8/23/2017

5 razões pelas quais devemos estudar a Palavra de Deus

5 razões pelas quais devemos estudar a Palavra de Deus
A Bíblia é um incrível livro de história e fatos que prova que existe um Deus que criou todas as coisas. Mais importante de tudo, a Bíblia é a Palavra de Deus. Contém a mente de Deus e Sua vontade para cada uma de nossas vidas. É por isso que a Bíblia foi dada a nós.

Paulo, o apóstolo diz em 2 Timóteo 3:16-17: "Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça; para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente preparado para toda boa obra".

Por que devemos estudar a Palavra de Deus? Os seguintes são algumas razões bíblicas que devemos considerar ao responder a esta pergunta.

Primeiro, a Palavra de Deus é infalível.

Não há erro na Palavra de Deus. A lei do Senhor é perfeita em relação à nossa alma. O testemunho do Senhor não é apenas infalível, é inerrante. Provérbios 30:5-6, "Toda palavra de Deus é pura; ele é um escudo para os que nele confiam. Nada acrescentes às suas palavras, para que ele não te repreenda e tu sejas achado mentiroso".

A pureza de Suas palavras não precisa de nada acrescentado a ela. Deus nos adverte a não desvirtuar a Escritura.

Segundo, a Palavra de Deus é completa.

A Bíblia não precisa de novos capítulos ou versos. Tudo já nos foi dado. Muitos cultos adicionam seus próprios livros ou comentários à Bíblia. Tudo o que você precisa é a Palavra de Deus porque é a santa Palavra de Deus. Está completa.

Em Apocalipse 22:18-19, Deus nos adverte: "Eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro: Se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus lhe acrescentará as pragas que estão escritas neste livro; e se alguém tirar qualquer coisa das palavras do livro desta profecia, Deus lhe tirará a sua parte da árvore da vida, e da cidade santa, que estão descritas neste livro".

Terceiro, a Palavra de Deus é totalmente autoritária.

O livro dos Salmos 119:89 diz: "Para sempre, ó Senhor, a tua palavra está firmada nos céus". A Palavra de Deus é a única fonte de autoridade divina absoluta. Esta autoridade divina é para você e para mim como servos de Jesus Cristo.

Quando alguém disser: "Eu tenho uma palavra do Senhor para você", escreva-a e, ao estudar a palavra de Deus, veja se o Senhor fala com você através das Escrituras. Só então você saberá se o Senhor realmente está falando com você.

Quarto, a Palavra de Deus é totalmente suficiente para todas as nossas necessidades.

Não precisamos de mais nada. Em 2 Timóteo 3:16-17, lê: "Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça; para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente preparado para toda boa obra".

Nós, cristãos, podemos estar totalmente seguros no Senhor estudando a Bíblia porque é o plano de Deus para a nossa vida.

E em quinto, a Palavra de Deus cumprirá o que promete.

Se Deus lhe disse que algo acontecerá, espere, isso acontecerá. Em Isaías 55:11 diz: "assim será a palavra que sair da minha boca: ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei". Deus enviou Sua palavra para cumprir Sua vontade perfeita em nossas vidas. Se Deus lhe fizer uma promessa, ele a cumprirá em seu próprio tempo. Há muitas promessas que nos foram feitas na Bíblia. Essas promessas nos tranquilizam e trazem conforto às nossas vidas em nossos momentos de provações.

Eu desafio você a tirar tempo para estudar a Palavra de Deus. O Senhor mostrará coisas maravilhosas que mudarão sua vida.

Na Escola da Bíblia Shubert o objetivo é desmistificar a dificuldade das Escrituras. Na verdade, a Escola da Bíblia Shubert acredita que com as ferramentas corretas, você tem a capacidade de compreender as coisas mais profundas da Palavra de Deus.

Seja um exímio conhecedor da Bíblia, conheça a Escola da Bíblia Shubert.

Saiba mais aqui

8/20/2017

Como ter uma vida abençoada

Como ter uma vida abençoada
Introdução: Pergunta: Em sua opinião, o que leva uma pessoa a viver e experimentar uma vida abençoada?

Talvez alguns vão dizer que para ser abençoado por Deus, nós precisamos de oração e jejum.

Outros talvez vão dizer que deveríamos participar de um culto de poder e milagres em determinada igreja, ou com certo pastor. E, em certo sentido, tudo isso está certo. Entretanto, não é esse o principal caminho apresentado pela Bíblia para se ter uma vida abençoada. Aliás, as Escrituras não dizem que devemos perseguir as bênçãos de Deus. Ao contrário, elas afirmam que as bênçãos é que nos alcançarão, o que acontecerá se cumprirmos com algumas condições. É sobre isso que trata o texto bíblico de hoje. Que o Espírito Santo nos convença da verdade e nos ajude a colocá-la em prática.

Texto-base: Deuteronômio 28.1,2,15

Se vocês obedecerem fielmente ao SENHOR, o seu Deus, e seguirem cuidadosamente todos os seus mandamentos que hoje dou a vocês, o SENHOR, o seu Deus, os colocará muito acima de todas as nações da terra. Todas estas bênçãos virão sobre vocês e os acompanharão se vocês obedecerem ao SENHOR, o seu Deus: (...) Entretanto, se vocês não obedecerem ao SENHOR, o seu Deus, e não seguirem cuidadosamente todos os seus mandamentos e decretos que hoje dou a vocês, todas estas maldições cairão sobre vocês e os atingirão (...).

Conforme o Dicionário Internacional de Teologia do Antigo Testamento (DITAT), abençoar tem o sentido de conceder poder para alcançar sucesso, prosperidade, fecundidade, longevidade, etc (pg 220). No texto acima, a palavra hebraica correspondente a bençãos é barakah, que significa exatamente liberar para prosperar ou alcançar sucesso.

Além disso, o verbo traduzido por alcançar pode ter um outro sentido mais forte: apoderar-se de. Assim sendo, poderíamos reescrever Deuteronômio 28.1,2 da seguinte maneira: se atentamente ouvirmos a voz do Senhor, nosso Deus, e tivermos o cuidado de guardar todos os seus mandamentos, o poder para alcançar sucesso se apoderará de nós.

Aí está a reposta que a Bíblia apresenta para a pergunta apontada na introdução desta lição. Uma vida abençoada é resultado da obediência à Palavra de Deus. Neste sentido, duas expressões no texto se destacam: ouvir atentamente e tendo o cuidado de guardar. Essas são expressões que nos transmitem a ideia de diligência e zelo na prática da obediência.

As bênçãos de Deus virão sobre nós se diligentemente e zelosamente obedecermos à vontade do Senhor. O contrário também é verdadeiro. Se desobedecermos a Deus, não dando ouvidos à sua voz e não cuidando em cumprir os seus mandamentos, maldições se apoderarão de nós.

Não é à toa que a vida de tanta gente é por problemas, confusões e limitações. E isso, na maioria das vezes, é simplesmente o resultado da desobediência a Deus, que chamamos de pecado. Culpamos todos e tudo, mas há dificuldades que nós mesmos geramos, devido à nossa desobediência à Palavra de Deus.

As Escrituras nos ensinam, em muitos textos, que uma vida abençoada é resultado da obediência ao Senhor. Eis alguns deles:

“Filho meu, não te esqueças dos meus ensinos, e o teu coração guarde os meus mandamentos; porque eles aumentarão os teus dias e te acrescentarão anos de vida e paz” (Pv 3.1,2);

“Filho meu, não se apartem estas coisas dos teus olhos; guarda a verdadeira sabedoria e o bom siso; porque serão vida para a tua alma e adorno ao teu pescoço. Então, andarás seguro no teu caminho, e não tropeçará o teu pé. Quando te deitares, não temerás; deitar-te-ás, e o teu sono será suave” (Pv 3.21-24);

“Ouve, filho meu, e aceita as minhas palavras, e se te multiplicarão os anos de vida. No caminho da sabedoria, te ensinei e pelas veredas da retidão te fiz andar. Em andando por elas, não se embaraçarão os teus passos; se correres, não tropeçarás. Retém a instrução e não a largues; guarda-a, porque ela é a tua vida” (Pv 4.10-13).

Pergunta: Como, então, podemos obedecer a Deus para sermos alcançados por suas bênçãos?

Para isso, duas atitudes são necessárias.

1. Conhecer a Palavra do Senhor.

Em Josué 1.8 está escrito: “Não cesses de falar deste Livro da Lei; antes, medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer segundo tudo quanto nele está escrito; então, farás prosperar o teu caminho e serás bem-sucedido”;

2. Escolher, firmemente, obedecer.

Deuteronômio 30.19 diz: “Os céus e a terra tomo, hoje, por testemunhas contra ti, que te propus a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e a tua descendência”.

O DITAT traz um comentário interessante: “Aqueles cujo relacionamento com Deus está errado não podem abençoar (Ml 2.2) nem ser abençoados (Deuteronômio 28). Nem mesmo uma palavra poderosa pode alterar isso” (pg 221). Não tem como. Podemos orar e jejuar intensamente, participar dos mais poderosos cultos, receber ministrações de pastores muito ungidos, etc, mas se não estivermos vivendo em obediência ao Senhor, não seremos abençoados. Por isso, conheçamos a vontade de Deus e decidamos cumpri-la.

Conclusão: A obediência é o caminho para uma vida abençoada. Então precisamos voltar ao quebra gelo e pensar: será que as áreas estagnadas e precisando de melhorias não sao exatamente as áreas ainda em desobediência à Deus e sua Palavra? Que mudanças você poderia efetuar para que a benção de Deus alcance essas áreas?