Como cegos diante de Deus

Em 2010, recebemos de Deus, através do nosso pastor, Pr. Rodolfo Montosa, a direção para conhecermos Mais de Cristo. Vimos uma mensagem com este tema que deu a direção para nossa caminhada.

Agora estamos vendo que “Jesus ainda faz o impossível” através do perdão da mulher pega em adultério (João 7.53-8.11), e nas tardes de esperança através do milagre da água transformada em vinho (João 2. 1-11) e da pesca maravilhosa (João 21 1.14).

Este texto nos mostra as atitudes necessárias que devemos tomar diante de Jesus. O exemplo é de um homem chamado Bartimeu, cego, mendigo, do qual só sabemos o nome de seu pai que era Timeu. Sua história não nos foi contada. Seu endereço não nos foi dado, apenas que ficava à beira do caminho.

Veremos que Jesus ainda faz o impossível mesmo quando estamos como cegos diante Dele.

1) A atitude de ouvir.

Muitas vezes eu e você temos a capacidade de ver, mas não conseguimos enxergar a Jesus. Estamos como cegos diante Dele. Muitas vezes perguntamos: Como fulano não vê o que Deus quer para sua vida?

2 Coríntios. 4.4 “nos quais o deus deste século cegou o entendimento dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus”.

Bartimeu era cego, mas não podendo ver, ele teve a atitude de ouvir a Jesus e sobre Jesus (vs. 47). Ele sabia quem era Jesus (Filho de Davi), estava atento. Não apenas escutava as informações, mas as ouvia atentamente permitindo que chegasse ao seu coração.

Quantos de nós vemos e não enxergamos, escutamos e não ouvimos? A fé vem pelo ouvir da pregação da Palavra de Deus (Romanos 10.17). Quem é Jesus para nós hoje? Filho de Davi, diante da incredulidade (Filho de Davi), diante da enfermidade, diante da crise, da depressão, do desânimo. Quando não vemos nenhuma saída, quando nossos olhos estão cegos diante Dele, podemos saber que estamos diante do Filho de Davi.

2) A atitude de clamar.

Quando entendemos que estamos diante do Messias, o Filho de Davi, que é poderoso para fazer impossíveis, e quando percebemos nossa real condição de necessitado não nos resta nenhuma outra atitude a não ser clamar. Clamar significa implorar, rogar, suplicar com sinceridade, energia e paixão. Bartimeu levantou a voz e clamava “Jesus, Filho de Davi, tem compaixão de mim!” Nesta fala está o reconhecimento de que precisamos desesperadamente de Jesus. Hoje podemos clamar. “Jesus, Filho de Davi, tem compaixão de mim!”

3) A atitude de vencer as barreiras.

É incrível, mas quando ouvimos e decidimos buscar a Jesus as barreiras se levantam. Alguém já disse que depois que resolveu buscar a Jesus parece que tudo ficou mais difícil. Com Bartimeu não foi diferente, veja o vs. 48. Ele foi duramente repreendido. Sempre haverá aqueles que estão a nossa volta que vão tentar impedir que cheguemos a Jesus, muitas vezes dentro de nossa casa, outras vezes a multidão e ainda até os próprios discípulos, como com as crianças. Mas Bartimeu não se intimidou, passou a gritar! Talvez hoje precisemos gritar contra tudo e todos e dizer: Jesus, Filho de Davi, tem misericórdia de mim!

4) A atitude de responder.

Jesus compadeceu-se de Bartimeu. Isso é próprio Dele. Parou e mandou chamá-lo. Algumas pessoas foram até Bartimeu e disseram. Tem bom ânimo, levanta-te ele te chama. Você pode ouvir sua voz hoje? Ele te chama! Bartimeu lançou a capa, levantou-se de um salto e foi ter com Jesus. Precisamos lançar a capa (tudo que prende), dar um salto (tomar uma posição) literalmente no escuro, e correr para Jesus.

5) A Atitude de crer.

Ao chegarmos a Jesus o impossível sempre acontece. Jesus faz uma pergunta a Bartimeu. Que queres que eu te faça? Parece óbvia! O que um cego pediria a Jesus? Muitas pessoas estão cegas na vida espiritual, sem sentido, e quando se deparam com Jesus pedem as coisas periféricas (casa, carro, roupas, emprego). Tudo isto é bom, mas o que precisamos mesmo é retomar a capacidade de ver. Hoje, nós podemos crer e pedir a Jesus, que eu torne a ver.

6) A atitude de seguir.

Quando Jesus faz o impossível acontecer, a cegueira vai embora, a escuridão se desfaz, o reino das trevas é dissipado e a luz brilha. Imediatamente tornou a ver. Agora, restaurado Bartimeu segue a Jesus. Quantas pessoas vêm a Jesus, recebem as bênçãos de Jesus e buscam mais benção de Jesus. Ter um encontro com Jesus deve resultar em uma atitude de segui-lo incondicionalmente. Hoje precisamos tomar esta atitude e sairmos estrada a fora, seguindo os passos do Mestre.

Conclusão

Jesus passava por Jericó. Estava saindo de Jericó. Era a hora oportuna. Depois disso Jesus não voltaria mais aquela cidade, era o caminho da cruz. Zaqueu já havia aproveitado a oportunidade (árvore), Bartimeu aos gritos não deixou passar a hora oportuna. Hoje Jesus está aqui, para salvar, restaura e curar. Ele é poderoso para curar toda cegueira.

 

Pr. Pedro Leal Júnior


Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!
Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Como cegos diante de Deus Reviewed by Aldenir Araujo on 6/18/2012 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!

All Rights Reserved by Esboços de sermões © 2014 - 2016
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.