Libertação do Caos e do Vazio

TEXTO: Genesis 1:1-31; Genesis 2:1-8

Introdução:

A busca constante da satisfação é a marca mais clara da raça humana. Porem pode se dizer que a insatisfação da pessoas é a pior das mazelas da raça humana. Diariamente ouvimos histórias trágicas sobre pessoas que se suicidam, entram para o caminho das drogas, da bebida, da violência ou por algum descaminho qualquer; tudo isso acontece conosco porque há uma insaciável sede pelo preenchimento do nosso ser e ordenamento das coisas dentro de nós. No livro de Gênesis encontramos o inicio de tudo será que a solução dos nossos problemas não está em tentar entender o mistério da criação? Ou melhor dizendo buscar entender nossa origem? Sim! Nos relatos da criação está a revelação para entendermos onde está o elo perdido para que a vida passe a ter verdadeiro sentido; na criação encontramos a resposta para solução do problema do “caos e do vazio.” Vamos estudar hoje e aprender como Deus deu solução para uma criação que se apresentava “sem forma e vazia.”

1. TUDO ESTA SOB O CONTROLE E O DOMÍNIO DE DEUS Gn 1:1

Veja que esta narrativa está no passado
Este texto traz a idéia sobre a soberania de Deus sobre a realidade, ele tem tudo sobre seu dominio e mãos.
Antes de haver mal já existia o domínio, a soberania de Deus.

2. NÃO ULTRAPASSE OS LIMITES QUE DEUS ESTABELECEU Gn 1:3-10

Este texto mostra que há um principio de ordem e ordenação das coisas que é misterioso
Veja que os primeiros três dias são dias onde Deus faz separação das coisas.
Deus é o Deus da ordem;
No primeiro dia ouve separação entre luz e trevas; só no quarto dia ouve a criação do sol e da lua.
A água está associada com o caos na mitologia babilônica.
O que é sem forma e o que ultrapassa os limites traz caos e vazio.
A ultima moda é liberdade sexual, eu faço o que eu quero e a conseqüência disto é vazio. qual é a ordem? Os primeiros três dias é a resposta ao “caos” ( ilimitado) ele separa as coisas.
O ato de separação de Deus é um ato de ordenação é o Senhor quem põe limites.
Deus diz: até aqui e nenhum passo adiante se não seremos punidos; então o nosso crescimento em satisfação e alegria depende de não ultrapassarmos seus limites.
A coisa mais assustadora da nossa sociedade é que ela é anti-criacional, ela não respeita os limites do criador.

3. APLIQUE EM SUA VIDA OS PRINCÍPIOS DE FRUTIFICAÇÃO Gn 1:11

Os dias 5,6 e 7 da criação é a resposta à aquilo que é vazio,
Deus enche os céus de estrelas, o mar de peixes;
A terra foi cheia de ervas, arvores frutíferas e viu Deus que isso era bom.
Os animais também deviam frutificar.
O ser humano criado também devia frutificar sob pena de viver num vazio.
A vida fica vazia quando fazemos o que queremos, já nascemos com o propósito de frutificar.

4. ACEITE VIVER EM ALIANÇA COM DEUS Gn 2:7,18

O propósito da criação humana é que o ser humano viva em aliança com Deus.
Deus se tornou como um de nós em Jesus para nos tornarmos um com Ele.
Deus se torna nosso parceiro conosco, Jesus fez isso ao vir à terra e chamou discípulos para cooperar com Ele.
Ele nos chama para ser parceiro dele para honrarmos seu nome, o seu propósito é que nos apontemos e reflitamos a sua gloria e honra, de modo que tudo aquilo nós somos é a luz de quem Ele é.

5. ASSIMILAR O FATO DE QUE FOMOS CRIADOS PARA ADORAR A DEUS NO UNIVERSO CRIADO POR ELE.

“a questão do dia do descanso” o sábado
O sétimo dia da criação é o sábado o mundo foi criado não em 6 dias
O homem foi criado para ser o adorador de Deus dentro ou no centro da criação de Deus. Aqui entra a questão do devocional diário; o projeto de espiritualidade sadia.
O kosmos é o palácio de Deus. É o lugar da adoração.
Jó: 8 o mundo é visto como templo;
Em Ap 21:2 a cidade santa vai descer dos céus unindo a terra na adoração de Deus.
O propósito da criação é que Deus nos chamou para sermos adoradores.
O ponto mais alto de nossa identidade não é é a nossa racionalidade, mas a adoração.
Todos os dias da nossa vida foram estruturados por Deus para a adoração.
Precisamos resgatar a nossa identidade sabática; o ponto mais alto da nossa vida e a alegria de uma pessoa acontece quando adoramos a Deus ou quando descansamos em Deus.
A plenitude de nossa felicidade acontecerá quando vivermos para adorar a Deus.
O Salmo 104 nos ensina adorar o Deus criador;
O salmo 139 nos ensina adorar a Deus pela criação do nosso ser e pelo nosso ser.
O Novo Testamento nos dá o caráter mais importante da adoração bíblica que é Cristológica Hb 11:3; Cl 1:16; 1 Co 8:6; Ap 4;11; Jô 1:3.
Os milagres de Jesus é a manifestação do Deus criador. Cada milagre de Jesus deve ser visto como uma manifestação do criador. O mistério da criação só entende a partir da pessoa de Jesus.

CONCLUSÃO:

O NOVO NASCIMENTO É UM ATO DE CRIAÇÃO DO DEUS CRIADOR;
Hb 1:3 diz que seu Filho que criou é aquele que continua sustentanto a criação e todas as coisas. Sem Jesus o seu mundo se desmonta totalmente. Receba hoje esta mensagem e se entregue ao Deus criador.
Renove hoje sua visão de vida e de Deus.
Jesus é o criador na forma humana. Os milagres da criação não podem ser separados dos milagres de Jesus. Permita que o Deus criador se manifeste em sua vida através de Jesus; Ele traz vida para dentro de nós, Ele traz poder criador e transforma nosso potencial em realidade. Seus sonhos podem ser realizados se você reconhecer o Criador e deixar ele viver em você e você viver pra Ele.

Pr Roberto Braz

Nenhum comentário:

Postar um comentário