Texto Bíblico: Rute 1


Aliança: Concerto e ou pacto. É um contrato ou convenção que solenemente se realiza entre os homens ou entre estes e Deus.
(II Sm 23:5) “Não está assim com Deus a minha casa? Pois estabeleceu comigo uma aliança eterna, em tudo bem definida e segura. Não me fará Ele prosperar toda a minha salvação e toda a minha esperança?”


(Bíblia Viva) “E a minha família foi escolhida! Sim, Deus fez um trato comigo; o Seu acordo é eterno, final e selado. Ele cuidará constantemente da minha segurança e do meu sucesso.”
Numa aliança com Deus encontramos duas partes a serem cumpridas:
a) Parte de Deus: Nos abençoar em todas as áreas de nossa vida e
b) Parte do Homem: (aliança feita com Abraão) A Fé e a Obediência.


CONSIDERAÇÕES:
• Vários ritos religiosos eram usados para se firmar uma aliança. Entre eles, um que foi muito usado, consistia em oferecer um sacrifício onde a vítima era morta e cortado em duas partes. Estas partes eram mostradas aqueles que estavam firmando a aliança e era lançada uma maldição sobre que quebrasse a aliança, no sentido de que este ficasse como a vítima do sacrifício.
• Quem solicitava a aliança normalmente enviava presentes as outra parte.


SENDO ASSIM DEVEMOS OBSERVAR:

1) Deus trabalha em nossas vidas através de alianças.

2) A Aliança nos traz uma segurança maior

quanto aos resultados pois o cordão de 2 ou 3 dobras é mais resistente do que o de uma dobra.
Ex.: Discípulos ninjas. São um exemplo da falta de aliança, quando precisamos deles eles somem.

3) Não podemos quebrar as alianças pois isto gera conseqüências:


a) Quem quebra a aliança perde o direito da sua benção.
● Elimeleque (o meu Deus é rei), apesar te ter este nome quebra a sua aliança com Deus quando vai para terra dos Moabitas. Trouxe jugo sobre sua vida e também morte.


b) O jugo pode ser de morte e esquecimento:
● Assim como o pai os filhos de Elimeleque, Malon (enfermidade) e Quilion (esgotamento) morrem.
● Uma das noras de Noemi (mulher doce) olha apenas para seu próprio Eu e apesar de triste deixa sua sogra, deixa a sua aliança com ela e a pesar de ter sido dispensada de sua obrigação a Bíblia não relata do seu paradeiro (caiu no esquecimento), sua história é esquecida.

4) Quem persevera prospera.

Rute ficou para a história e teve a grata oportunidade de fazer parte da linhagem do Senhor Jesus Cristo.

Conclusão:

Deus é fiel em cumprir todas as alianças que faz conosco, mesmo que tudo diga que não é possível temos que confiar nesta aliança. Temos de lembrar também que através de aliança com nosso discipulador e nossos discípulos termos a unção de crescimento desatada sobre nós e assim poderemos experimentar a unção de multiplicação através da visão celular.

 

Pr. Walter Louzada Belidio de Moraes