A saúde da alma

Texto: Pv 28:12-13
Introdução: Quando estudamos o tema ‘Uma alma livre', vimos que uma pessoa que tem uma alma curada se expressa, fala, porque é livre. Jesus tem lhe curado apressadamente para que sua alma seja livre, mas lembre-se de que você precisa manter essa cura dia após dia.
Satanás trabalha com culpas guardadas, pois sabe que guardar culpa gera sentimentos depreciativos. As pessoas que possuem culpa no coração vivem oprimidas por pensarem que adquiriram uma dívida que não podem pagar. Não fomos chamados para viver debaixo de culpa, pois Jesus já nos libertou e verdadeiramente somos livres. (Cl 1:12-14). Depois que você confessa, arrepende-se e deixa o pecado, não deve permitir que a culpa tome sua alma (Pv.28.13).
Além do sentimento de culpa, devemos ainda observar a questão de receber o pecado e conviver com ele. Quando lemos o texto de Provérbios 28:13, vemos que a palavra encobrir possui, nesse contexto, o mesmo significado que mentir, ocultar. Aqueles que escondem seu pecado estão debaixo da influência de Anarkon, o deus da anarquia, que faz com que as pessoas transgridam. E toda transgressão é pecado e iniqüidade.

Transgressão é pecado  - Transgressão é pecado e atrai o insucesso, a falta de êxito. A Bíblia diz que nascemos de novo, mas quem guarda o pecado está fadado à derrota. Confesse os seus pecados, não os guarde. Pecado é para ser confessado. E, muito mais do que confessar, é necessário arrependimento e abandono do pecado. A Bíblia diz em I João 1:5-10 que não podemos fazer Deus de mentiroso por não assumirmos o nosso pecado. Toda pessoa que peca e não confessa faz de Deus, mentiroso.
Quem vive mentindo não tem a vida de Deus na sua vida. É só olharmos para a vida do homem que estava ao lado da cruz de Cristo. Todas as pessoas que não reconhecem o pecado zombam e cospem no rosto de Deus (Nm 12:14).
Quando Miriam falou mal de Moisés estava cuspindo no rosto de Deus (Nm 12:1-16). Precisamos nos posicionar no mundo espiritual. Ou somos nascidos de novo ou não somos. Mas se somos nascidos de novo devemos manter a integridade do novo nascimento.
Deus disse a Caim que cabia a ele dominar o pecado que batia à sua porta (Gn 4:7). Deus nos deu unção para dominar o pecado e habilidades para vencê-lo. Não devemos esquecer que não somos pecadores lutando para ser santos, mas santos que abominam o pecado. Temos a unção de Deus sobre nossas vidas e a santidade deve ser nossa prioridade.

Transgressão é iniqüidade - Transgressão é o mesmo que manter a iniqüidade no coração. Iniqüidade não é característica de um homem injusto ou incrédulo. Há diferença entre homem injusto, incrédulo e iníquo.
O homem injusto é aquele que não conhece a Deus, mas conhece a injustiça. Injusto é aquele que não tem o Deus justo no coração e por causa disso comete obras de injustiça. Toda injustiça que você comete está afirmando que não conhece o Deus justo.
Homem incrédulo é aquele que sabe que Deus é Deus, que o inferno não é uma piada, que o inferno é real, mas mesmo assim brinca com as coisas de Deus (II Co 4:4). Todo incrédulo não vê a glória e a essência do Evangelho.
Homem iníquo é aquele que não pesa a sua vida, a vida da família, da sociedade. É uma pessoa que promove desgraças, aberrações. Vive na iniqüidade cometendo aberrações e isso não faz diferença para eles. Veja, por exemplo, as pessoas que matam sem piedade ou daqueles que mentem com muita naturalidade como se estivessem falando a verdade.
O povo de Deus deve sair da rota da injustiça, incredulidade e iniqüidade. Se estivermos andando nessas rotas, deveremos clamar pela misericórdia de Deus para que nossa família não seja punida por nossos atos. A alma precisa de saúde para gerar frutos segundo o coração do Pai e assim vencer os atos de injustiça, incredulidade e iniqüidade recebendo da parte de Deus unção para vencer na vida porque será curado no sobrenatural do Deus Todo Poderoso.

Conclusão: A única forma de alguém sair da rota da transgressão e da iniqüidade é nascendo de novo e vivendo em santidade, vivendo em Cristo Jesus. Somos santos, chamados à santidade. A ausência de verdade não mais entrará em nossos corações com sentimento de culpa, pecado, transgressão e iniqüidade. O Senhor nos levantará para mudarmos uma sociedade e escrevermos uma nova história.

Estamos debaixo de um decreto: Fidelidade no espírito, alma e corpo. Quando este ano se encerrar, seremos encontrados fiéis, guardando os princípios de Deus e tendo saúde na alma.


Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!
Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

A saúde da alma Reviewed by Aldenir Araujo on 10/30/2012 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!

All Rights Reserved by Esboços de sermões © 2014 - 2016
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.