A Ética Cristã no Culto a Deus

"Que fareis, pois, irmãos? Quando vos ajuntais, cada um de vós tem salmo, tem doutrina, tem revelação, tem língua, tem interpretação. Faça-se tudo para edificação. E, se alguém falar em língua desconhecida, faça-se isso por dois, ou quando muito três, e por sua vez, e haja intérprete. Mas, se não houver intérprete, esteja calado na igreja, e fale consigo mesmo, e com Deus. E falem dois ou três profetas, e os outros julguem. Mas, se a outro, que estiver assentado, for revelada alguma coisa, cale-se o primeiro." I Coríntios 14:26-30

- O culto é como uma gota de orvalho em busca do oceano do amor divino; é uma terra sedenta clamando por chuva. Dado a importância do culto, devemos procurar conhecer suas bases e essência, bem como a necessidade da reverencia ética do culto.

I. BASES BÍBLICAS DO CULTO

- A confissão da igreja cristã tem por objetivo principal a glorificação a Deus e alegrar-se nele Sl. 122:1.

- Isto faz do culto o ato mais importante, mais relevante, mais glorioso na vida do homem Sl. 84:1-4.

- Contudo, quantos crentes sabem distinguir entre a verdadeira e a falsa adoração?

- Será que você tem cultuado de modo que agrada a Deus? Hb. 11:5.

Palavra que designa adoração
- Para alcançarmos uma visão correta sobre o culto cristão, é mister examinarmos o termo“Latreía”, cujo significado é “serviço” ou “culto”.

- Denota-se o serviço prestado a Deus, pelo povo inteiro ou pelo individuo.

- Em outras palavras é o serviço que se oferece à divindade através do culto formal, ritualístico.
A) Bases teológicas do culto
- A adoração cristã é fundamentada na nova aliança Hb. 8. está franqueada ao crente a comunhão com Deus, pelo novo e vivo caminho aberto por Jesus Cristo Hb. 10:19-22.
B) Os requisitos éticos do culto
- O comprimento de um ritual não basta para que haja culto. É indispensável à aceitação, por Deus do culto oferecido Sl. 20:3.

- Deus estabelece condições para aceitar a adoração de homens. Jo. 5:41.

- A ignorância dessas condições ou sua violação transforma o ritual do culto divino em um exercício unilateral com sérias consequências para os participantes.

II. A ESSÊNCIA ÉTICA NO CULTO A DEUS

A) A necessidade do culto
- O culto é necessário, pois tem por finalidade o homem Ex. 19:17.

- No culto, o homem acha razão da sua existência, pois ele foi criado para adoração Sl. 96:9.

- O fim supremo e principal do homem e glorificar a Deus. Fora da posição de adorador de Deus, o homem não encontra sentido para vida.
B) A essência do culto
- Em meio às múltiplas maneiras de cultuar, há um elemento imprescindível à adoração: o amor.

- A essência da adoração é o amor. É totalmente impossível adorar a Deus sem ama-lo.

- E Deus nunca se satisfez com menos que tudo. Dt. 6:5.

- “Sem o incentivo do amor por Deus, o culto não passa de palha, pura casca, isento de qualquer valor. Pode até se tornar em culto a Satanás” (Russel Shedd).
C) Ação intelectual de adoração
- A adoração também envolve a mente para uma meditação acerca das coisas celestiais.

III. A REVERÊNCIA COMO PRIORIDADE NO CULTO

- A maneira correta de participarmos do culto deve ser com reverência. Hb. 12:28.
A) Razões para reverência
- Servimos a um reino de poder: “Pelo que, tendo recebido um reino que não pode ser abalado, retenhamos a graça, pela qual sirvamos a Deus agradavelmente com reverência e piedade”.
B) Atitudes reverentes
- É necessário que durante o culto, mantenhamos uma atitude reverente com o local de adoração, uma vez que Deus está no templo Mt. 18:20.

- E, uma vez que Deus se faz presente em nossas reuniões, necessário se torna que o reverenciemos.
C) Indicações bíblicas para um culto reverente
- Sem a verdadeira adoração a Deus, não há culto.

- Na presença do altíssimo demonstraremos, com toda sinceridade de alma, nossa profunda humildade e reverência em face de sua santidade absoluta.

IV. AS ATITUDES ANTIÉTICAS NO CULTO A DEUS

- Há infelizmente muitos crentes que não sabem manter uma atitude correta perante o Senhor, no seu santuário.

- Esquecem-se que o culto é um encontro de Deus com seu povo Hc. 2:20, é necessário reverência. São meros assistentes, por conseguinte, jamais chegam as bênçãos que o Senhor reserva aos que realmente o cultuam.
A) Desatenção no culto
- A falta de atenção é o mesmo que falta de consideração, descortesia.

- Miguel Risso, referido-se ao culto divino, escreve o seguinte: “É preciso que haja ambiente próprio para que ele seja proveitoso. Isso é fácil de se entender. A atitude mental de quem cultua a Deus é diferente daquela de uma pessoa que esteja numa festa tumultuosa, entregando-se à alegria mundana”.
B) Movimentação desnecessária no recinto do culto
- Observamos, infelizmente, a falta de reverência em muitas de nossas igrejas, não só por parte das crianças, mas de pessoas adultas na idade e que deveriam ser também adultas também no comportamento cristão. Entretanto por não ter atingido a maturidade espiritual é que são assim irreverentes.
- Ainda hoje o pecado da irreverência é responsável pela debilidade espiritual de grande numero de membros de igrejas.

- O crente que não mantém uma atitude correta perante Deus durante o culto não cresce espiritualmente, além do que prejudica sensivelmente o culto, com sua frieza e indiferença.

CONCLUSÃO

Todo culto é acompanhado da ética cultual. Nela se exige que saiba o significado de cultuar a Deus.


Pr. Alailson Sivirino Dias

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá á  disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Nenhum comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!