A Natureza da Santificação

Texto: “Por isso, cingindo o vosso entendimento, sede sóbrios e esperai inteiramente na graça que vos está sendo trazida na revelação de Jesus Cristo. Como filhos da obediência, não vos amoldeis às paixões que tínheis anteriormente na vossa ignorância; pelo contrário, segundo é santo aquele que vos chamou, tornai-vos santos também vós mesmos em todo o vosso procedimento, porque escrito está: Sede santos, porque eu sou santo” (1 Pedro 1.13-16).

Introdução: Permanecer na presença de Deus requer que sejamos santos. Esta palavra tem vários sentidos.

1. Separação:
a. A idéia de separação na Bíblia.
“Então, os que temiam ao Senhor falavam uns aos outros; o Senhor atentava e ouvia; havia um memorial escrito diante dele para os que temem ao Senhor e para os que se lembram do seu nome. Eles serão para mim particular tesouro, naquele dia que prepararei, diz o Senhor dos Exércitos; poupá-los-ei como um homem poupa a seu filho que o serve. Então, vereis outra vez a diferença entre o justo e o perverso, entre o que serve a Deus e o que não o serve” (Ml 3.16-18).
Veja: (Gn 1.4; Ex 8.22,23; 10.23; 11.7; Mt 25.31-33).
b. Não há comunhão das coisas de Deus com as coisas mundanas.
“Não vos ponhais em jugo desigual com os incrédulos; porquanto que sociedade pode haver entre a justiça e a iniqüidade? Ou que comunhão, da luz com as trevas? Que harmonia, entre Cristo e o Maligno? Ou que união, do crente com o incrédulo? Que ligação há entre o santuário de Deus e os ídolos? Porque nós somos santuário do Deus vivente, como ele próprio disse: Habitarei e andarei entre eles; serei o seu Deus, e eles serão o meu povo. Por isso, retirai-vos do meio deles, separai-vos, diz o Senhor; não toqueis em coisas impuras; e eu vos receberei, serei vosso Pai, e vós sereis para mim filhos e filhas, diz o Senhor Todo-Poderoso” (2 Co 6.14-18).
c. A única mistura que a Bíblia recomenda.
É no sentido de exercermos nossa influência positiva por Cristo (Mt 5.14-16).
O cristão ou é bigorna ou é martelo, ou ele molda ou é moldado (1 Pe 1.14-16).

2. Dedicação.
a. Somos pessoas dedicadas, oferecidas, ofertadas a Deus para seu serviço.
Exemplos:
Samuel (1 Sm 1.11,27,28).
Sansão (Jz 13.2-5).

3. Purificação.
Duas palavras muito fortes: purificação e limpeza.
a. Deus usa vasilhas limpas, lavadas, purificadas.
b. É interessante observar como a santidade de Deus exigia limpeza no arraial de Israel.
c. Jesus discute a idéia de limpeza em João 15.
d. A purificação é algo que acontece como ação de Deus (Sl 51).
e. Vivemos em meio a uma verdadeira podridão moral, ética. Somos uma sociedade podre. Mas o povo de Deus é como o lírio que em meio à poluição conserva sua alvura (Ec 9.8).
f. Limpeza dos olhos, dos lábios, dos pensamentos, das mãos, dos atos (Sl 15).

4. Consagração.
Consagração é um gesto do cristão, declarando em palavras e atos que tudo nele pertence ao Senhor e será para glória de Deus. Consagração envolve todo o nosso ser, recursos, tempo e atitudes.

5. Serviço.
Serviço que se apresenta como culto. Como adoração. Toda a vida do cristão se expressa no culto. E culto não se limita a um ato litúrgico que se dá em um prédio, culto é um estilo de vida, é uma vida vivida em constante adoração a Jesus.

Conclusão: Que o Senhor, pela sua graça, cumpra em nós todos os seus propósitos

Messias Anacleto Rosa

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá á  disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Nenhum comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!