Texto: Colossenses 3:10-17


Introdução: Quando temos o Senhor Jesus como o centro da nossa vida, coisas grandes acontecem em termos de qualidade de vida através da realização pessoal.

O versículo dez diz: “E vos vestistes do novo, que se renova para o conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou”.

Para que venhamos a usufruir as benesses, em Cristo, listadas abaixo, precisamos nos vestir do novo, renovar a nossa mente, tomar decisões, sermos guiados pela bendita Palavra de Deus (Rm. 12:2).


Vejamos as observações de Paulo:


1 – As divisões desaparecem – v.11
Não importam as diferenças, se Cristo for o centro da nossa vida através do amor, seremos vencedores.


2 – As mais apreciadas qualidades aparecem – v.12
Eleitos de Deus, Santos, amados, ternos afetos de misericórdia, bondade, humildade, mansidão e longanimidade.


3 – A compreensão e o perdão tem êxito – v.13
Suportai-vos, perdoai-vos mutuamente, assim como o Senhor vos perdoou assim também perdoai vós.


4 – O amor une a todos – v.14
Acima de tudo isto esteja o amor que é o vínculo da perfeição.


5 – A paz e a gratidão dominam o coração – v.15
A paz como arbitro no nosso coração
Fomos chamados em um só corpo
Sede agradecidos


6 – A vida se torna exemplar aos outros – v.16
Habite ricamente em vos a palavra de Cristo
Instrui-vos e aconselhai mutuamente em toda sabedoria
Louvando a Deus com salmos, hinos e cânticos espirituais
Com gratidão em vosso coração.


7 – Deus é plenamente glorificado – v.17
Tudo o que fizerdes seja em palavra, seja em ação, fazei-o em nome do Senhor Jesus
Dando por Ele Graças a Deus Pai.


Conclusão: Vemos a imagem de uma pessoa, que pode ser você, com plena qualidade de vida, com certeza da salvação, bons relacionamentos e alegria no coração.
Para que este projeto do Pai Celestial se cumpra na sua vida, basta apenas que entregue a sua vida a Jesus e confie nas suas promessas.

 

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .