Lições para uma Vida de Santidade

Texto :  “O mesmo Deus da paz vos santifique em tudo; e o vosso espírito, alma e corpo sejam conservados íntegros e irrepreensíveis na vinda...

Texto:  “O mesmo Deus da paz vos santifique em tudo; e o vosso espírito, alma e corpo sejam conservados íntegros e irrepreensíveis na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo” (1 Tessalonicenses 5.23).

Introdução: É preciso que o adorador mantenha o seu espírito, a sua alma e o seu corpo plenamente irrepreensível para o dia de nosso Senhor Jesus Cristo. A Bíblia nos exorta a afastarmos-nos cada dia das práticas pecaminosas, aproximarmos de Deus com um coração íntegro e piedoso, e nos esforçarmos por viver de maneira santa.

1. Algumas características de um viver santo:

1.1. Santidade engloba todos os aspectos da vida humana.
O viver santo tem um significado muito mais abrangente do que simplesmente obedecer a uma longa lista de proibições (1 Tessalonicenses 5.23).
1.2. Santidade é humildade e confissão.
O princípio de um viver santo fundamenta-se na humildade, na confissão e no reconhecimento sincero de que a pessoa depende da misericórdia de Deus. O crente não deve justificar-se comparando-se com os outros.
“O que encobre as suas transgressões jamais prosperará; mas o que as confessa e deixa alcançará misericórdia” (Provérbios 28.13).
Veja também: João 8.3-9.
1.3. Santidade é ação do Espírito Santo.
A ação do Espírito Santo na vida do crente torna-o santo.
“Mas longe esteja de mim gloriar-me, senão na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim, e eu, para o mundo” (Gálatas 6.14).
“Entretanto, devemos sempre dar graças a Deus por vós, irmãos amados pelo Senhor, porque Deus vos escolheu desde o princípio para a salvação, pela santificação do Espírito e fé na verdade” (2 Tessalonicenses 2.13).
Meio divinos para a santificação:
Palavra: João 15.1-3.
Sangue: 1 João 1.7.
Espírito Santo: Efésios 5.18.
1.4. Santidade é negar o próprio ego.
Se por seus próprios esforços o crente buscar a santificação estará satisfazendo a si mesmo, e o exercício da santificação se tornará uma espécie de concurso de beleza.
“Antes, ele dá maior graça; pelo que diz: Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes” (Tiago 4.6).

2. Alguns aspectos que identificam o viver santo.

2.1. Manifestar o caráter de Deus buscando a perfeição.
Jesus terminou a sua bela mensagem exortando a multidão a aperfeiçoar-se.
“Portanto, sede vós perfeitos como perfeito é o vosso Pai celeste” (Mateus 5.48).
2.2. Amar a Deus.
Este primeiro mandamento deve estar presente no exercício da santidade.
“Respondeu-lhe Jesus: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento. Este é o grande e primeiro mandamento” (Mateus 22.37, 38).
2.3. Deixar a vida divina encher a vida humana.
Santidade é negar os desejos e as vontades humanas. É deixar que Deus encha o coração com a vontade do Senhor.
“logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim; e esse viver que, agora, tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e a si mesmo se entregou por mim” (Gálatas 2.20).
2.4. Separar-se do pecado.
Deus não chamou o crente para imundícia, mas para a santificação.
“porquanto Deus não nos chamou para a impureza, e sim para a santificação. portanto, quem rejeita estas coisas não rejeita o homem, e sim a Deus, que também vos dá o seu Espírito Santo” (1 Tessalonicenses 4.7, 8).

Conclusão: Ter uma vida santa é não concordar com o pecado. Não é somente evitar os pecados citados em Gálatas 5.19-21, mas é também se opor ao pecado (Gálatas 5.22, 23). A santidade é um mandamento de fundamental importância em torno do qual gira a vida cristã (1 Pedro 1.15, 16).

O crente não deve ser santo somente entre quatro paredes, nem seguir o mau exemplo de quem apresenta duplicidade de caráter (Romanos 12.2). Mas deve manter-se irrepreensível e obediente ao que disse o apóstolo Paulo em Filipenses 2.15, que diz: “para que vos torneis irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis no meio de uma geração pervertida e corrupta, na qual resplandeceis como luzeiros no mundo”.

Adaptado de esboço do Pr. Silas Malafaia

Relacionados

Esboços de sermões 5605234203080503018

Postar um comentário

emo-but-icon

Mais

Recentes

Comentários

Seguidores

Siga no Facebook

Siga no Google+

item