Não andeis ansiosos

Texto: Mateus. 6: 19-34


Introdução: Um dos grandes males dos nossos dias é a ansiedade, especialmente no que diz respeito ao nosso sustento e às nossas necessidades. Jesus chama para segui-lo um grupo de homens, os quais estavam sujeitos às mesmas ansiedades materiais características de toda a espécie humana.

 

Por exemplo: Pedro trabalhava numa indústria pesqueira; Simão o Zelote, era um radical de extrema esquerda; Mateus era um fiscal de renda; Zaqueu era um alto funcionário da fiscalização de impostos da Prefeitura de Jericó; André era pescador e foi relações públicas do colegiado Apostólico; Lucas foi um médico que socializou a sua profissão.
Todos esses homens corriam o risco de cair na ansiedade pelos bens deste mundo.

RAZÕES PARA NÃO CAIRMOS NA ANSIEDADE:


O texto mostra oito razões para dizermos não a ansiedade:


1ª) Porque os bens deste mundo podem ser roubados ou deteriorados (v.19-21).
2ª) Porque os bens deste mundo podem poluir a vida com a cobiça (v.22-23). Os olhos são a lâmpada do corpo (vide Pv. 23:4-5).
3ª) Porque os bens deste mundo exigem do homem uma dedicação de servo, e o homem é colocado entre duas opções (v.24). A ansiedade é um sentimento dos escravos dos bens materiais.
4ª) Porque uma das estratégias do inimigo é fazer o homem lutar por coisas que não relação com aquilo que é a sua necessidade básica (v.25 e Pv. 30: 8). O Espírito em comunhão com Deus é quem determina a plenitude da vida, não o nosso organismo. Assim como não é uma roupa bem apresentada que prova o estado de saúde do corpo. Tem muitas pessoas gravemente enfermas e esconde através de uma aparência produzida.
5ª) A ansiedade impede o homem de possuir as coisas, quando elas lhe são dadas. Porque ele não acredita na promessa dAquele que sempre supre as nossas necessidades.
Busca conseguir por seus próprios meios e fica ansioso.
6ª) A ansiedade vem quando não crê no senso dos valores de Deus (v.26).
Creia que você tem valor para Deus, confiando em que Ele sabe o que é melhor para você.
7ª) A ansiedade não prolonga a vida, ela não pode aumentar os anos da existência humana (v.27).
8ª) A ansiedade não produz fé, porque ela não descansa na provisão diária de Deus (v.30; Sl. 37:25).


Conclusão: Deus sabe e conhece quais são as necessidades humanas, dando-nos o que precisamos e não o que queremos. (v.31-32).
Hoje não é o dia de nos preocuparmos com o amanhã (v.34). Se você pode solucionar ou impedir um problema que vai estourar amanhã, ou no próximo mês, faça algo no sentido de resolvê-lo.

Aprendendo o segredo do sustento:

- Trabalhando pela expansão do Reino de Deus.
- Colocando Deus como prioridade
- Vivendo a verdade do Reino de Deus (Pv. 12: 17).

Não fique ansioso! Deus cumpre o que promete.

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá á  disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Nenhum comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!