Sinais de uma igreja cheia do Espírito Santo

Texto: Atos 2:36-47


Introdução: O Espírito Santo derramou-se sobre a Igreja no dia de Pentecostes. Cento e vinte almas naquele dia receberam o selo do Espírito Santo, que envolveu suas vidas de um poder celestial. Depois daquele dia jamais seriam os mesmos. Jesus cumpriu a sua promessa (At.1:5).
Pedro cheio de poder anunciou a Palavra e três mil pessoas se converteram. Era a Igreja que nascia, reunindo-se no templo e de casa em casa. Como podemos ver em At.5:42.
Os sinais:


1) Estudo da Palavra: (At.2:42) - Era uma Igreja Bíblica.
2) Comunhão: (At.2:42) - Koinonia - Compartilhar nossos recursos materiais e nossas potencialidades inatas, inclusive trocando serviços na comunidade.
Princípio da caridade aos pobres (At.2:45 e At.11:29), dar na medida da posse, na medida da necessidade.
3) Adoração: (At.2:42) - "No partir do pão e nas orações"
Ilustração da diversidade da adoração
Partir do pão – comer juntos na presença de Deus com alegria.
Orações - sempre criativas na busca de intimidade com o Pai
No culto a Deus deve haver lugar para criatividade, para os hinos, e manifestações de louvor e poder de Deus e alegria.
4) Temor - (v.43) - É o principio da sabedoria - (Pv 8:13, 10:27, 14:26-27, 19:23).
5) Presença de sinais e maravilhas: (v.43; Mc 16:20) - muitos milagres eram feitos pelos apóstolos.
6) Partilhar: (v.45) - "Vendiam suas propriedades e bens e repartiam com quem tinha necessidade".
7) Reuniam-se no templo e nas casas: (v.46) - Estavam todos os dias no Templo e em casa comiam o pão com alegria e singeleza de coração.
8) Louvor: (v.47) - "Louvando a Deus" – a igreja que louva recebe vitórias (At.16:25-34).
9) Evangelismo: (At.2:47).


A evangelização da Igreja Primitiva tinha cinco dimensões:

1ª. A dimensão da soberania de Deus - "Acrescentava-lhes o Senhor".

2ª. A dimensão da coerência e autoridade - Eles aglutinavam serviço social e evangelismo. Era uma Igreja que evangelizava todo o homem e cuidava do homem todo.

3ª. A dimensão da naturalidade - "dia a dia" eles evangelizavam. Não precisavam de grandes eventos ou apresentações especiais; eles estavam sempre disponíveis e a Igreja crescia naturalmente aonde eles iam.

4ª. A dimensão do louvor: "Louvando a Deus", deve ser a maneira do Cristão viver. O mundo não se deixará convencer pela razoabilidade da nossa doutrina, mas por um estilo de vida.

5ª. A dimensão da simpatia - Às vezes, pensamos que, somente oração, jejum, sinceridade e piedade, gerarão sucessos automaticamente quando evangelizamos. Mas, precisamos ter a estratégia certa também.
A Igreja Primitiva usava o método certo: A simpatia.


Conclusão: Os três relacionamentos de uma Igreja cheia do Espírito Santo são:
Com Deus, com o próximo e com o mundo.
A Igreja cheia do Espírito Santo congrega no templo, de casa em casa, estuda a Palavra, adora a Deus, evangeliza e pratica os frutos do Espírito.
A igreja primitiva é o modelo que devemos seguir. Onde o Messias é o centro. O governo era do Espírito Santo através dos doze apóstolos.

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá á  disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Nenhum comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!