Texto: Marcos 6:30-44


Introdução: Cristo quer orientar todas as áreas de sua vida e supri-las com a vida abundante.
Em análise ao texto da multiplicação dos pães e peixes, percebemos o cuidado de Deus pelos seus filhos.


Vejamos:


1 – Necessidade emocional – (v.30,31)
- O ser humano precisa de descanso, de olhar por si mesmo.
- Necessita de alguém que se preocupe com o seu bem estar.
2 – Necessidade existencial (v.34).
- O ser humano precisa de direção para a sua vida.
- Precisa de Alguém para dar sentido a sua existência.
3 – Necessita de afirmação (v.34 a).
- Jesus não olhou a multidão como um grupo, mas individualmente.
4 – Necessidade material (vs.35-38).
- Jesus não negou a necessidade material.
- Por mais felizes que estivessem por estar ali, eles precisavam de comida.
5 – Necessidade de agrupamento (v.40).
- O ser humano não dever ser solitário.
- Precisa ser integrado socialmente (Sl. 68:6).
6 – Necessidade de justiça social (v.41).
- O repartir é o ponto básico da multiplicação dos recursos.
- É a estratégia social mais eficiente (Lc. 6:38, Pv. 11:24-25; I Jo. 3:17; Pv. 19:17 e 28:27).
7 – Necessidade de satisfação (v.42).
- Jesus está interessado em nossa satisfação.
- Tem para nós uma vida abundante e completa (Jo. 10:10 b).


Conclusão: através da Palavra de Deus sabemos que Cristo está interessado em todas as dimensões da nossa vida.
Precisamos cuidar de todas estas dimensões da nossa vida.
Precisamos considerar todas estas dimensões na vida dos outros.