O Caminho Para a Realização
Texto: Lucas 15.11-24

Introdução: Realização: (Dicionário Informal),tornar algo real. Concretizar algo, chegar ao final.

- muitas mães sentem-se realizadas ao dar à luz ao seu filho depois de mais de oito meses.

- Os pais sentem-se realizados depois de verem esses filhos bem encaminhados na vida.

- Assim como esses jovens sentem-se realizados por conseguirem passar para a faculdade, ou até mesmo ao conseguir o seu tão sonhado emprego.

- Muitos de nós hoje vive com aspirações de que algo que desejamos muito aconteça.

- Esperamos concretizarmos algo... apesar de muita gente começar e nunca terminar as coisas!

- Mas dessa forma definimos a palavra realização: chegarmos no destino desejado por nós!

- Mas o que dizer a alguém que já teve tudo na vida e perdeu? Existe ainda uma oportunidade de tornar a sentir esse sentimento de realização outra vez? 

Transição: Olhe para o texto, Jesus cita esta parábola por um motivo comum. Uma indagação, a indagação de que ele se assentava com gente pecadora para comer.

- O seu relacionamento era com gente de índole duvidosa.

- Então Jesus cita 3 parábolas: a da dracma perdida, da ovelha perdida e termina com o filho que se perdeu.

- Note que o grau de importância é assinalado por Jesus: 1) uma moeda, 2) um animal, 3) um filho. Ora uma moeda se consegue outra, assim também é com uma ovelha, por mais que se tenha carinho por tal animal, mas um filho é insubstituível.

- E o ponto alto de deu ensinamento se dá nessa parábola.

- Note que ele usa o exemplo de um homem e seus 2 filhos, não fazendo menção de mãe devido o assunto ser de ordem administrativo da família, que na época se dava com os homens da casa.

- Ele diz que um dos filhos, o mais novo, se perde nos caminhos da vida...

- Envolvido num sonho de juventude ele se perde na administração e consequentemente na sua vida moral.

- E é no momento que esse jovem está no mais baixo grau de sobrevivência que ele começa a se reencontrar.

- É por isso que eu digo: você pode estar num estado financeiro ou profissional desestruturado esse é o momento certo pra você dar uma guinada na sua vida!

- Você pergunta: como pastor? Eu posso sair desse estado calamitoso que eu vivo?

- O filho pródigo pode nos ensinar hoje...

- Porque foi lá no chiqueiro dos porcos que ele percebeu que poderia voltar a ser alguém.

- Foi nesse momento da vida que ele decidiu que sua vida seria muito melhor.

- Como? 

I. Ele Descobriu Que o Caminho da Realização na Vida Envolve um Novo Pensar. (17). 

- Um novo pensar!

- O interessante quando nós estamos querendo realização na vida é que nós temo que nos submeter ao entendimento de que precisamos abrir a nossa mente.

- Isso é uma necessidade.

- Olhe o texto: o lugar que era enfadonho, chato ao ponto de o pai dividir os seus bens, alguns dias depois ele sai em direção ao sonhos do seu coração.

- Não é interessante que esse lugar que antes era ruim, agora é o único alvo da vida desse jovem?

- Aquele que era um gastador sabe agora o quanto custa cada centavo (vintém) do dinheiro.

- Aquele que esbanjava está agora com fome a ponto de querer comer alfarrobas (planta verde- que era dado ao gado e aos porcos...).

- Seu desejo agora é ter pelo menos um bocado de pão para matar-lhe a fome.

- Agora ele valorizava o comum!

- Agora ele valorizava as sobras.

Ditado - Um dia vocês vão valorizar os centavos da vida!

- Olhe o texto: ele não está buscando a coroa de filho mais, ele olha para a classe mais baixa de sua casa e a valoriza como abastada... e ele desejou fazer parte desse grupo!

- Queridos o caminho para a realização está em valorizarmos o pouco que temos na busca de uma vida melhor! 

II. Ele Descobre Que o Caminho Para a Realização Envolve Uma Atitude Coerente. V. 20

- É o que eu chamo de transformar a fé em obras.

- É mais do que crer... é investir!

- Não é fácil levantar-se depois que você já caiu.

- Não é fácil tentar outra vez... calçar a cara, como dizem engolir o orgulho e ir em direção ao propósito da vida!

- Eu posso pensar no sentimento que deve ter rondado o coração desse jovem!

- Eu não posso voltar... eu desrespeitei ao meu pai e a Deus! eu nunca serei recebido!

- Não é assim?

- E aí a gente começa a fazer declarações de fé: eu tudo posso naquele que me fortalece... ele não vai deixar vacilar os meus pés... ele não permitirá que eu fique assim!

- E tem gente que está assim há muitos anos e não sabe porquê.

- Nós podemos até sermos comparados com ovelhas que dependem de seu senhor para tudo na vida, mas a vitória, a realização na vida nunca é automática.

- A passividade é uma inimiga para quem espera ter uma vida de realizações!

- É tolice um cristão pensar que a vitória apenas acontece ... assim como é uma tolice um atleta no pódio com a medalha de ouro no peito... gritando: eu não tenho nada a ver com essa medalha de ouro... quando eu ví ela já estava aqui no meu peito!

- Queridos: cristão realizado e vitorioso, assim como o atleta, vence porque está totalmente envolvido com a conquista!

- Pergunte pra quem tem recebido bênçãos de Deus o quanto eles tem que batalhar, orar, jejuar para que isso aconteça!

- ... o desgaste físico, a fraqueza, o texto diz no verso 13 que ele foi para uma terra longínqua... esse jovem pensou no versículo 18, mas no versículo 20 ele se envolve nesse empreendimento de volta.

- as suas palavras e pensamentos começam a se transformar em ação... as estradas empoeiradas da Palestina se depararam com um jovem com um propósito, onde seus olhos não estão vacilantes... não! Ele tem um alvo!

- Você precisa transformar essa vontade que você tem em ação!

- Eu não sei quanto tempo você consegue caminhar em direção ao propósito, mas a realização só se dará com envolvimento! Até o fim! 

III. Ele Descobriu Que o Caminho Para a Realização Envolve Jamais Desprezar a Ajuda Dos Outros. (21-24). 

- Eu brinco sempre que com o tempo eu aprendi a receber benção.

- Tem gente que não sabe.

- Tem gente que é orgulhosa.

- O irmão eu senti de ajudar o irmão... o irmão tá precisando? O irmão orando pra Deus enviar corvo, uma nuvem do tamanho da mão dum homem... mas orgulhoso ele diz: não irmão! Não preciso de nada não!

- Tem gente que tem vergonha dos caminhos sofridos que o trouxeram até aqui!

- Não consegue olhar pra traz e lembrar-se de que foi necessário muita gente para que ele tivesse gozando do que está vivendo hoje!

- É a história do mecânico que morreu após ter estudado seus dois filhos... e no velório os dois a beira do corpo de seu pai, um olha para as mãos calejadas cheias de graxa e envergonhado diz: vamos esconder essa mão, olha só que mão sofrida de nosso pai... o outro olha e diz: nem pense nisso! Pois foram essas mãos que nos deram o presente que temos hoje!

- O jovem está indo para a casa do pai e está decorando o que vai dizer: eu vou chegar lá e vou dizer que não sou digno de ser chamado filho dele... e tal!

- Mas o pai não está interessado em discurso... ele está interessado no bem estar do filho... porque por algum momento passava pela sua cabeça que o filho estivesse morto!

- Ele diz: você não pode ficar na degradação não meu filho! Eu tenho o melhor para você!

- Ele não nos poupa de fazermos escolhas... mas quando retornamos (é como aqueles pais que não se cansam de ajudar os filhos a serem alguém na vida).

- O filho poderia dizer: não! Eu não quero ser filho eu quero ser jornaleiro! Mas não! Ele recebe a graça de graça!

- Realização, envolve muita gente do seu lado!

- Pais, irmãos em cristo!

- Realização envolve muita gente do seu lado e acima de tudo Deus.

- Não feche as portas pra ninguém te abençoar!

- Quando o moço voltou, ele simplesmente recebeu algo do qual ele não era digno... mas recebeu e foi abençoado. 

Conclusão: 

- Você quer ser abençoado hoje?

- Pense de forma diferente, aja de forma coerente e aceite a ajuda de outros... e com certeza sua vida vai mudar!

Pr. Fábio Ramos

Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem