8/28/2014

O Vencedor Segundo Apocalipse

O Vencedor Segundo ApocalipseTexto Base: Apocalipse 2:11

Introdução: O prêmio nunca é de quem luta ou de quem se esforça, nunca é de quem tem vontade de possuir, mas sim do vencedor.

1 – O vencedor mesmo cercado de muita oposição e apostasia se recusa a conformar

- Com o mundo e a impiedade da igreja (Apocalipse 2:24)

- Ele ouve e atende aquilo que o Espírito diz as igrejas (Apocalipse 2: 7)

- Ele aceita o padrão de Deus para a vida Cristã ( Apocalipse 3:8 ).

2 – Somente o vencedor comerá da árvore da vida (Apocalipse 2: 7)

- Não sofrerá o dano da segunda morte (Apocalipse 2: 11)

- Receberá o maná escondido e um novo nome no céu (Apocalipse 2:17).

3 – O segredo da vitória é a morte expiatória de Cristo

– Note que ou vencemos o mundo, o pecado e Satanás ou somos vencidos por eles e acabamos sendo lançados no lago de fogo . 1 João 5:4; Apocalipse 1:11; Apocalipse 20:15

Conclusão : O Vencedor não nasce pronto, mas é formado por Deus durante a caminhada ou trajetória de vida.

O vencedor não aquele que não falha, mas é aquele que não desiste.

A Cura de um Cego de Nascença

A Cura de um Cego de NascençaTexto: João 9: 1-41

Introdução: Entre os grandes sinais de Jesus está a cura de um cego de nascença, operando num sábado, o que trouxe grande celeuma.

Vejamos o quanto nos diz esse sinal maravilhoso.

I- Manifestação das obras de Deus

Os judeus achavam que doença e defeito físico eram efeito de pecado. Jesus negou tal conceito. Disse que a cegueira desse homem era para manifestar as obras de Deus. Um homem pode ser santo e morrer de câncer. No mundo há perfeição e imperfeição, e os filhos de Deus são chamados a buscar a perfeição ( w. 1-4 ).
1. As obras de Deus São perfeitas- Gen. 1:31; Deut. 18:13;32:3,4; Lev.20: 7,8
2. O filho de Deus é perfeito- Ef. 4:10-13; I Ped. 1: 13-16
3. O cristão faz o trabalho do bem enquanto é dia - At.10:34-39; João 6:27

II- Manifestação da luz de Cristo

Cristo não pecou, e manifestou sua luz no meio do mal. Heb. 4:14-16; II Cor. 5: 18-21
1- Ele disse: Sou a luz do mundo (v.5) João 8:12; 9:5; 12:46
2- Luz para alumiar e dar vista aos cegos (v. 6,7 ) Is.42: 6,7, 16; Luc. 4:18, 19, Mat. 11: 4,5

III- Manifestação do bem de Cristo.

O bem de cristo, feito num sábado, a cura de um cego, pôs em alvoroço os judeus de coração mau. Veja também: Lucas 6:6-11
1. O testemunho do cego (w. 25,30)
2. A defesa do cego (w. 31-33)
3. A confissão do cego (v. 38)
4. A conclusão de Jesus (w. 39-41)

Conclusão: A cura do cego de nascença é um sinal maravilhoso de Deus operando no meio do seu povo, com a sua luz e seu poder. No senhor Jesus Cristo, toda treva será iluminada. Todo cego verá. Vejamos por seus olhos divinos.

Um Dia para Lembrar

Um Dia para LembrarTexto: 2 Timóteo 2:7-8

"Considera o que digo, porque o Senhor te dará entendimento em tudo. Lembra-te de Jesus Cristo, ressurgido dentre os mortos, descendente de Davi, segundo o meu evangelho”.

Introdução: Hoje eu quero encoraja-los a lembrar do nosso Salvador Jesus Cristo. Assim como sempre lembramos aqueles que partiram antes de nós, nos lembramos de que Ele foi preparar um lugar para nós. Há quatro coisas muito importantes que a Bíblia nos diz a respeito de Cristo que podemos lembrar hoje.

Neste dia para lembrar, em primeiro lugar nós podemos...

I. Lembrar a provisão de Cristo (Mateus 16: 8-10)

Ciente da discussão deles, Jesus perguntou: "Por que arrazoais entre vós por não terdes pão, homens de pouca fé? Não compreendeis ainda, nem vos lembrais dos cinco pães para os cinco mil, e de quantos cestos levantastes? Nem dos sete pães para os quatro mil, e de quantas alcofas levantastes?".

A. Aqui vemos uma figura que os discípulos de Cristo simplesmente não conseguiram "captar". Nesta passagem Jesus está advertindo-os para ter cuidado com os fariseus e os Saduceus, porque o ensinamento deles era contrário à Palavra de Deus. Mas a ilustração que Jesus usou os fez perceber que eles não levarão pão, e os discípulos começaram a se preocupar.

B. Em seguida, Jesus lembrou-lhes como Ele providenciou para eles, Ele perguntou: "Não compreendeis ainda, nem vos lembrais dos cinco pães para os cinco mil, e de quantos cestos levantastes? Nem dos sete pães para os quatro mil, e de quantas alcofas levantastes?".

C. Aqui Jesus está lembrando-lhes que Ele vai suprir suas necessidades. Ele é suficiente para cuidar deles, assim como havia feito no passado.

D. Eu acredito que muitos de nós precisamos ser lembrados da provisão de Deus de tempos em tempos. Não importa qual é a necessidade. Ele é capaz de lidar com ela. Na carta de Paulo aos Filipenses, ele escreve: "Meu Deus suprirá todas as vossas necessidades segundo as suas riquezas na glória em Cristo Jesus” (Filipenses 4:19). Não foi uma promessa apenas para a igreja em Filipos, é uma promessa para nós hoje.

Não só podemos nos lembrar da provisão de Cristo, mas também podemos...

II. Lembrar o amor de Cristo

Efésios 2:4-7 4 “Mas Deus, sendo rico em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou, estando nós ainda mortos em nossos delitos, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos), e nos ressuscitou juntamente com ele, e com ele nos fez sentar nas regiões celestes em Cristo Jesus, para mostrar nos séculos vindouros a suprema riqueza da sua graça, pela sua bondade para conosco em Cristo Jesus”.

Romanos 5: 8 “Mas Deus dá prova do seu amor para conosco, em que, quando éramos ainda pecadores, Cristo morreu por nós”.

A. Por causa de Seu grande amor por nós, Ele nos deu vida, mesmo estando nós mortos.

B. Por causa do Seu grande amor por nós, Ele nos fez assentar com Ele nos lugares celestiais em Cristo Jesus.

C. Por causa de Seu grande amor por nós, Ele mostrará as riquezas da Sua graça manifestada a nós em Sua bondade.

D. Por causa de Seu grande amor por nós, sabemos o que é o amor realmente e o que está em causa.

III. Lembrar o sacrifício de Cristo

1 Coríntios 11:23-25 ​​“Porque eu recebi do Senhor o que também vos entreguei: que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou pão; e, havendo dado graças, o partiu e disse: Isto é o meu corpo que é por vós; fazei isto em memória de mim. Semelhantemente também, depois de cear, tomou o cálice, dizendo: Este cálice é o novo pacto no meu sangue; fazei isto, todas as vezes que o beberdes, em memória de mim”.

A. Por causa do Seu sacrifício, todas as nossas necessidades são supridas.

1. Acabamos de observar o fato de que Jesus vai atender às nossas necessidades neste mundo, quanto as nossas necessidades materiais. Mas por causa do Seu sacrifício, Ele faz muito mais.

2. Ele conhece às necessidades de nossos corpos físicos.

3. Ele conhece as nossas necessidades emocionais. Salmo 147:3 diz que Ele "sara os quebrantados de coração, e cura-lhes as feridas”.

C. Jesus nos ordena lembrar-se Dele. Cada vez que compartilharmos a comunhão juntos, estamos nos lembrando do Seu sacrifício - Seu corpo e o Seu sangue derramado.

IV. Lembrar a Volta de Cristo

(Apocalipse 3:3 "Lembra-te, portanto, do que tens recebido e ouvido, e guarda-o, e arrepende-te. Pois se não vigiares, virei como um ladrão, e não saberás a que hora sobre ti virei").

A. Nesta passagem, a igreja de Sardes está sendo abordada. Eles estão sendo informados de apesar de terem nome de estarem vivos, eles estão mortos. Em seguida, eles são orientados a despertar e fortalecer o que resta e está prestes a morrer.

B. Esta é uma igreja que uma vez estava em chamas para Deus e que fizeram da prioridade de Deus a prioridade deles. Mas eles perderam o fervor. Eles caíram e estavam mortos.

Jesus está dizendo a ACORDA! Nós não sabemos quando Ele virá! Temos de estar vigiando e esperando.

E. Lucas 12: 35-46 “Estejam cingidos os vossos lombos e acesas as vossas candeias; e sede semelhantes a homens que esperam o seu senhor, quando houver de voltar das bodas, para que, quando vier e bater, logo possam abrir-lhe. Bem-aventurados aqueles servos, aos quais o senhor, quando vier, achar vigiando! Em verdade vos digo que se cingirá, e os fará reclinar-se à mesa e, chegando-se, os servirá. Quer venha na segunda vigília, quer na terceira, bem-aventurados serão eles, se assim os achar. Sabei, porém, isto: se o dono da casa soubesse a que hora havia de vir o ladrão, vigiaria e não deixaria minar a sua casa. Estai vós também apercebidos; porque, numa hora em que não penseis, virá o Filho do homem. Então Pedro perguntou: Senhor, dizes essa parábola a nós, ou também a todos? Respondeu o Senhor: Qual é, pois, o mordomo fiel e prudente, que o Senhor porá sobre os seus servos, para lhes dar a tempo a ração? Bem-aventurado aquele servo a quem o seu senhor, quando vier, achar fazendo assim. Em verdade vos digo que o porá sobre todos os seus bens. Mas, se aquele servo disser em teu coração: O meu senhor tarda em vir; e começar a espancar os criados e as criadas, e a comer, a beber e a embriagar-se, virá o senhor desse servo num dia em que não o espera, e numa hora de que não sabe, e cortá-lo-á pelo meio, e lhe dará a sua parte com os infiéis”.

Conclusão: Neste dia para lembrar nós lembramos as quatro coisas importantes que nunca devemos esquecer. Eu desafio você a guardá-las em seu coração hoje.

Será que você tem necessidades em nossas vidas? Lembre-se da provisão de Cristo.

Será que você se sente deprimido e confuso? Lembre-se do amor de Cristo.

Você sente dor e solidão? Lembre-se do sacrifício de Cristo.

Se sente longe dEle e espiritualmente estagnado? Lembre-se do retorno de Cristo.

Pr. Aldenir Araújo