Texto: João 2:1-11

Introdução: A mensagem de hoje vem de uma história familiar no início do ministério público de Jesus: A transformação da água em vinho em uma festa de casamento em Caná da Galileia.

Esse texto vai nos dar algumas orientações importantes.

I. Cristo é a favor da comunhão social

A. Isso pode não parecer tão importante no esquema maior das coisas, mas Deus quer nos lembrar de que precisamos dos outros.

B. Há pessoas que pensa que a comunhão é de alguma forma menos espiritual do que outras formas de atividade cristã.

II. As prioridades de Cristo nem sempre são as nossas prioridades (v.4).

A. O versículo 4 deixa claro que o tempo de Deus nem sempre é o nosso tempo.

B. Nosso objetivo deve ser sempre descobrir os desejos e as prioridades de Deus e nos alinhar a Sua vontade.

III. Devemos estar disponíveis para Deus (v.5, 6)

A. Maria diz aos servos para fazer o que Jesus lhes diz para fazer.

B. Deus na maioria das vezes usa o que colocamos à sua disposição.

  1. Ele criou o universo do nada.
  2. Desde a criação, Ele tem usado frequentemente as coisas que temos rendido a ele.

IV. A obediência à orientação de Deus é absolutamente necessário (v.7)

A. Jesus disse aos servos para encher os recipientes com água.

  1. Que pode parecer loucura para alguns; irracional.
  2. Mas Deus não necessariamente faz as coisas da maneira que achamos que deve ser feito.

B. Eles obedeceram fielmente a Jesus.

C. "A fé sem obras é morta"

V. Cristo Transforma o comum no extraordinário (v.9).

VI. O que Cristo Transforma Deve ser colocado ao serviço. (Vv.8-12)

A. Os servos serviram o vinho novo para o mestre de cerimônias.

B. Devemos estar dispostos a usar o que Deus tem feito em nossas vidas para tocar a vida de outros.

Pr. Aldenir Araújo