Não Basta! [esboço de sermão]

Texto: “Ora, ensinava Jesus no sábado numa das sinagogas. E veio ali uma mulher possessa de um espírito de enfermidade, havia já dezoito anos; andava ela encurvada, sem de modo algum poder endireitar-se. Vendo-a Jesus, chamou-a e disse-lhe: Mulher, estás livre da tua enfermidade; e, impondo-lhe as mãos, ela imediatamente se endireitou e dava glória a Deus. O chefe da sinagoga, indignado de ver que Jesus curava no sábado, disse à multidão: Seis dias há em que se deve trabalhar; vinde, pois, nesses dias para serdes curados e não no sábado. Disse-lhe, porém, o Senhor: Hipócritas, cada um de vós não desprende da manjedoura, no sábado, o seu boi ou o seu jumento, para levá-lo a beber? 16Por que motivo não se devia livrar deste cativeiro, em dia de sábado, esta filha de Abraão, a quem Satanás trazia presa há dezoito anos? (Lucas 13.10-16).

Introdução: Hoje, vamos estudar sobre a história de uma mulher que vivia enferma já há dezoito anos sem de modo algum poder endireitar-se, contudo, esta mulher vivia numa sinagoga (igreja). Era filha de Abraão (herdeira das promessas), mas ainda assim, andava encurvada e oprimida, sua alma não era livre para servir e adorar ao Senhor Jesus.

Precisamos ter uma alma livre para viver e servir ao Senhor.

1. Não basta dizermos que somos crentes, precisamos ser libertos!
“E veio ali uma mulher possessa de um espírito de enfermidade, havia já dezoito anos; andava ela encurvada, sem de modo algum poder endireitar-se” (v.11).

2. Não basta dizermos que somos salvos ou filhos de Abraão, precisamos ser curados e cheios do espírito santo!
“Por que motivo não se devia livrar deste cativeiro, em dia de sábado, esta filha de Abraão, a quem Satanás trazia presa há dezoito anos?” V. 16

3. Não basta dizermos que frequentamos uma igreja e participamos de um culto, precisamos ser verdadeiros adoradores!
“e, impondo-lhe as mãos, ela imediatamente se endireitou e dava glória a Deus” (v.13).
Observamos que Jesus, ao entrar naquela sinagoga não se preocupou com a tradição, o legalismo, e a formalidade da sinagoga, mas diz o texto que ele viu a aflição e o jugo que estava sobre aquela mulher “O chefe da sinagoga, indignado de ver que Jesus curava no sábado, disse à multidão: Seis dias há em que se deve trabalhar; vinde, pois, nesses dias para serdes curados e não no sábado” (v.14),

Com base nisto entendemos que:

a. Jesus está interessado nas nossas vidas.
“Vendo-a Jesus, chamou-a e disse-lhe: Mulher, estás livre da tua enfermidade” (v.12).
b. Jesus Tem poder para nos endireitar em toas as áreas.
“eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância” (João 10.10b).
c. Jesus quer nos dar uma alma livre para adorá-lo.
Quando a mulher se endireitou ela deu Glória a Deus! “e, impondo-lhe as mãos, ela imediatamente se endireitou e dava glória a Deus” (v.13).

Conclusão: Se estivermos vivendo uma vida dessa forma, uma vida limitada, é hora de mudarmos. O que devemos então fazer?
1. Ouvir a voz de Jesus (Jesus chamou àquela mulher, ela foi curada).
2. Tomar uma atitude (a mulher tomou uma atitude – endireitou-se).
3. Dar glória a Deus (o louvor é a base para uma vida de otimismo e vitória).

Prs. Paulo Cezar Martins & Cleir Maria Fernandes Martins


Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!
Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Não Basta! [esboço de sermão] Reviewed by Aldenir Araujo on 3/30/2013 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!

All Rights Reserved by Esboços de sermões © 2014 - 2016
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.