As consolações de Jesus

I – Conforto para os dias em que sentimos o peso do pecado e suas consequências – Mateus 9:2.

1. A experiência do homem paralítico.

2. A mulher adúltera e a acusação.

3. Não terá acontecido, às vezes, Satanás nos ter insinuado que somos por demais pecadores e que não há esperança para o nosso estado?

4. Jesus perdoa diferente do que faz o homem, – Romanos 4:7; Jeremias 31:34 (Miqueias 7:19).

a) Ele nos amou e por isso nos perdoou. – João 3:16; I João 1:9.

b) Devemos orar como o publicano e teremos a consolação de ouvir. – Mateus 9:2.

II – Conforto para os dias de perigos e tristezas – Mateus 14:27.

1. A experiência dos discípulos: Era noite, havia ventos contrários e o barco ia soçobrar.

2. Viram Jesus e foram confortados. Mateus 14:27.

3. No mar da vida cristã encontraremos contratempos:

a) Tempestades se levantam constantemente.

b) Satanás procura fazer naufragar nossa frágil nau.

c) Milhares de embarcações seguem esse caminho.

d) Não devemos desanimar vendo, nas provações, fantasmas.

4. Jesus é o capitão, irá conosco e pode acalmar as mais rudes tempestades.

a) Estejamos certos de que Jesus está conosco e nos familiarizemos com Sua voz e ouviremos – Mateus 14:27.

III – Uma mensagem de esperança que nos habilita a enfrentar os desapontamentos da vida cristã com alegria e contentamento – João 16:22.

1. Na vida cristã vêm desapontamentos.

a) Os dois discípulos a caminho de Emaús.

b) Os demais discípulos e sua alegria quando viram o Senhor Jesus – João 20:19, 20.

2. Assim seremos criticados e perseguidos em nossa esperança, mas não desanimemos – João 16 :33.

a) Satanás procurará lançar a dúvida sobre nós.

b) Nada nos deve fazer separar da esperança gloriosa – Romanos 8:38,39; João 6:66-68.

3. Esperemos com paciência - Habacuque 2:3; Hebreus 10:37.

0 Comentários