Texto: Mateus 6:31-32

Introdução:

O termo "gentios" (Heb. "goyim") aparece pelo menos 129 vezes na Bíblia. Isso significa todas as nações, exceto os judeus. No decorrer do tempo, os judeus começaram mais e mais se orgulharem de seus privilégios espirituais, a palavra "gentio" era usada como um termo de desprezo.

Todos nós somos ex-gentios na carne. Como tal, existem algumas coisas que a Escritura tem a dizer sobre a nossa natureza anterior. O conhecimento dessas coisas pode livrar o cristão de cair na mentalidade e hábitos do velho gentio. O mesmo conhecimento da natureza gentia pode ajudar o gentio perdido a ver sua necessidade de um Salvador.

I. A natureza egoísta dos gentios

A. Os gentios são materialistas (Mateus 6:31-32).

B. Os gentios estão empenhados em autoridade (Mateus 20:25-28).

C. Os gentios são ingênuos (Atos 14:2, 5, 11-13).

D. Os gentios têm vaidade da mente (Efésios 4:17).

II. A natureza espiritual dos gentios

A. Os gentios são pecadores (Gálatas 2:15).

B. Os gentios são estranhos (Efésios 2:11-12).

C. Os gentios amam prazeres pecaminosos (I Pedro 4:3).

D. Os gentios são adoradores de ídolos (I Coríntios 12:2 - 10:20).

III. A séria necessidade dos gentios

A. Encerramento da oportunidade (Romanos 11:25)

B. A luz dos gentios (Isaias 11:10 - Efésios 2:13-17)

Conclusão:

Irmão, você está manifestando a vida de um gentio? Você vê estas mesmas coisas aparecendo em seus pensamentos e ações? Se assim for, lute com tudo o que tem e com a força do Senhor! Se você é salvo você pertence a Jesus Cristo e você não precisa se ​​render à sua natureza gentia. Se você estiver perdido ou inseguro, você precisa se tornar uma "nova criatura" em Cristo hoje.

Recomendo

Pr. Aldenir Araújo