E o abençoou ali

Texto: Gênesis 32:22-29

Introdução: Há na vida de cada indivíduo ocasiões decisivas e aflitivas.

O caso de Jacó. Sua consciência o condenava. Estava sem esperança. Necessitava de um auxílio mais do que humano. Suplicou uma bênção. A bênção é sublime

I – Qual foi a bênção que Jacó recebeu?

1. Foi salvo de um perigo (Esaú). - V. 11.

2. Foi perdoado do grande mal. - (Enganador).

3. A fenda entre ele e Esaú removera-se. - 33:4.

a) Riquezas não o satisfaziam.

4. Ganhou um novo nome. - V. 28; Apocalipse 2:17.

II – Qual será o lugar de bênção? "Ali".

1. Um lugar de grandes aflições. - V. 6, 7.

2. Lugar de uma confissão humilde. - V. 10.

a) Antes exaltado, depois humilhado.

b) Pela confissão humilde nossos pecados serão apagados. – Isaias 43:25; Provérbios 27:13.

3. Lugar de comunhão. - V. 30; 28:16,17.

a) Humilhados e santificados, poderemos ver a Deus.

4. Lugar de vitória. - V. 28, 29; Oséias 12:4.

III – Será esta conferência um tal lugar de bênção?

1. Sim, se estamos prontos:

a) A nos humilhar.

b) A confessar as nossas faltas.

c) A nos consagrar.

d) A renovar o concerto (águas passadas não voltam).

e) A executar a vontade de Deus. – Deuteronômio 4:29.

2. Deus quer nos abençoar "aqui". – Salmo 65:4; 5:12.

3. Abençoando, a bênção permanecerá para sempre. - I Crônicas 17:27.

4. Você quer ser abençoado aqui?

Vamos crer. Lutar para alcançar. Somente o Senhor pode abençoar.

Olhemos, pois, a Ele e exclamemos como Jacó: "Na verdade o Senhor está neste lugar, e eu não o sabia" Gênesis 28 :26.

0 Comentários