"A Tua palavra é a verdade." - João 17:17.

Introdução: Prova-se por duas espécies de evidências – externa e interna – a autenticidade da Palavra de Deus.

I – Evidência externa.

l. Sua antiguidade e resistência vencedora dos ataques dos inimigos em todos os tempos.

2. O bom caráter dos sagrados escritores. – Os milagres narrados que confirmam seu cunho de Palavra de Deus.

3. O cumprimento exato de suas profecias e predições.

4. Os eleitos produzidos por ela onde quer que seja conhecida.

5. O fato de ser prezada e estimada como tal pelos melhores homens.

II – Evidência interna.

1. Todo o seu conteúdo em nada contradiz a natureza ou a sã razão.

2. A Escritura revela muitas verdades importantíssimas que não poderiam ser reconhecidas pela natureza ou pela razão.

3. A pureza de suas doutrinas e preceitos.

4. A harmonia de suas partes.

5. A adaptação às condições dos homens.

6. A plena e perfeita descoberta que ela fez do único caminho da salvação.

7. A majestade do seu estilo.

8. Seu poder eficiente em convencer e despertar a consciência, converter e mudar o coração, vivificar os homens da morte espiritual, alegrá-los e confortá-los nos mais profundos infortúnios.

9. O escopo e o desígnio de glorificar a Deus e humilhar o pecador.

10. A experiência que sua verdade traz aos genuínos cristãos.