O significado da palavra Gospel

"Gospel" é uma palavra de origem americana. Vamos tomar as contrações das palavras inglesas "God" que significa Deus e "spell" que significa apelar, soletrar. Derivada dos "Spirituals" (Espirituais), o cântico religioso dos escravos negros americanos.

O significado destas duas contrações God + spell = Gospel significa "evangelho" "boa nova". E ao antepormos a palavra Música, temos Música Góspel que significa "música evangélica".

Além do Gospel original há vários tipos de música gospel, que para não serem confundidos com a primeira, são chamados de "Christian Music" (música cristã) nos Estados Unidos.

Depois de ficar muito tempo restrito aos negros, hoje a música gospel é um estilo musical conhecido no mundo todo, e tem sua própria parada na revista "Billboard" (EUA), uma das mais conceituadas do Musical World, e promove um prêmio para os artistas do gênero, o Dove Awards. Devido ao grande destaque a propagação da música Gospel, ela foi também incluída no Grammy (maior premiação da música mundial).

A Música Gospel ganhou força também com o apoio das Redes de TV com programas voltados ao púbico evangélico, como Record, Band, Rede TV, Etc.

Podemos estar certos de que a grande quantidade de música Gospel de excelente qualidade e que realmente falam de Deus e de seu Amado Filho Jesus Cristo e com mensagens muito glorificantes embutidas e verdadeiras pregações do Evangelho, as quais têm alcançado muitas vidas, e de forma espontânea
Muitos cantores de Musica Gospel como também dos Hinos Cristãos são realmente usados pelo Senhor para trazer sua verdadeira mensagem, aquela que propicia salvação de almas.

AMPLIANDO

Trata-se de uma palavra de origem inglesa, que significa Evangelho (traduzida do latim Evangelium e do grego Euaggélion). Exemplo: The Gospel According to St. Matthew (o Evangelho Segundo São Mateus): “And he said unto them, Go ye into all the world, and preach the gospel to every creature” (Mk. 16:15) - “E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura” (Marcos 16:15).

Aqui no Brasil, emprega-se tal palavra com função de adjetivo. Por exemplo: crente gospel, igreja gospel, música gospel, cantor gospel, cine gospel etc. E isto é correto?

Bem. É sabido que todas as línguas do mundo sofrem influências de outras línguas. No português isso não é diferente. São abundantes as palavras e expressões estrangeiras presentes em nosso idioma. Algumas por puro modismo. Por exemplo: menu (em vez de cardápio), corner (por escanteio), back (no lugar de zagueiro ou beque), enquete (em substituição a pesquisa), premier (em vez primeiro-ministro), teens (por adolescentes) etc. Outras, entretanto, são indispensáveis, por não haver equivalentes em nossa língua. Por exemplo: dumping, rush, iceberg, pizza, hippie. Há também algumas palavras que já foram aportuguesadas e incorporadas ao nosso idioma, tais como: abajur, bife, xampu, futebol, judô, tênis, etc.

Para os gramáticos, os empréstimos linguísticos só fazem sentido quando não houver palavras para substituí-los. Quando usados por subdesenvolvimento ou colonialismo cultural, são completamente desnecessários e inúteis.

Pb Amauri Galvão

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá á  disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Nenhum comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!