Estratégias de Marcos Exemplo Para os Pregadores de Hoje

OBS: introdução à exposição do Ev. de Marcos. (Mensagem do Autor).

Texto: II Timóteo 2:15
"Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade."

Introdução:

Todo pregador é e precisa ser um grande comunicador. E a sua função é expor a Palavra de Deus.
- Como comunicador eu preciso entender algumas coisas:
1º Ninguém é obrigado à me ouvir: sendo assim, se quero atingir as pessoas que estão á me ouvir com a Palavra de Deus eu preciso ser criativo.
2º Minha mensagem deve ter um objetivo: onde eu quero levar o povo que estará me ouvindo? Como farei isso? E qual o caminho mais fácil pra leva-los a entender a mensagem?


Transição:

Marcos apesar de não ser citado como grande pregador, é reconhecido como tal em seu livro por aqueles que o estudam.
- Quem estuda o livro de Marcos logo entende que Marcos sabia o que estava fazendo e como conquistar a atenção de seus ouvintes.
- Apesar de o livro de marcos ser o mais curto dos evangelhos: Mateus: 28. Lucas 24 e João 21 capítulos.
- Marcos é conhecido como um evangelho completo e objetivo. Vindo a servir como base para os outros evangelhos.
- Estudiosos: entendem sua importância em decorrência de ser resultado das lembranças de Pedro, (discípulo de Cristo e pai na fé de Marcos) que narrou os acontecimentos do período que esteve com Cristo na sua íntegra.
- Assim como cada evangelho tem um destinatário singular, o evangelho de Marcos também possui. O objetivo da pregação de Marcos são os cristãos que estão em Roma.
- Os cristãos de Roma, não estavam interessados em ensinos e sim em ação. E marcos sabendo disso, idealiza uma mensagem ao perfil desse povo.
- Como Marcos endereçou a sua mensagem ao povo? Como pregar para um povo desse? Que não estava muito interessado, como nos dias de hoje em conhecimento, mas, em milagres?
- O que podemos aprender com Marcos acerca de uma mensagem eficaz para os nossos dias?

I) Ele pregou a mensagem de forma atrativa aos leitores da época.

- Existe uma razão para que Marcos pregasse mais as ações de Cristo que seus ensinos.
- O povo de Roma não estava interessado em ensino.
- Para não perder a atenção dos cristãos de Roma ele pula de um milagre para outro - Isso fica evidenciado pelas palavras mais usadas por ele em todo o seu evangelho: o advérbio euthys; logo e imediatamente (Rev. Hernandes Dias Lopes). Que aparece mais de quarenta vezes. Marcos descreve o Cristo como um rei ativo, um servo que move-se rapidamente na conquista vitoriosa do seu reino sobre as forças das trevas, das doenças, da morte e da natureza.
- São descritos no evangelho de Marcos 18 milagres e apenas 4 ensinamentos de Cristo.
- A mensagem é de um Messias que entra na história não para conquistar os reinos do mundo com espada, mas, para servir os homens aliviando-os em suas angústias, e aflições, curar suas enfermidades, levantar os caídos e morrer na cruz para a remissão dos seus pecados.
- Essa era uma mensagem que atraía: porque quem não gostaria de saber que Deus, ou o Messias se importava com as mazelas da humanidade na época?
- Quem não gostaria de ver os milagres de Cristo nesses dias, mais do que simplesmente palavras?
- A verdade é que nós estamos cheios de Palavras, de blá- blá-blá... queremos ver mais de Deus.
- Tem gente que consegue matar a palavra do que transforma-la em vida aos que a ouvem.
- O próprio Jesus pregava de forma criativa: usava os exemplos da natureza, ao seu redor, (Mt 6, Lucas 15).
- Ao pregarmos precisamos entender que podemos ser mais criativos ao pregarmos a mensagem de Cristo assim como ele foi.

II) Ele apresentou um Jesus simples para um povo simples. (O Servo). Mc 10:45.

- apesar de complexo em sua essência, Deus é um ser simples em sua revelação e vontade.
- É impossível conhecer a sua origem, e sabedoria.
- Mas é extremamente simples conhecer a sua vontade e prioridade: o retorno do homem à intimidade com Ele.
- Por isso ele veio para servir. Para mostrar que Ele se interessava pelo homem e é capaz de tudo por ele.
- O Deus todo poderoso que se vestiu de servo para servir e cumprir toda a justiça, é e era uma loucura para o povo da época.
- Para eles Deus estava alheio ás necessidades do homem.
- Marcos então aproxima do homem um Deus mais simples do que eles pensavam.
- Um Deus que sente e se move de íntima compaixão para com as necessidades do homem. Mc 1:41, Mc 6:34, Mc 8:2.
- Jesus é simples. E nós precisamos pregar esse Jesus que entra na minha casa pra comer comigo, que se preocupa sim com a falta de comida na minha casa e com a dor de cabeça que não sara.
- Ele se envolve em todas as áreas da minha vida.

III) Ele apresentou um evangelho mais acolhedor e menos exclusivista e religioso dos fariseus.

- Em nenhuma vez você vai encontrar Marcos fazendo alguma citação no seu evangelho do termo Lei.
- Quem quer seguir um evangelho que o subjuga?
- A lei alterada pelos fariseus já colocava um peso sobre os ombros dos homens que nem mesmo eles mesmos conseguiam carregar.
- E quem aceita e segue a Cristo passa a sofrer mudanças em sua vida através da ação do Espírito e não por força.
- O evangelho não subjuga ninguém, ele é uma boa nova.
- E a boa nova é essa: que eu era um perdido,um infame, um drogado, promíscuo e sem condições de mudança por mim mesmo. O meu fim era a morte eterna.
- E Deus por sua infinita misericórdia, bondade e amor não permitiu que eu continuasse daquele jeito.
- Por isso ele enviou seu filho para me dar um escape.
- E não foi eu. Mas as suas pisaduras que me sararam.
- Me transformaram em nova criatura através do seu sangue.
- Essa é a mensagem de Marcos.

IV) Ele contextualiza sua mensagem e os acontecimentos ao tempo ( calendário) do povo de Roma, que é o seu alvo. (6:48, 13:35).

- Ele usou não só a linguagem, mas o que era comum pra eles, como meio de apresentar sua mensagem.
- Ninguém vai pregar para um Gótico de gravata e terno claro e nem pra um índio que não foi alcançado e dizer pra ele que viver pelado é pecado!
- Eles viveram a vida inteira daquele jeito.
- Ex: Certo Missionário: na tradução da Bíblia para a língua indígena precisou de uma palavra na linguagem deles para a palavra Fé. Assim, ele buscou no dia -dia deles que palavra eles usavam para descrever o estado máximo de confiança. Um dia ele descobriu que eles confiavam cegamente num mastro com mais de 5 metros de altura onde penduravam suas redes. Assim, usou a palavra que descrevia o nome daquele mastro pra se referir á palavra fé em Jesus.

Conclusão:

Deus nos deu inteligência e o seu próprio exemplo de como pregar uma mensagem não só atrativa, mas, poderosa para transformação das vidas que procuram Deus, mas que não estão dispostas à ouvir mensagens sem vida e sem preparo.
- Podemos ser melhores... e fazer o melhor para Deus estudando a melhor maneira de aplicarmos a palavra de salvação.
- E isso aliado à unção do Espírito com certeza atingiremos os corações sedentos daqueles que andam errantes nesta terra.

Que Deus nos abençoe!!

Pr. Fábio Ramos

IPR- de Marília-SP.

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá á  disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Nenhum comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!