Introdução: Testemunho é a marca distinta que cada Cristão mostra ao mundo, através de atos que apontem para Jesus Cristo como Senhor da vida, assim como Jesus fez como o Pai.
● Testemunho – é o compromisso diante de Deus em expressar o que Ele fez, o que Deus quer e o que Ele é;
● É mostrar a obra de Deus na nossa vida;
● É viver de tal forma a mostrar a pessoa de Cristo no nosso viver diário.

I – O viver de Jesus envolvia ética e caráter.

1. Era cheio da Palavra de Deus e a cumpria;
Era um profundo conhecedor não só das Escrituras, como também da história do povo de Israel (Lc.24:27).
2. Era cheio do poder do Espírito Santo (Lc.4:18-19; Is.61:1-3).
Temos a oportunidade de sentir o transbordar do Espírito Santo sobre as nossas vidas, capacitando-nos para enfrentar as situações mais adversas da vida.
3. Exerceu o Seu ministério com as multidões (Lc.7:11-12).
Em células, reuniões familiares (Jo.12:1-11).
Individualmente (Jo.4:1-30).
Ninguém pode dar mau testemunho da sua vida (Jo. 8: 46).

II – Essa deve ser a forma pela qual devemos viver.

1. A pregação aponta verbalmente para Cristo (II Cor.4:5).

2. O testemunho aponta silenciosamente para Cristo (Jo.10:25).
Mostramos ao mundo, através dos atos que praticamos nosso amor ao Senhor Jesus, não necessitando verbalizar.
Os nossos atos falam mais alto que nossas palavras.
Quando testemunhamos de Cristo a um mundo que jaz no pecado, estamos sendo uma extensão de Cristo no mundo (At.1:8).


Conclusão: Qual a nossa conduta diante da sociedade em que vivemos?
Se vivermos a plenitude de suas obras e caráter, com certeza o nosso testemunho fará diferença e outras pessoas conhecerão a Jesus como Senhor!
Cristo quer que tenhamos um viver correto e comprometido com Sua pessoa e Sua palavra.
É necessário que nós, enquanto igreja, tenhamos consciência do que seja uma igreja que testemunha o senhorio de Cristo (Rm.14: 9).