A Primeira Páscoa

Êxodo 12

 

INTRODUÇÃO

Há muito, muito tempo atrás, antes mesmo de Jesus Cristo nascer, o povo de Israel era escravo no Egito. Eles sofriam muito.
Deus escolheu Moisés para tirar o povo de Israel do Egito, e ele deveria falar com Faraó para que os libertasse.
Moisés e Arão, seu irmão, foram falar com Faraó, por duas vezes, mas Faraó não deixou o povo sair.
Deus sabia que Faraó tinha um coração mau e não deixaria o povo sair. Mas isso não iria atrapalhar o plano de Deus para a libertação do povo de Israel.

DESENVOLVIMENTO

Faraó confiava muito nos deuses do Egito. Eram estátuas de ouro, de prata, de barro, mas que não tinham nenhum poder. Ele acreditava que os seus deuses eram mais poderosos que O Deus dos israelitas. Deus, então, provaria para Faraó e para os egípcios quem é o Deus verdadeiro.
Deus disse a Moisés: Leia Êxodo 7.5

Então Deus mandou as seguintes pragas sobre Faraó e seu povo no Egito, mas não sobre o povo de Israel:
1ª) as águas do Nilo se transformaram em sangue (Êx. 7.19-25),
2ª) muitas rãs invadiram a terra (Êx. 8.1-15)
3ª) e todos ficaram cheios de piolhos (Êx. 8.16-19).

Depois disso:

4ª) muitas moscas invadiram aquele lugar (Êx. 8.20-32)
5ª) e todos os animais ficaram com peste (Êx. 9.1-7), ou seja, ficaram doentes e morreram.
Quantas coisas terríveis aconteceram no Egito! Mas mesmo com tudo isso, o malvado Faraó nem pensava em libertar o povo de Deus.

Depois destas cinco pragas vieram às outras:

6ª) o povo ficou cheio de úlceras (feridas abertas) (Êx. 9.8-12),
7ª) choveu pedras misturadas com fogo do céu (Êx 9.22-35),
8ª) nuvens de gafanhotos invadiram o Egito (Êx. 10.12-20)
9ª) e durante três dias ouve total escuridão (Êx 10.21-29).

Mas nada disso amolecia o coração duro de Faraó. O último castigo seria o pior: Deus avisou a Moisés que todos os filhos mais velhos dos egípcios iriam morrer (Êx 11.1-7). A décima praga seria terrível! Será que agora Faraó acreditaria em Deus e libertaria o povo de Israel?
Moisés disse a Faraó que Deus enviaria um anjo para ferir o filho mais velho de cada família, inclusive dos animais.
Antes que Deus enviasse a última praga ao Egito, ordenou a Seu povo que fizesse uma série de coisas: (Êx. 12. 8-11)

1. Comer carne assada de cordeiro
2. Comer pães asmos (sem fermento) e ervas amargas
3. Deveriam calçar seus sapatos, ficar com o cajado na mão e estarem já vestidos prontos para viajar.
Mas, por que será que Deus estava pedindo essas coisas? Porque Deus os tiraria do Egito.
Deus mandou, também, que as famílias de Israel colocassem o sangue do cordeiro nos portais das casas, para que seus filhos mais velhos não fossem mortos. (Êx. 12.7)

Esse era o sinal para marcar as casas dos israelitas. Deus disse a Moisés:
— O sangue na parte de cima e laterais das portas será um sinal para marcar as casas onde vocês moram. Quando estiver castigando o Egito, eu verei o sangue então passarei por vocês sem parar, para que não sejam destruídos por essa praga.
O povo não poderia desobedecer esta ordem, para que seus filhos não morressem.
Essa preparação para o povo sair do Egito, Deus chamou de PÁSCOA. E quando os israelitas entrassem na Terra Prometida, eles deveriam fazer uma festa para comemorar aquele dia.

CONCLUSÃO

Aquela foi a Primeira Páscoa. Até hoje os israelitas comemoram a Páscoa. Nós também comemoramos a Páscoa, mas ela não tem nada haver com coelhinhos ou chocolates, mas é para lembrar que Jesus morreu e derramou Seu sangue para nos salvar do pecado, e depois de três dias Jesus ressuscitou.
Páscoa significa Passagem: para os judeus foi à passagem da escravidão para a liberdade. Para nós, é a passagem da morte para a vida. Vida com Cristo.
Depois que os israelitas fizeram tudo o que Deus mandou, Ele então enviou a última praga:
10ª) a morte dos primogênitos (filho mais velho). O Senhor feriu todos os primogênitos do Egito. Os filhos dos israelitas não morreram por causa do sangue do cordeiro que havia na porta da casa deles. (Êx 12.29-30)

Só depois da morte dos primeiros filhos de cada família, inclusive do filho de Faraó, que ele resolveu libertar o povo de Israel. (Êx. 12.31)
Sugestão de Louvor para esta Lição: Cd TEMPO DE SER CRIANÇA CRISTINA MEL

Páscoa! Páscoa!
P, A, S, C, O, A   (4X)
P de Passagem
A de Amor
S de Senhor e Salvador
C de Cristo, o caminho para o céu
O de Orientador
A de Alegria, Amizade e Amor.
Quando Jesus Cristo a sua vida entregou
A minha Páscoa bem mais doce se tornou
Morreu na cruz, foi assim que me salvou
Mas no terceiro dia Ressuscitou!


Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!
Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

A Primeira Páscoa Reviewed by Esboços de sermões on 4/05/2012 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!

All Rights Reserved by Esboços de sermões © 2014 - 2016
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.