Santidade na família

Texto: I Pedro 1:16

Introdução: Irmãos; quando falamos em santidade, estamos tratando de algo primordial na vida cristã. A santidade é tão importante que, sem ela, ninguém verá o Senhor (Hebreus 12.14). A santidade deve ser abrangente e vivida em todas as áreas da nossa vida. Precisamos ser santos não somente dentro da igreja aos olhos do pastor, mais é necessário sermos santos em toda nossa maneira de viver; isto inclui no trabalho, diante da sociedade e, principalmente em casa, pois a santidade na família é a base para a santidade em todas as outras esferas.

É mais fácil fingir santidade na igreja do que fingi-la no dia a dia em casa; pode até ser que aconteça, mais dificilmente alguém conseguirá ser santo em casa e não ser na igreja, o que ocorre na maioria das vezes é que a pessoa é “santa” apenas aos olhos dos irmãos, mais não é em casa. Exemplo: Na igreja o irmãozinho é um amor, em casa um horror! Na igreja canta hino; em casa fala palavrão! Na igreja lê a Bíblia ; em casa lê revista pornô.

   Preste atenção:  

Estaremos nesta aula tratando do assunto: Santidade na família. Iremos aprender a como manter a nossa casa santa para que tenhamos uma vida agradável a Deus. Não estaremos abordando a doutrina da santificação, mais nos deteremos em aprender sobre a santidade na família.
Deus é um Deus santo e os seus filhos devem andar conforme o seu pai, ou seja, em santidade!

I) Santidade na casa, responsabilidade de todos!

Obviamente que o maior responsável pela santidade na família é o pai por ser ele o cabeça da família, mais isso não quer dizer que os demais membros da família não tenham a sua parcela de responsabilidade.
Cada membro da família contribui com uma parcela para que a família seja santa.

II) Como manter a santidade na família?

1) O papel do pai

Enquanto os filhos estão debaixo da autoridade dos seus pais, devem obediência aos mesmos; portanto, quando um filho traz para a sua casa algo que fere a santidade de Deus e o seu pai permite, a culpa será dele.
Com relação a sua esposa, o marido também deve zelar pela santidade da mesma (Efésios 5.25-27).
Em suma, o pai tem a função de zelar pela sua própria santidade e pela santidade da sua casa.
Embora a responsabilidade seja individual; Deus cobrará também aquilo que é conferido a cada um. Exemplos:
Cada membro da igreja responde diante do Senhor pelos seus próprios atos, assim, como por exemplo, o pastor também responderá por suas próprias atitudes. Ninguém poderá acusar alguém ou se justificar diante de Deus de ter abandonado a fé; o pastor não é culpado de alguém desviar, mais se o pastor não avisou, ele será culpado da queda do irmão, mesmo que este irmão seja condenado pelos seus próprios atos.
Trazendo para a família, tudo o que ocorre de errado na casa sem que o pai o saiba, será cobrado apenas daquele que praticou; mais se o pai, sabendo, o consente; responderá diante de Deus por não ter usado da sua autoridade para impedir o erro.

Dentro desta responsabilidade, o cabeça da casa deverá:

A. Ser cheio do Espírito Santo e levar a sua família a buscar o mesmo (Efésios 5. 17-21)

B. Não permitir que certos programas entrem dentro de casa. Estes programas ferem a santidade do Senhor e entristecem ao Espírito Santo ( Efésios 5.11,12). Como o homem tem o governo da casa, ele é responsável por tudo o que entra dentro dela. Se o chefe da família permite que seus filhos vejam filmes indecentes, que estimulam o pecado; filmes de terror; e certas novelas em casa, ele dará conta disso.
Devemos ter cuidado com o que os nossos filhos estão vendo na televisão. Se permitirmos certos programas em nossa casa, seremos culpados diante de Deus.
A maior parte das novelas divulga coisas que ofendem a Deus, tais como homossexualismo, adultério, fornicação, rebeldia e incredulidade.
Muitos filmes de terror são de inspiração satânica e mostram coisas reais, incentivando atitudes inconscientes, pesadelos, sentimentos de medo, síndrome do pânico, etc...
A influência da música no comportamento é fato comprovado. As comédias apelam para o sexo e as piadas indecentes. Como pode um cristão que diz ter o Espírito Santo compartilhar destas coisas?
Cabe ao pai de família selecionar o que a sua família está recebendo!

C. Instrução no Senhor
Educar a casa no temor do Senhor é importantíssimo!
As armas que poderão ser utilizadas são: Exemplo de vida santa (zelar pela sua própria santidade. Se não der o exemplo não adiantará nada); culto doméstico; leitura da palavra; oração.

D. Igreja
Incentivar os membros da família à comunhão com os irmãos, frequência aos cultos e envolvimento com a obra de Deus.

E. Disciplina em casa
Zelar pelo respeito mútuo

F. Conscientização
Estar sempre mostrando a importância da santidade na família. A santificação é aprimorada em proporção ao temor a Deus. II Coríntios 7.1

G- Zelo
Estar atento a tudo que quebra a comunhão com Deus, como por exemplo: Brigas (inclusive as brigas entre o próprio casal, que quebram a comunhão com o Senhor- I Pedro 3.7), discussões, linguajar pesado etc...(Efésios 5.3-5)

H- A santidade no sexo (deverá ser buscada pelo casal e estaremos estudando este assunto posteriormente)

I- Ter cuidado com a sensualidade

J- Selecionar as amizades

2) O papel da mãe

Olhando para a família, percebemos que a mulher, na sua função de auxiliadora, zelará pela ordem e obediência em todas as atividades da casa, ou seja, a mulher será o suporte para que o marido tenha êxito na sua busca pela santidade da família.
Quando o marido não é cristão; neste caso é que a posição da esposa cristã torna-se mais evidente e perceberemos a sua importância e o seu poder de influência na família (I Coríntios 7.12-14).

Em uma família que possui um dos cônjuges não cristão, a responsabilidade de um bom testemunho e de mostrar a santificação aumenta no que é cristão. Muitas vezes a importância da mulher não é notada devidamente pelo esposo, mais percebemos esta importância facilmente no caso da mulher cristã, cujo cônjuge não é convertido; observamos que, com sabedoria, trará aos seus filhos o temor do Senhor e a sua santidade.

No caso do marido cristão é mais fácil por ter ele o governo da casa.
Quando a mãe é conivente com o erro dos seus filhos, ela se torna culpada dos mesmos, e se o pai o souber, será também culpado! A mãe que age desta maneira desonra o seu marido.

Todas as coisas que foram observadas com relação à responsabilidade do marido; o que ele buscar em termos de santidade; a mulher deverá buscar também. Na ausência do esposo, deverá zelar por elas, em outras palavras, a mulher deverá entender a importância da santidade na casa e auxiliar na vigilância quanto a isto.

3) O papel dos filhos

Posso resumir o papel dos filhos quanto à santidade com a palavra obediência. Obediência a Palavra de Deus e obediência ao que os pais orientar.
Os filhos devem saber que ao retrucar os pais, as brigas, palavras baixas etc..., ferem a santidade de Deus.

Quando insistem em desobedecer aos pais, os filhos dificultam a tarefa dos mesmos e lutam contra a vontade de Deus. Rebelião não acontece apenas na igreja, mais também em casa!
Filhos desobedientes aos pais, dificilmente serão obedientes a pastores ou qualquer autoridade.

Nossos filhos devem lembrar ainda que no momento em que pensam que não estão sendo vistos pelos pais; o Senhor está observando todas as suas atitudes.
Vale lembrar as aulas anteriores sobre relacionamento entre filhos e pais (idem vice-versa) e o casamento e o serviço.

Conclusão: A santidade deverá ser mantida na família e buscada com zelo por todos os seus membros. Não devemos ser santos apenas aos olhos das pessoas, mais diante de Deus em todas as áreas da nossa vida e em todos os momentos. Todos os membros da família são responsáveis de alguma forma pela santidade da casa, embora o maior responsável seja o pai. Para meditação: I Tessalonicense 5.2


Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!
Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Santidade na família Reviewed by Aldenir Araujo on 2/08/2013 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!

All Rights Reserved by Esboços de sermões © 2014 - 2016
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.