Uma batida na porta: Como Deus usa a adversidade para chamar nossa atenção

Em Apocalipse, Jesus dirigiu-se à complacente igreja em Laodicéia, dizendo: "Eis que estou à porta e bato: se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele e ele comigo" (3:20). Às vezes, a sua batida é uma batida de luz em nosso espírito. Mas outras vezes, quando estamos desatentos, Ele pode usar o punho da adversidade para voltar nosso foco para ele.

Isso é exatamente o que aconteceu com Saulo de Tarso, enquanto viajava para Damasco, onde pretendia fazer uma grande perseguição aos cristãos daquela cidade. A Escritura nos diz que Saulo "respirava ameaças e morte contra os discípulos do Senhor" (Atos 9:1). Parecia que a sua missão cruel quase o consumia.

Mas Deus chamou a atenção de Saulo, de forma que ele nunca esperava. O Senhor o fez cair no chão com uma luz ardente e lhe disse para esperar na cidade para obter instruções. Ao abrir os olhos, Saulo viu-se cego e teve que pedir a outros para guiá-lo pela mão a cidade.

O "perseguidor da igreja" (Filipense 3:6) definitivamente recebeu uma chamada de atenção do Senhor naquele dia. Em um momento impressionante, Deus ganhou a atenção de Saulo, golpeando-o com a adversidade de cegueira e humilhando-o na frente de seus companheiros de viagem.

Saulo se sentia mais do que pronto para ouvir quando o Senhor perguntou: "Por que me persegues?" (Atos 9:4). Até aquele momento, ele não tinha ideia de que ele estava desonrando a Deus. Na verdade, ele pensou que estava servindo ao Senhor, livrando o mundo dos cristãos. Um período de adversidade intenso resultou em uma reviravolta completa - em questão de dias, ele estava proclamando Jesus nas sinagogas (v. 20).

O Senhor chamou a atenção de Saulo na estrada de Damasco. Ele usou cegueira temporária e a humilhação para transformar Saulo, o fariseu zeloso, em Paulo, o poderoso apóstolo e missionário que iria espalhar o evangelho e plantar igrejas em todo o mundo romano.

Deus sabia exatamente o que estava fazendo quando Ele salvou Paulo. E Ele sabe o que está fazendo em sua vida através da aflição que você está enfrentando. Nunca demore em responder ao seu chamado. Quando Ele permite dificuldades em sua vida, busque-o, dê-lhe toda a sua atenção, responda aos seus comandos de forma rápida e humildemente, e ouça o que Ele tem a dizer para você.

Como Paulo escreveu mais tarde: "Porque a tristeza segundo Deus produz arrependimento para a salvação, que a ninguém traz pesar; mas a tristeza do mundo produz morte" (2 Coríntios. 7:10). Deus permite a adversidade em nossa vida para voltar a nossa atenção para ele. E enquanto isso pode ser doloroso de suportar, ele nos leva a um relacionamento mais profundo com Ele e nos salva da destruição futura.

Se você ouvir o Senhor "batendo" com a adversidade em sua vida, responda rapidamente ao abrir a porta para ele. Aqui estão alguns passos a tomar:

Admita o pecado. Arrependa-se de seu delito a Deus. Lembre-se que a nossa sociedade é rápida para aceitar alguns comportamentos pecaminosos como normal, mas a Bíblia apresenta uma imagem clara do que é a iniquidade e o que não é. Se você tem alguma dúvida sobre se você violou as instruções de Deus, consultar a Palavra e Ele vai te mostrar. Quando você confessar a Deus que você pecou, ​​não tente justificar o que fez. Basta declarar sua transgressão. Em seguida, peça a Ele para perdoá-lo.

Fazer as pazes. É certo que devemos ter certeza de não tentar substituir as obras de arrependimento genuíno, um coração que foi realmente transformado por Cristo vai querer viver segundo a Sua vontade. Crie o hábito de ler as Escrituras e aplicá-la à sua vida. Você precisa buscar conselhos divinos ou ajuda profissional se certos pecados tem uma fortaleza em sua vida. Peça a Deus sabedoria e vontade de seguir os Seus mandamentos.

Aceite o perdão. Se você se arrependeu de seus pecados, você pode ter certeza de que o Senhor vos perdoou. Essa é uma promessa divina (1 João 1:9) - e Deus sempre cumpre a Sua Palavra.

Podemos evitar um monte de dor e sofrimento, mantendo o nosso foco no Senhor. Desta forma, Deus não tem que recorrer a extremos. Ele não gosta de levar-nos ao ponto de desespero, a fim de chamar nossa atenção, mas Ele vai fazer o que é necessário para transformar nossos corações a ele. No entanto, se o buscamos diariamente através da oração e das Escrituras, estaremos mais propensos a ouvir a Sua batida leve - e pronto para abrir a porta quando Ele chamar.

Pr. Aldenir Araújo


Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!
Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Uma batida na porta: Como Deus usa a adversidade para chamar nossa atenção Reviewed by Aldenir Araujo on 11/17/2013 Rating: 5

Um comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!

All Rights Reserved by Esboços de sermões © 2014 - 2016
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.