Uma Decisão Vitoriosa

Texto: Lucas 15.20a - "E, levantando-se, foi para seu pai,...".

Introdução: O Filho Pródigo, de uma maneira insensata, tomou uma decisão que trouxe dores e prejuízos, porém, ele teve oportunidade de arrependimento e então, tomou a decisão mais acertada de sua vida. Vejamos:

1 - Uma fé correta - Agiu com fé na sua restauração: "Ao que Jesus lhes disse: Tende fé em Deus;" (Marcos 11.22). O filho pródigo não duvidou do amor do seu pai e que ele seria recebido em casa, mesmo que fosse como um empregado da fazenda.
A instrução de Jesus é para termos fé no Deus verdadeiro, criador dos céus e da terra.
No Antigo Testamento vemos a história de Jabez, um homem que buscou o Deus verdadeiro: "Jabez invocou o Deus de Israel, dizendo: Oh! Tomara que me abençoes e me alargues as fronteiras, que seja comigo a tua mão e me preserves do mal, de modo que não me sobrevenha aflição! E Deus lhe concedeu o que lhe tinha pedido" (1 Crônicas 4.10).

2 - Declarou - "Vou voltar para a casa do meu pai e dizer: "Pai, pequei contra Deus e contra o senhor e não mereço mais ser chamado de seu filho. Me aceite como um dos seus trabalhadores." (vs.18, 19) - Ele cumpriu uma instrução que Jesus nos deixou em Marcos 11.23 que diz: "Eu afirmo a vocês que isto é verdade: vocês poderão dizer a este monte: Levante-se e jogue-se no mar. Se não duvidarem no seu coração, mas crerem que vai acontecer o que disseram, então isso será feito". É necessário declarar aquilo que cremos para que a fé funcione.
Quem crê declara a sua vitória sem medo de frustração.

3 - Agiu - "Então saiu dali e voltou para a casa do pai" (v.20a) - Ele não apenas declarou, como está escrito no verso 18, como tomou a iniciativa de sair do meio da criação de porcos e retornou para a casa do pai.
Além de declarar é necessário agir: "Sem fé ninguém pode agradar a Deus, porque quem vai a ele precisa crer que ele existe e que recompensa os que procuram conhecê-lo melhor" (Hebreus 11.6).

4 - Recebeu - "Mas o pai ordenou aos empregados: “Depressa! Tragam a melhor roupa e vistam nele. Ponham um anel no dedo dele e sandálias nos seus pés" (v.22) - Ele sentiu-se perdoado, apesar de ter pecado, e recebeu, com alegria, os direitos de filho amado, simbolizados pela maravilhosa recepção proporcionada pelo pai.
Para alcançarmos as vitórias que o Senhor Jesus tem para nós é necessário, além, de confessarmos os pecados e recebermos o perdão, também nos perdoarmos.
A culpa é a ladra das bênçãos daquele que não se perdoa e vive se punindo por aquilo que o Pai já o perdoou. Isaias 43.25 diz: "Eu, eu mesmo, sou o que apago as tuas transgressões por amor de mim e dos teus pecados não me lembro".

5 - Testemunhou, manifestou (contou) - "porque este meu filho estava morto e viveu de novo; estava perdido e foi achado. — E começaram a festa" (v.24) - Depois de abater o melhor bezerro, fizeram a grande festa, com muito júbilo, danças, para comemorar e declarar a todos a grande vitória, pois o filho estava morto e reviveu, estava perdido e foi achado.
É necessário testemunhar acerca das bênçãos recebidas e manifestar a alegria pelas conquistas. O Salmo 115.17 diz: "Os mortos, que descem à terra do silêncio, não louvam a Deus, o SENHOR". Se estamos vivos e achados pelo Pai, precisamos nos expressar com grande alegria.

Conclusão: No nosso dia-a-dia tomamos decisões continuamente, que nem sempre acertamos, visto que, podem ser tomadas fora do tempo de Deus e também dos princípios de Deus. Esses passos acima, se vividos no nosso cotidiano, após uma decisão precipitada, teremos a certeza da restauração, de uma vida vitoriosa e cheia de qualidades. Jesus nos afirma em João 10.10 que o nosso adversário veio roubar, matar e destruir, mas Ele o Senhor veio nos proporcionar vida abundante.

Faça, ainda hoje, uma aliança com o Pai através de Jesus entregando a sua vida a Ele, e posso garantir, sem dúvida alguma, que você será mais do que vencedor.

Roberto Pires Gonçalves

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá á  disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Nenhum comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!