A suficiência de Cristo

Texto: "...RESPONDEU-LHE JESUS: EU SOU O CAMINHO, A VERDADE, E A VIDA; NINGUÉM VEM AO PAI SENÃO POR MIM." (João, 14.6)

Introdução: A pior coisa que pode acontecer na vida é descobrir que parte dela foi perdida por causa de equívocos cometidos. Andar com Jesus, seguir constantemente seus passos, fazer parte de uma igreja cristã e agradá-lo com o nosso bom comportamento pode ter muito mais a ver com mera aparência do que com a real cumplicidade.

Ter nascido numa família cristã não faz de ninguém um cristão. Admirar Jesus a ponto de venerá-Lo não é o que faz o verdadeiro adorador. Podemos chegar a formar um fã-clube em Seu nome e, mesmo assim, não ser reconhecido por Ele, como Seus servos.

A forma como nos relacionamos com as suas palavras e a sua influência na direção e remodelação do nosso caráter são as chaves para o perfeito relacionamento com Ele. "EU SOU O CAMINHO, A VERDADE, E A VIDA; NINGUÉM VEM AO PAI SENÃO POR MIM". O entendimento correto e norteador destas palavras, bem como o seu reflexo em nossa alma, desarmando-a e convertendo-a, determinam diante de Deus e dos homens que tipo de cristãos somos.

Cristo é o caminho. Ele não está se referindo a uma forma de comportamento, resultante de regras eclesiásticas recheadas de cargas religiosas ritualísticas, sob as quais, pesadamente, muitas pessoas caminham a fim de agradar determinada igreja, sob o pretexto de agradá-lO. Não! Essas coisas, em si, só levam ao engodo da aparência e à insatisfação cristã pessoal e à crise! Ele está dizendo que é a estrada para Deus, o Pai. Como poderia dizer: "EU SOU A PONTE, A PORTA OU A BRECHA QUE LEVA A DEUS". É o mesmo que, inversamente, dizer: "SEM DISPOR DE MIM, COMO CAMINHO, PONTE, PORTA OU BRECHA... NÃO HÁ COMO ALGUÉM CHEGAR AO DEUS QUE INTERMÉDIO."

Cristo é a verdade.  Ele está dizendo que é a única resposta, a verdade absoluta que põe fim a inquietude da alma humana, não à curiosidade intelectual do ser humano, como querem alguns. Só Ele é capaz de, pela sua luz, relevar o sentido divino da nossa existência. É exatamente isso o que Ele está dizendo: "EU SOU A VERDADE QUE CALA, SOU A RESPOSTA FINAL". Só Jesus nos aquieta diante das incertezas que não param, pois é a verdade da fé, inacessível à sabedoria humana, que satisfaz completa e definitivamente!

Cristo é a vida. Por mais fragilizada que esteja a vida, quando temos Jesus - a vida, somos espiritualmente intocáveis. Podem até nos roubar o fôlego da vida terrena, mas é d'Ele a garantia de uma vida eterna que põe fim às nossas dores, todas. Assim, pela suficiência de Cristo, não há necessidade nem sentido algum acreditar em outra opção para a vida eterna. Em Cristo, inexiste dívida contra nós, não há carma e nem se faz necessário a reencarnação - ELE É A VIDA, NÃO A RE-VIDA. A salvação, segundo Ele, é pela fé na obra d'Ele, não nas obras que possamos fazer... Ele nos ensinou que obras são consequência, não o meio para salvação.

Conclusão: "EU SOU O CAMINHO, A VERDADE E A VIDA". A pior coisa que pode acontecer na vida é descobrir que parte dela foi perdida por causa de equívocos cometidos. O que afinal somos nós? Cristãos? A solução está somente em Jesus! Através de Jesus chegamos ao céu, conquistado pela sua graça, e a vida eterna, descomplicada!

Adaptação de um estudo do Rev. Ricardo Vasconcellos

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá á  disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Nenhum comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!