O fim dos tempos

Texto: Mateus 24:1-14; Daniel 9: 20-27; 12: 7


Introdução: O profeta Daniel e posteriormente Jesus, descreveram os sinais dos últimos dias da história humana. Jesus descreveu estes dias como princípio das dores de parto (Mt. 24:8). Reflitamos nestas palavras, para cuidarmos de estar fiéis até a morte.


1) – Tempos de falsos cristos, falsos profetas, impostores e enganadores (4, 5, 11).
Religiões que pregam heresias tem surgido em todos os lugares, pessoas que se dizem ser o Cristo, inclusive aqui no Brasil, pessoas que profetizam visando unicamente usufruir benefícios pessoais, que enganam, dividem as igrejas causam tristezas e angústias (Mt. 7:15-23; II Jo. 7-11; Jd. 14-25).


2) – Tempos de guerras e rumores de guerras (6,7).
Durante os cem anos do século vinte o mundo teve somente três dias sem nenhum conflito armado. Vivemos a ameaça de guerra entre EUA e Iraque, entre árabes e Israel por causa da Palestina, guerras tribais na África e Afeganistão, Índia e Paquistão por causa da Caxemira, Guerrilha na Colômbia, conflito religioso na Irlanda entre católicos e protestantes.


3) – Tempos de pestes – ebola, aids, dengue, cólera, malária, gripes e outras. Lc. 21:11 - “E haverá em vários lugares, grandes terremotos, e fomes, e pestilências; haverá também coisas espantosas e grandes sinais no céu”.


4) – Tempos de fome (7).
Gasta-se mais com cães e gatos do que com pessoas necessitadas. As periferias das cidades são a imagem da miséria humana. O nordeste brasileiro é constantemente assolado pela fome. Na África uma grande parte da população está subnutrida.


5) – Tempos de terremotos em vários lugares (7).
Durante o século vinte aconteceram mais terremotos do que em todos os séculos anteriores.


6) – Tempos de torturas, tribulações e martírios, onde muitos abandonarão ao Senhor Jesus.
O evangelho tem sido perseguido através de leis injustas como a lei do silêncio em Vitória. Nos países muçulmanos os cristãos são perseguidos e mortos. As muitas tribulações, as lutas pela sobrevivência têm levado os mais fracos a abandonarem o evangelho da salvação.


7) – Tempos de escândalos, traições e ódios (10).
Escândalos de corrupção nos governos, igrejas, empresas. Nas famílias vemos traições, divisões, ódios, porfias. Contendas entre os povos, disputas comerciais, por terras, por princípios religiosos. Ódio e disputas entre tráfico de drogas nas favelas e nos presídios.


8) - Tempos de escárnio e iniquidade e forte desamor, consequentemente, o amor a Deus diminui e aumenta a violência e a criminalidade (12).
O quadro de violência descrita nos jornais é tão grande que já não traz impacto aos leitores. Falta amor na família, na igreja e entre os povos.


9) – Tempo de pregar o evangelho do Reino por todo mundo (14).
Temos a responsabilidade de pregar o evangelho da Salvação no Brasil e em todo o mundo (Mt. 28:19-20).


Conclusão: O quadro descrito acima, através de uma Palavra Profética proferida por Jesus a quase dois mil anos atrás, retrata a época que estamos vivendo. Creio que fazemos parte da última geração antes do arrebatamento da igreja. É tempo de vigilância e perseverança. O Reino de Deus é tomado através do esforço. É necessário empenho, perseverança, não olhar para trás como a mulher de Ló e confiar inteiramente na Palavra de Deus para que tenhamos força e direcionamento para perseverarmos até o fim (Mt. 24:13).

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá á  disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Nenhum comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!