmo que perseverança, paciência, ser tardio em irar-se.
  • “Rogo-vos, pois, eu, o prisioneiro no Senhor, que andeis de modo digno da vocação a que fostes chamados, com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor.” (Ef 4:1-2)
f) Paz
  • é a quietude de coração e mente, baseada na convicção de que tudo vai bem entre o crente e o Pai celestial
  • “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize”  (Jo 14:27)
g) Amor
  • deve ser entendido como o interesse e a busca do bem maior de outra pessoa sem nada querer em troca.
  • “O amor não pratica o mal contra o próximo; de sorte que o cumprimento da lei é o amor.” (Rm 13:10)

II - É preciso desenvolver as seguintes virtudes INTERPESSOAIS : (v.13, 14, 16)

a) Suportar (uns aos outros)

  • significa a tolerância mútua que é fruto da presença interior do Espírito Santo.
  • “Ora, nós que somos fortes devemos suportar as debilidades dos fracos e não agradar-nos a nós mesmos.” (Rm 15:1)

b) Perdoar (mutuamente)

  • o Senhor Jesus nos ensinou que o perdão mútuo é uma exigência para o perdão divino para nossas ofensas.
  • “sede uns para com os outros benignos, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus, em Cristo, vos perdoou.” (Ef 4:32)
c) Instruir
  • ensinar a Palavra de Deus pois o ensino tem efeito edificador.
  • “Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça” (2Tm 3:16)
d) Aconselhar
  • significa recomendar ou advertir sobre a conveniência de alguma coisa.
  • “Onde não há conselho fracassam os projetos, mas com os muitos conselheiros há bom êxito” (Pv 15:22).

III - É preciso desenvolver as seguintes virtudes ESPIRITUAIS : (v.15-17)

a) Guardar a Palavra de Cristo

  • “Guardo no coração as tuas palavras, para não pecar contra ti.” (Sl 119:11)
b) Ser agradecido
  • “Sou grato para com aquele que me fortaleceu, Cristo Jesus, nosso Senhor” (1 Tm 1:12)
c) Louvar o Santo Nome de Deus (Salmos, hinos e cânticos espirituais)
  • “Louvar-te-ei, SENHOR, de todo o meu coração; contarei todas as tuas maravilhas” (Sl 9:1)
d) Fazer tudo em nome do Nosso Senhor Jesus
  • “Porque todos os povos andam, cada um em nome do seu deus; mas, quanto a nós, andaremos em o nome do SENHOR, nosso Deus, para todo o sempre.” (Mq 4:5)

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá á  disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Nenhum comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!