O Rico e o Mendigo

Texto: Lucas 16:19-31

 

Ensino principal

Quem despreza ao necessitado é culpado. A sua indiferença à miséria do próximo revela o seu estado de perdição. A sorte dos tais é o inferno.

1 - QUE LEMOS DO RICO

Do seu vestuário, da sua vida, da sua morte e sepultura. De muitos hoje pode-se dizer o mesmo. E do seu destino?

Para o mundo além ele não levou riquezas, influências, a companhia dos bons; mas levou a sua memória e afeição natural.

2 - QUE NÃO LEMOS DELE E DA SUA CONDUTA

Nada de sua justiça, compaixão aos pobres, temor a Deus, obediência à palavra divina. E essas coisas valem mais do que o dinheiro.

3 - LEMOS DO MENDIGO

Que era pobre, doente, dependente dos vizinhos para o seu sustento; e inferimos que era piedoso e temente a Deus. É de notar-se que a Escritura não diz por que ele foi levado ao seio de Abraão nem por que o rico foi para o Hades. O rico não era criminoso.

4 - OS DOIS DESTINOS

Claramente Jesus se refere a só dois lugares. Nada diz do purgatório. Os destinos são afastados um do outro e não há comunicação entre eles.

Conclusão

A narrativa nos dá a entender que a nossa sorte futura é determinada no presente. O Evangelho não é declarado nesta parábola. Não se fala da graça de Deus que oferece perdão ao pecador. Podes conhecê-lo desde já.

Autor: S. E. Mcnair / Adaptado por Andrei Barros

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá á  disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Nenhum comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!