Texto: Números 12:1-8


Introdução: Esse tipo de murmuração é imensamente grave, pois tem como raiz um coração rebelde, resistência à autoridade e insubmissão. E sabemos que a rebelião é como pecado de feitiçaria, conforme I Samuel 15:23 e ainda no Salmo 68:6, vemos que os rebeldes habitam em terra seca.

O livro de Números 12:1-8 nos mostra a história de Miriã e Arão e dela podemos tirar lições valiosas:

 

1 – Nossas diferenças pessoais ou de opiniões não nos dão o direito de questionar a autoridade dada por Deus. Não podemos abrir a nossa boca para murmurar.

2 – Deus ouve quando murmuramos contra as autoridades – v.2

3 – Deus sai em defesa da autoridade criticada – v.4

4 – Tenhamos temor de falar ou fazer algo contra as autoridades – v.8; Sl.115:5; I Sm.24:6,10-11.

5 – A murmuração acarreta juízo de Deus sobre o murmurador – v.10.


Conclusão: Após termos estudado este assunto tão importante para a nossa vida espiritual e, o grande mal que a murmuração causa, podemos agora abrir nossa boca para glória do nome do Senhor Jesus e que na Sua vinda o Senhor nos ache “falando entre nós com salmos e hinos espirituais; cantando e louvando ao Senhor em nossos corações’ – Ef.5:19”.