Texto: Filipenses 4:1-13,19


Introdução: O apóstolo Paulo escreve ao pastor da igreja em Filipos, dando-lhe orientações pastorais, visando um pastoreio eficaz. E para nós discípulos de Jesus, temos orientações importantes através de princípios espirituais que nos darão qualidade de vida.

 

1) Alegria no Senhor, em qualquer circunstância (v.4). Isto denota confiança na justiça do Deus que servimos. “Meus irmãos, tende por motivo de toda alegria o passardes por várias provações” Tg 1:2.
- Jesus era mais alegre que seus companheiros – Hb 1:9
- Ele veio trazer alegria ao invés de tristeza – Is 61:1-3
- O coração alegre é bom remédio, mas o espírito abatido faz secar os ossos – Pv 17:22

 

2) Equidade ou Moderação, porque perto está o Senhor (v.5). Sabedoria, em Provérbios 8:32-36, diz que quem não ama a sabedoria avilta a própria alma.
- Tg 1:5 diz: “E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus que a todos dá liberalmente e não o lança em rosto; e ser-lhe-á dada.
- Pv 2:1-6 diz para clamar por inteligência e por sabedoria, alçar a voz.

 

3) Desaparecimento da ansiedade (v.6).
- I Pe 5:7 diz: “Lançando sobre Ele toda a vossa ansiedade, porque Ele tem cuidado de vós”.
- Jesus disse em Mt 6:25-34, para não nutrirmos a nossa alma com preocupações com o amanhã.

 

4) Florescimento de ações de graças e orações com súplicas (v.6).
- I Ts 5:17 diz: “Orai sem cessar”. Isto é, em todo tempo – tudo, cada detalhe de nossa vida deve ser apresentado diante de Deus em oração, em nome de Jesus.
- I Ts 5:18 diz: “Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de deus em Cristo Jesus para convosco”. – Quando agradecemos antecipadamente estamos demonstrando confiança na fidelidade de nosso Deus, Senhor e Salvador, Jesus Cristo.

 

5) Santificação do pensamento (v.8)
- Necessário uma mudança radical no padrão de pensamentos.
- Pv 23:7 diz: “porque, como imagina em sua alma, assim ele é”.
- Se pensarmos coisas boas, dignas de louvor, somos abençoados.
- Se pensarmos em derrotas, perdas, prejuízos, enfermidades, assim será.
- Se pensarmos em coisas santas, praticaremos atos santos e seremos santos.
- Se pensarmos coisas profanas, isto praticaremos.
- Se nutrirmos pensamentos de altivez, nos tornamos soberbos e a Palavra de Deus diz em Pe 5:5 que “Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes”.

 

6) Contentamento real em todas as circunstâncias (v.11 e 12).
A nossa qualidade de vida não depende das circunstâncias exteriores, mas sim de uma profunda convicção da nossa fé e esperança.

 

7) Plena confiança no poder de Deus (v.13).
- Deus é fiel em todos os momentos.
- Js 1:9b diz: “O Senhor teu Deus é contigo por onde quer que andares”.
- Dn 11:32b diz: “Mas o povo que conhece seu Deus se esforçará e fará proezas”.

 

8) Retribuição – Paz e suprimento (v.7 e 19).
- Há recompensas para aqueles que crêem, em todas as áreas da vida.
- Quando vivemos pelos princípios espirituais, recebemos a paz (alma) e o suprimento (corpo).


Conclusão: Quando amamos e vivemos os padrões prescritos pela Palavra de Deus, temos garantia de qualidade de vida e certeza da salvação eterna, através da obra expiatória do Messias (Jesus) na cruz do Calvário.
Faça uma aliança com Jesus e terás, pela fé os direitos conquistados por Ele.