Busque uma relação verdadeira com Deus

Texto: Hebreus 12:1

Introdução:

- Diz-se muitas vezes que a vida é uma maratona. Contudo, penso que ela seja um desafio muito maior que isto. Quando se alinham na pista para correr uma maratona, os atletas sabem que a linha de chegada esta posicionada a exatos quarenta e dois quilômetros e cento e cinquenta metros á frente. Para os melhores corredores, alinha de chegada aparece pouco depois de duas horas. Eles sabem antes de iniciar a corrida, o tempo aproximado que levarão para concluí-la. Embora, corram grande parte da corrida nas ruas, eles muitas vezes concluem o percurso em um estádio repleto de fãs entusiasmados.
- Dependendo da sua idade você poderá estar no fim, metade ou início da corrida, pelo menos em tese. Quando imagino que estamos rodeados por uma nuvem de tão grande testemunha e que devemos correr com perseverança a carreira que nos está proposta, imagino correr num estádio cheio de gigantes da fé.
- Num esquema diferente das olimpíadas, não estamos entrando no estádio para concluir a corrida. Estamos correndo metade dela para receber incentivo das pessoas de fé que estão me observando. Enquanto corremos podemos receber forte apoio da multidão. Ela nos inspirará a correr mais rápido e com mais confiança – não somente no estádio, mas também nas ruas. E isso servirá para fortalecer-nos e fazer com que continuemos a correr a corrida até que o nosso criador nos diga que a concluímos.
- Gostaria de pedir para vocês nestas próximas semanas se juntarem a nós para receber o conselho que estas pessoas nos oferecem por meio da Palavra revelada de Deus.

O que estas pessoas de fé têm a dizer:

• Encoraja e fortalece
• Representa a essência da vida deles
• Aplica-se a sua vida
• Irá tirá-lo da zona de conforto
- Vamos pensar novamente na cena da corrida! Imagine se um notável homem chamado Abel estivesse ao seu lado numa corrida, na corrida da vida, sabendo que um dia terminaria, mas não sabendo quando, ele nos encorajaria assim:“Continue correndo, força, força, vamos lá! Mas para que chegue bem no final da prova você precisa ter um relacionamento sincero, genuíno e simples com Deus!”.

Vamos ver o relato da história de Abel:

“Adão teve relações com Eva, sua mulher, e ela engravidou e deu à luz Caim. Disse ela: "Com o auxílio do SENHOR tive um filho homem".

- Voltou a dar à luz, desta vez a Abel, irmão dele. Abel tornou-se pastor de ovelhas, e Caim, agricultor. Passado algum tempo, Caim trouxe do fruto da terra uma oferta ao SENHOR. Abel, por sua vez, trouxe as partes gordas das primeiras crias do seu rebanho. O SENHOR aceitou com agrado Abel e sua oferta, mas não aceitou Caim e sua oferta. Por isso Caim se enfureceu e o seu rosto se transtornou. O SENHOR disse a Caim: “Por que você está furioso? Por que se transtornou o seu rosto? Se você fizer o bem, não será aceito? Mas se não o fizer, saiba que o pecado o ameaça à porta; ele deseja conquistá-lo, mas você deve dominá-lo”. Disse, porém, Caim a seu irmão Abel: “Vamos para o campo”. Quando estavam lá, Caim atacou seu irmão Abel e o matou” Gênesis 4. 1-9
- Temos que observar o aspecto negativo nesta narrativa: O quanto o pecado já estava presente na vida do homem.

Na administração do conflito entre os irmãos Deus admitia isto:

“...O SENHOR disse a Caim: “Por que você está furioso? Por que se transtornou o seu rosto? Se você fizer o bem, não será aceito? Mas se não o fizer, saiba que o pecado o ameaça à porta; ele deseja conquistá-lo, mas você deve dominá-lo”. (v.6,7).
- Como se deu isto? Após a queda o pecado foi algo tão avassalador na raça humana que no relato de (Gênesis 6) vemos Deus se arrependendo de ter feito o homem. E o interessante que Deus já enxergava a degradação humana como algo que o “tomava de dentro para fora”.
- O SENHOR viu que a perversidade do homem tinha aumentado na terra e que toda a inclinação dos pensamentos do seu coração eram sempre e somente para o mal. Gênesis 6.5 – grifo meu
- Porém a passagem bíblica não para neste ponto. Na história, de Gênesis 4. 1-16, vemos um homem chamado Abel, mesmo vivendo num contexto já influenciado pelo pecado, ofereceu um culto que agradou a Deus. Ele prestou uma adoração aceitável a Deus! Você consegue enxergar a dimensão disto em sua vida? Deus deseja que sua vida O glorifique, que você passe seus dias aqui na Terra com um estilo de vida que O satisfaça:
“...Respondeu Jesus: " 'Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento...”Mateus 22.37
- Isto vai muito além de guardar mandamentos décor, de ser membro ou freqüentador assíduo, de assumir certos padrões de comportamentos aceitáveis. Isto tudo é importante desde que seja conseqüência.

Foi este o grande embate de Jesus com os religiosos da época:

“Então o Senhor lhe disse: “Vocês, fariseus, limpam o exterior do copo e do prato, mas interiormente estão cheios de ganância e de maldade. Insensatos! Quem fez o exterior não fez também o interior? [...] “...Ai de vocês, porque são como túmulos que não são vistos, por sobre os quais os homens andam sem o saber!” Um dos peritos na lei lhe respondeu: “Mestre, quando dizes essas coisas, insultas também a nós”. “Quanto a vocês, peritos na lei”, disse Jesus, “ai de vocês também!, porque sobrecarregam os homens com fardos que dificilmente eles podem carregar, e vocês mesmos não levantam nem um dedo para ajudá-los”.Lucas 11. 39,40,44-46
- Quantos aqui nesta noite têm sua relação com Deus na base dos comportamentos? Tripp em seu livro: “Pastoreando o coração das crianças” diz algo a respeito disto:
“O foco central da criação de filhos é o evangelho. Você precisa direcionar não apenas o comportamento dos seus filhos, mas as atitudes de seus corações. Precisa mostrar não apenas o que de suas ações, mas também o porque de seus pecados e fracassos. Seus filhos necessitam desesperadamente entender não apenas o que fizeram exteriormente errado, mas também o porque o fizeram, que é o aspecto interior. É necessário ajuda-los a perceberem que a Palavra de Deus trabalha de dentro para fora. Portanto na criação de seus filhos, o objetivo não pode ver criança bem comportadas. Seus filhos devem também compreender por que pecam e como experimentar uma mudança interior”.

Já Wells em: “Perdidos no deserto” quando o assunto é relacionamento com Deus ele destaca que todas as pessoas estão divididas em 4 tipos:

Primeiro: Não crente: “Eu, não Cristo!”.

- Neste grupo incluem ateus e espiritualistas que não entendem a centralidade da pessoa de Jesus na relação com o transcendente: Deus!

Segundo: Crente limitado: “Eu e Cristo!”.

- Muitos cristãos sinceros estão equivocados por terem em Jesus um seguro contra o fogo, para mantê-los fora do Inferno, mas gerenciam toda a vida!

Terceiro: Crente Interesseiro: “Cristo e Eu!”.

- Esses são os “descristãos”. Estes são os cristãos mais infelizes! Querem que Cristo seja o Senhor de suas vidas e, mesmo assim quando Ele não age de acordo com os planos deles, na hora deles, aí vêm os ídolos.
O que é um ídolo?

- É qualquer coisa, que além de Cristo, a que se busca, quando sob pressão.

- Um ídolo pode ser: depressão, ansiedade, comida, sexualidade, pessimismo, roer unhas, dinheiro, beleza etc.
Quarto: Crente Verdadeiro: “Cristo, não eu!”

- Tendo aprendido segredo de dependência e confiança em Cristo, eles entram na paz de Deus e entregam todas as suas ansiedades a Ele.
Com qual grupo você se identifica?

Com aqueles que não tem relacionamento com Deus, Com aqueles que acreditam que a obra de expiação de Cristo se resume num seu esforço de tirar o homem do inferno?

Com aqueles que tentam manipular a Deus?

Ou com aqueles que se negam a si mesmos para que a vida de Cristo se manifeste em suas vidas?

Como você tem se relacionado com Deus?

- Abel demonstrou com sua vida como deve ser um relacionamento com Deus. As bases deste verdadeiro relacionamento são demonstradas por ele assim...

1. Tenha uma perspectiva correta de Deus

- Passado algum tempo, Caim trouxe do fruto da terra uma oferta ao SENHOR. Abel, por sua vez, trouxe as partes gordas das primeiras crias do seu rebanho.
- Para ter êxito na corrida da vida é fundamental que você conheça a Deus! Quem ele é? O Salmo 139 faz uma síntese da sua Pessoa:
- Ele é onisciente: “Ele é onisciente: “SENHOR, tu me sondas e me conheces. Sabes quando me sento e quando me levanto; de longe percebes os meus pensamentos”. Salmo 139. 1,2
- Ele é onipresente: “Se eu subir com as asas da alvorada e morar na extremidade do mar, mesmo ali a tua mão direita me guiará e me susterá. Mesmo que eu diga que as trevas me encobrirão, e que a luz se tornará noite ao meu redor, verei que nem as trevas são escuras para ti. A noite brilhará como o dia, pois para ti as trevas são luz.” Salmo 139. 9-12
- Ele é onipotente: “Tu criaste o íntimo do meu ser e me teceste no ventre de minha mãe. 14 Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Tuas obras são maravilhosas! Digo isso com convicção”.Salmo 139. 13,14
- Esteja aberta para conhecer a Deus pela Bíblia (Jesus), coisas criadas, circunstância, porque desta forma sua intimidade com Ele crescerá. O resultado disto será uma vida de adoração agradável a Deus!

2. Faça da maneira correta

“Não sejamos como Caim, que pertencia ao Maligno e matou seu irmão. E por que o matou? Porque suas obras eram más e as de seu irmão eram justas.” I João 3.12
- É impossível nesta vida, em especial nesta cidade, deixarmos de fazer (Ex. Vanguarda: O futuro da região do Vale do Paraíba e Região Bragantina). Mas, sobretudo todo o fazer (corrida) na sua vida deve ser gerido por Deus.
“Tomem sobre vocês o meu jugo e aprendam de mim, pois sou manso e humilde de coração, e vocês encontrarão descanso para as suas almas”. Mateus 11.29 – grifo meu (Dar um destaque no carro de boi, boi novo/inexperiente e boi velho /experiente).
- Fazendo nesta perspectiva você fará muito mais com menos esforço, o Espírito Santo o capacitará a isto!
“Até os jovens se cansam e ficam exaustos, e os moços tropeçam e caem; mas aqueles que esperam no SENHOR renovam as suas forças. Voam alto como águias; correm e não ficam exaustos, andam e não se cansam”. Isaías 40. 30,31

3. Exerça uma fé constante em Jesus

“Conforme a graça de Deus que me foi concedida, eu, como sábio construtor, lancei o alicerce, e outro está construindo sobre ele. Contudo, veja cada um como constrói. Porque ninguém pode colocar outro alicerce além do que já está posto, que é Jesus Cristo”. I Coríntios 3.10,11
- Sempre você será tentado a olhar para você mesmo. Como que se tudo, incluindo a vida cristã dependesse de você. Você precisa continuar uma vida baseado na fé em Jesus, fé como foi no início da conversão.
- Talvez você esteja de derrota a derrota porque perdeu a simplicidade da fé. Lembra: Qual foi a única coisa requerida para que você desfrutasse da salvação pela Graça? Sim, a Fé em Cristo Jesus! Simplesmente você creu em algo que já aconteceu desde a eternidade!
- Nas tribulações e nas tentações nunca você conseguirá por si mesmo. Tentar por si mesmo é considerar o sacrifício de Cristo insuficiente. Sempre você comerá de um dos dois frutos: da árvore da vida (metáfora da vida no Espírito) e da árvore do conhecimento do bem (Romanos 2) e do mal (Romanos 1) - representado pelo esforço de agradar a Deus pelos méritos pessoais. (Exemplo da vareta de marcação; - , +, 0)

4. Desfrute da vida de Cristo

“Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no filho de Deus, que me amou e se entregou por mim.” Gálatas 2.20
- Você é habitado por alguém perfeito! O que isto significa? É a possibilidade de realmente viver a vida de Jesus! Quando sou lesado, quando sou provocado, quando sou decepcionado, quando sentimentos egoístas entram em ação, posso abrir o coração para que a vida de Jesus entre em cena e me domine. Ao invés de retaliação entra o perdão! É impossível um programa de recuperação sem este foco.
- Talvez você pergunte: Quanto tempo esta inclinação para o mal tentará me dominar? Infelizmente a vida toda! Enquanto você tiver vinculado a este corpo corruptível você sentirá estes impulsos! Sua carne nunca vai melhorar (ex. dos novos convertidos/(Exemplo negativo do Evangelista ex. detento da Febem,). Foque o positivo a vida de Jesus momento a momento e verificará seu crescimento espiritual).
Ouça os conselhos de Abel, uma testemunha notável da fé em Deus, e continue correndo bem a maratona tendo um relacionamento com Deus:

- Rico em Experiências com ele
- Correndo de modo correto
- Com fé em Jesus
- Vivendo a vida de Jesus

Autor: Pr. Ricardo Aurino


Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!
Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Busque uma relação verdadeira com Deus Reviewed by Esboços de sermões on 3/16/2012 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!

All Rights Reserved by Esboços de sermões © 2014 - 2016
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.