O Poder do Conhecimento na Palavra

Texto: João 8:32, Efésios 6:16 e 14

Introdução: Você já notou como um número cada vez maior de pessoas, passam pela Igreja, aceitam a Jesus e logo saem da presença de Deus e ficam até mais fracas do que quando vieram?
Você já se perguntou o porquê disso?

Desenvolvimento: Investe-se muito tempo hoje em dia, em campanhas promissoras no nível de cura, prosperidade, libertação, etc... Porém ensina-se pouco ou quase nada acerca de como manter a cura, a prosperidade e a libertação. A questão queridos é que precisamos aprender, pois a vida se faz com um aprendizado diário e ininterrupto.

Se o cristão não dispuser de tempo para o aprendizado da palavra, toda a conquista se perderá. É como colocar vinho novo em odre velho.

Vejamos:
- O conhecimento da Palavra confirma a Libertação. (João 8:32)
- O conhecimento da Palavra nos protege da ação do inimigo. (Efésios 6:16)
- O conhecimento da Palavra nos habilita a vencer o inimigo. (Efésios 6:17)
- O conhecimento da Palavra nos consolida e fortalece em nossa caminhada cristã.

Conclusão: Devemos nos aplicar ao conhecimento da palavra, para tanto queridos, precisamos ter a mente aberta à toda oportunidade que tivermos, seja Seminários, Escolas, Congressos e outros. Precisamos dar ênfase no conhecimento da Palavra de Deus, pois sem conhecermos a palavra, perecemos.

Bispo Marco Antônio

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá á  disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Nenhum comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!