Buscando a Provisão em Tempos de Crise

Texto: 2 Reis 3.13-20

Introdução: Três reis (Jorão de Israel, Josafá de Judá e o rei de Edom) estão em marcha contra Mesa, rei de moabe.

A causa: Mesa se rebelou contra Jorão, após a morte de Acabe, seu pai, e não mais lhe pagava tributo. No meio do caminho, após sete dias de marcha, se instala uma tremenda crise: estavam no deserto e sem água para o exército e para os animais. Era tempo de crise e angústia; tempo de deserto; tempo de sequidão. Nesse momento, todo o projeto de conquista se tornou inviável. Só Deus para trazer a solução. Chamam então o profeta Eliseu e o milagre acontece!

Como Ser Provido nos Tempos do Deserto?

1- Restaurar a Voz Profética:

Encher os céus com palavras proféticas. O inimigo sempre vai tentar inibir e paralisar a nossa voz profética. Nossas palavras constroem ou destroem reinos. Em tempos de crise e angústias, ouse liberar as palavras proféticas de provisão e vitória! No verso 17 lemos que ainda que nossos olhos não nos deem pistas de que algo vai acontecer, Deus diz que a provisão virá! Aleluia!

Nunca se intimide pelas impressões da sua alma, profetize que esse deserto se encherá da provisão de Deus e a vitória virá.

2- Restaurar os Atos Proféticos:

Toda profecia requer uma atitude compatível. Não basta liberar a palavra profética; precisamos realizar atos proféticos. São mensagens liberadas no plano físico com projeção para o plano espiritual.
- São atos de fé que se apóiam em palavras proféticas liberadas. O abrir covas foi um ato profético realizado debaixo da profecia de provisão. Antes das águas virem, eles precisavam demonstrar que criam e esperavam que elas chegariam. Além de liberar a palavra profética nos céus do deserto, é preciso ter, no deserto, atitudes de fé compatíveis com a profecia e a esperança. Não só libere palavras de vida e provisão sobre sua vida, cônjuge, filhos, família, células, discípulos etc., mas aja conforme a profecia liberada, mostrando que a sua palavra profética tem um selo ou memorial na Terra.

Não diga só que ama, aja como quem ama! Não diga só que perdoa, aja como quem perdoa!

3- Restaurar a Adoração Profética:

No verso 20 vemos que no dia seguinte ao cavar as covas, na hora da adoração, as águas vieram. É poderosa a adoração liberada nos tempos de crise! Profecia e atos proféticos precisam ser regados pela adoração ao Senhor. Na adoração a provisão vem. O inimigo quer nos roubar a adoração, fazendo-nos reféns das crises, circunstâncias, emoções e sentimentos. Isto rouba a nossa identidade (a de adoradores) e a nossa provisão.

Na adoração a glória de Deus vem e, com ela, a provisão sobrenatural do Senhor!

Conclusão: Adore ao Senhor em toda e qualquer situação. Encha os céus sobre a sua cabeça com palavras proféticas de vida e vitória. Profetize a solução. Semeie a boa semente para colher o bom fruto. Aja como quem já recebeu a vitória. Não se impressione com a visão do deserto ou da crise, tenha atitudes profeticamente corretas.

Fale, aja e adore ao Senhor. A provisão virá! Deus é 100% fiel!

Prs. Aurélio e Susana

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá á  disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Nenhum comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!